Ads Top

O movimento das indústrias para os marketplaces: o que muda?

Grandes indústrias, que até então não tinham experiência com a venda para o cliente final, estão aproveitando as oportunidades que surgiram dentro de grandes marketplaces como no Mercado Livre e Magazine Luiza. Este movimento gera valor para ambas as partes. Clientes e consumidores ganham importâncias distintas, neste novo formato de venda e compra no ambiente digital.

Diante da mudança de cenário que a pandemia gerou a partir de 2020, vários setores, de segmentos diversos, de pequenas, médias ou grandes organizações, precisaram se reinventar diante de um novo modelo de negócio, que trouxe ainda mais o consumidor para o centro das atenções e a indústria não ficou de fora desta transformação.

Negociações, operações, logística e inúmeros processos precisaram ser adaptados para nova realidade de vendas, gerada pela pandemia. Algumas empresas já tinham expertise no ambiente online, como os marketplaces, mas muitas estavam diante da realidade digital pela primeira vez.

O despertar da indústria para os marketplaces

A indústria, assim como outros setores, passaram a questionar o relacionamento com seus clientes. Afinal, estar mais próximo dos clientes, manter viva a relação com os mesmos e ainda manter a lucratividade diante da pandemia era um desafio.

O modelo atual precisou ser repensado. Contar apenas com representantes físicos para chegar até o consumidor ficou pequeno diante de uma pandemia, que ressaltou a importância das empresas no ambiente digital.

No entanto, migrar a operação para o ambiente digital requer uma mudança de mindset e é neste ponto, que os marketplaces são a ponte de entrada para que as indústrias iniciem sua jornada de transformação digital.

As oportunidades da indústria e cliente nos marketplaces

As indústrias que investem nessa nova vertente de negócio dentro dos marketplaces possuem diversas oportunidades junto ao consumidor final. Entre elas: proximidade com o consumidor, melhora no relacionamento que gera uma maior confiabilidade junto à marca, automação dos processos, aumento da margem de lucro e rentabilidade.

Já os clientes, ganham a possibilidade de comprar o produto diretamente da indústria.

Como as indústrias vendem nos marketplaces?

Hoje, as indústrias que buscam a expansão do seu negócio no ambiente digital precisam realizar algumas automações. Desta forma, os marketplaces têm papel fundamental no negócio, pois realizam toda logística até o cliente final, ou seja, as etapas de armazenagem, separação, embalagem, transporte e entrega serão de responsabilidade do marketplace. Esse processo dentro dos marketplaces é o Fulfillment.

Hoje,  há pesquisas  que demonstram as vantagens das indústrias apostarem no D2C. Segundo um levantamento da Salesforce, 99% das empresas de bens de consumo líderes do mercado estão investindo neste modelo de negócio.

Assim, indústrias que buscam relação direta com o consumidor, presença no ambiente digital e liderança frente à concorrência já entenderem a importância da transformação digital dentro de suas organizações.

Leia também: Mais de 40% dos lojistas estão avaliando lançar seu próprio marketplace

O post O movimento das indústrias para os marketplaces: o que muda? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre O movimento das indústrias para os marketplaces: o que muda?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.