Ads Top

Fraudes nos meios de pagamento: como prevenir

Uma das grandes questões sobre pagamentos online, e o mundo digital de forma geral, é a segurança. Muitos usuários possuem receio ao preencher formulários, compartilhar seus dados e deixar que pessoas e empresas saibam mais sobre você.

E esse medo é muito por conta das fraudes que acontecem, principalmente em meios de pagamento. Vale destacar que essa preocupação vem dos dois lados, tanto de lojistas quanto de consumidores. É um cenário que oferece prejuízo a todos.

Segundo o mapa de fraude de 2021, apenas no primeiro semestre do ano, o setor de e-commerce sofreu 32% a mais de tentativas de fraudes (comparado a 2020). No total, foram mais de dois bilhões de tentativas.

Outro ponto a se destacar é que muitas são as tentativas, mas nem todas são efetivadas como fraudes, porque os meios de prevenção estão cada vez mais avançados. No entanto, é essencial que ninguém descanse quando o assunto é fraude, pois ainda há muito o que combater.

Como se proteger?

Para os lojistas, é de extrema importância encontrar formas de proteger os seus negócios e, mais ainda, seus clientes. Ao se proteger e ter meios de pagamentos seguros, o consumidor se sente mais confiante e incentivado a fazer compras online com você, e os custos de chargeback são reduzidos.

Uma pesquisa feita pela Experian evidenciou que uma das principais preocupações de empresas que possuem e-commerce é a prevenção de fraudes. O estudo aponta que 62% das organizações entrevistadas têm a intenção de elevar os investimentos nessa área.

Muitas empresas estão se mexendo para se proteger. Mas você sabe por onde começar? Algumas dicas básicas para evitar fraudes incluem:

  • Comparação de endereços de entrega do produto e de quem está fazendo o pagamento;
  • Troca de telefonemas e e-mails entre loja e comprador;
  • Verificação de IP do computador do cliente;
  • Perguntas de segurança;
  • Travas de segurança e monitoramento para detectar ações suspeitas;
  • Utilização de modelos de prevenção à fraude para correlacionar o perfil da compra com perfis de fraudes históricos.

Invista em quem investe em tecnologia

Os cuidados citados acima são apenas os primeiros passos para evitar fraudes e se prevenir de transações fraudulentas. Somado a isso, é preciso que donos de lojas virtuais invistam em tecnologia e tenham parceiros que também façam o mesmo.

Sabemos que lojistas não dão conta de tudo sozinhos. Serviços como logística, marketing e meios de pagamento são feitos por empresas parceiras e especializadas em seus respectivos ramos. Por isso, o que cabe aos lojistas é se atentar para a forma de trabalhar de seus parceiros.

É importante trabalhar com quem está por dentro das inovações tecnológicas e as aplicam em coisas como a segurança. E se sua empresa ainda não pensa assim, é melhor começar a pensar.

De acordo com dados do Data Engine, nos últimos anos, as consultas de análise de risco mais do que dobraram. Isso significa e evidencia o quanto as empresas estão preocupadas e atentas em entender com quem estão negociando.

Portanto, no intuito de se proteger, proteger seus clientes, aumentar sua credibilidade e ainda suas opções de pagamento, invista em empresas que trazem inovações em meios de pagamento e ainda o fazem de forma segura, porque investem em tecnologia.

Colocar a segurança como prioridade é um dos diferenciais de quem está se destacando no mercado.

Leia também: Como PMEs podem se expandir globalmente e permanecer seguras 

O post Fraudes nos meios de pagamento: como prevenir apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Fraudes nos meios de pagamento: como prevenir. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.