Ads Top

Gestão financeira na crise: como conduzir o meu e-commerce?

Ter a cabeça fria parece sonho durante uma crise. A incerteza motiva o caos econômico mundial e demanda muito controle e seriedade dos empresários. Atualmente, o cenário não está favorável para a economia global, assim como um período de crise, é imprescindível que esse momento seja muito ligado à organização e ao trabalho.

Colocar a “casa em ordem” é um ato que muitas pessoas tem feito durante o isolamento social, causado pela pandemia do novo coronavírus. No entanto, esse momento não é apenas para organizar a sua casa física, e sim colocar o seu negócio em ordem. Essa é a chance que você tem de organizar todos os processos do seu e-commerce. Veja essa fase como uma oportunidade de trabalho duro, possibilidade de ascensão no mercado e renovação tecnológica da sua empresa.

A grande maioria das lojas terão algum impacto nas receitas durante a crise. Algumas consequências são comuns, como redução do tráfego, queda no faturamento e redução da produção, no entanto, podem ser controladas.

Maior volume de compras

Ainda que seja um momento confuso para os empresários, um olhar atento deve ser pregado para a ascensão do comércio online. 71% dos brasileiros aumentaram a compra online depois da pandemia, segundo levantamento da NZN Intelligence. Ou seja, como o volume de compras ampliou, é importante olhar para o mercado e ver essa nova oportunidade para a digitalização.

Se fossemos realizar um checklist, o primeiro tópico, com certeza, seria o controle financeiro, pois, diante de uma crise, você deve ter dimensão e controle de como está o andamento do seu e-commerce. Por isso, tenha em mente que agora pode não ser a hora de lucrar, mas será preciso muitas ações para evitar novas dívidas.

Tenha um escopo das suas vendas mensais, do valor médio que você precisa para comprar produtos para repor o estoque, saiba quanto a sua empresa está lucrando e quanto vai sobrar no seu fluxo de caixa no final deste mês. A análise de números e decisões constantes é imprescindível nesse momento. Tenha tudo em mãos: despesas, receitas, estoque e caixa.

Registro financeiro

Ferramentas de sistemas são muito funcionais para agilizar essa gestão. Registrar todas as movimentações financeiras vai trazer segurança para sua loja virtual. Liste todos os valores, contas, investimentos, rendimentos, empréstimos e dívidas. Organizar o fluxo de caixa é uma etapa primordial nesse processo, pois é o que garante eficiência no planejamento das estratégias da empresa.

Diante de uma crise, é importante você, lojista, gerenciar o cenário atual e planejar o cenário futuro. Para gerir financeiramente seu negócio em tempos difíceis, faça uma previsão do seu fluxo de caixa para os próximos 3-6 meses, contando todas as despesas. Dessa forma, você poderá definir ações corretivas, priorizando os maiores investimentos, o que mais impacta no funcionamento geral da empresa e as dívidas que possuem negociação. Por exemplo, a hospedagem da sua loja é algo que você deve priorizar nos gastos fixos. Avalie o que é dispensável para esse momento da sua loja virtual. Defina as prioridades e determine as urgências.

Negociar com fornecedores

Considerando que, nesse momento, o seu e-commerce pode ter redução no faturamento, é importante negociar com os fornecedores: frete, produtos, e prazos, a fim de reduzir as quebras de estoque. Alguns bancos estão abrindo oportunidades de negociação e oferecendo descontos, caso haja necessidade de capital para o fluxo de caixa, portanto, analise o que é viável para sua loja virtual.

Trace um plano de recuperação: corte despesas desnecessárias que não vão agregar nesse momento do seu negócio; congele as contratações de novos funcionários; acelere o comercial: ele deve ser o foco para prospectar novas vendas e prosseguir com o giro da sua loja virtual. Toda estratégia é bem-vinda, considerando as particularidades do e-commerce.

Estratégias de vendas e marketing

Os tempos de crise são momentos a favor do consumidor, pois ele pode analisar o melhor preço e as diversas promoções que as lojas virtuais estão fazendo para se estabelecer no mercado. Por isso, utilize estratégias de venda e de marketing, de acordo com as possibilidades da sua loja, como promoções para agregar volume de clientes e tráfego para o seu e-commerce. Pode ser um bom momento para oferecer frete grátis e novas formas de pagamento.

O planejamento financeiro vai salvar o seu e-commerce. Crie uma nova visão da crise, invista na oportunidade de ascensão e crescimento. Para isso, esteja preparado para todos os cenários possíveis e elabore um programa de contingência. Com planejamento e organização, sua loja virtual não apenas sairá da crise, mas ampliará as oportunidades e ganhará mais força no mercado.

O post Gestão financeira na crise: como conduzir o meu e-commerce? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Gestão financeira na crise: como conduzir o meu e-commerce?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.