Ads Top

Pix e fintechs são fundamentais para as demandas do brasileiro

A desbancarização no Brasil vai de encontro ao surgimento das fintechs, que não à toa ditam o futuro dos meios de pagamento. A junção de tecnologia e finanças resulta em uma nova maneira de lidar com o dinheiro, que, por consequência, desencadeia também uma nova forma de administrar as metas pessoais/profissionais de cada um. Por sua vez, essas metas englobam desde a rentabilidade do próprio dinheiro até o financiamento de um bem material, até porque, no final das contas tudo isso acaba se conectando.

Com o passar do tempo, a tecnologia se tornou protagonista da nossa era e hoje é quase impossível viver em um mundo sem ela. A internet, por exemplo, é responsável por grandes transformações em diversas esferas sociais, como o trabalho, relacionamentos e tantas outras coisas, não é verdade? A pane nas redes sociais registrada no dia 4 de outubro de 2021 só provou o quão estamos dependentes. O mundo está cada vez mais conectado e digital, isso não há como negar.

Nesse mesmo sentido, quando o assunto é consumo, também assistimos a uma super mudança no comportamento das pessoas. A digitalização já está sentada à mesa há algum tempo. Comprar virtualmente já faz parte da rotina de muitos brasileiros, que veem nos e-commerces a melhor forma de adquirir os produtos que desejam, principalmente após o início da pandemia. A simplicidade do varejo online é um grande atrativo para clientes que vivem otimizando tempo e procuram experiências que sejam mais ágeis e democráticas.

Esses também são alguns dos motivos que levam os brasileiros a buscarem um modo diferente para encarar o universo financeiro. Para muitos, enfrentar filas em bancos tradicionais já não faz mais tanto sentido, bem como pagar altas taxas bancárias. Dessa forma, movimentar a renda para as fintechs tem sido vantajoso para os clientes, seja pelos benefícios relacionados ao custo, seja pelas questões de usabilidade.

Com a digitalização de grande parcela da população brasileira, o investimento em serviços carregados de tecnologia tem sido, portanto, a grande aposta. É legal observar como a dinâmica da nova sociedade tem feito tudo isso dar certo. Menos burocracia para conseguir crédito, por exemplo, e a resolução de problemas em pouco tempo é tudo o que consumidor moderno almeja e é também o que as fintechs pretendem entregar.

E para somar nessa jornada, a digitalização dos meios de pagamento entra em cena também. Para essa conversa, não há como não falar de Pix. Essa modalidade de pagamentos, apesar de nova, já faz parte do dia a dia de mais de 100 milhões de pessoas. O número é grande e só tende a aumentar pelo simples fato de que a sociedade está cada vez mais tecnológica!

Por fim, vale recapitular o quão inclusiva todas essas mudanças têm sido para a população brasileira. O Pix, paralelo ao crescimento das fintechs e de todos os serviços que tornam esse ambiente mais simples, tem feito a diferença para os dias atuais. O universo dos meios de pagamento e o universo financeiro como um todo nunca esteve tão ágil, econômico e democrático. E a tendência é que esse cenário só melhore.

Leia também: Pix deverá ser ampliado para operações internacionais e sem internet

O post Pix e fintechs são fundamentais para as demandas do brasileiro apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Pix e fintechs são fundamentais para as demandas do brasileiro. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.