Ads Top

E-commerces de beleza: o que fazer para a sua marca aparecer nas primeiras posições?

Se a sua marca atua no mercado de beleza, é bem provável que você conheça ou até mesmo venda em alguns desses sites, como Beauty Box, Beleza na Web, Ikesaki, Lojas Rede e Sephora.

Esses são considerados os principais e-commerces de beleza do país. Juntos, eles ajudam a fortalecer a 4ª posição mundial no consumo desse tipo de produtos no Brasil, segundo informação da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC).

No entanto, apesar da grande representatividade desses sites na vida dos consumidores brasileiro — e até do crescimento em 2020 de mais de 32% no número de pedidos para os produtos do segmento, segundo relatório Neotrust 3º Edição —, muitos fabricantes não compreendem como melhorar a exposição das suas mercadorias nos sites.

Para muitas indústrias ainda é um desafio entender os critérios que os e-commerces levam em consideração na hora de posicionar os produtos no site e fazer com que eles apareçam nas primeiras posições de busca.

Por exemplo, ao digitar a palavra “shampoo” em algum e-commerce, como garantir que a sua marca irá aparecer nos primeiros resultados dos sites?

Pensando nisso, a Lett fez uma pesquisa com o objetivo de compreender o que os maiores e-commerces de beleza do Brasil levam em consideração na hora de posicionar os produtos nas buscas feitas pelos consumidores.

O estudo foi realizado no último dia 19 de março, levando em consideração o conteúdo digital das páginas de produtos dos sites:

  • Beauty Box
  • Beleza na Web
  • Ikesaki
  • Lojas Rede
  • Sephora

A análise foi feita com os 10 primeiros resultados ao buscar as palavras-chave: “condicionador, perfume e shampoo” nos sites, totalizando 150 produtos.

Para o estudo, foram usados os seguintes atributos: disponibilidade de estoque, título, descrição dos produtos, imagens e avaliações e comentários dos consumidores.

A seguir, um resumo por atributo, dos principais insights da pesquisa.

Disponibilidade de estoque

Como item principal, a disponibilidade do produto apareceu no topo da lista sobre a análise dos produtos nos e-commerces. Esse foi o principal atributo de visibilidade apontado pela pesquisa.

Isso mostra que em todas as lojas consultadas, as mercadorias fora do estoque não apareceram nas primeiras posições das buscas. Aliás, estiveram nas últimas posições de busca.

Esse representa um dado que tem total relevância para o consumidor. Afinal, de que adianta ter o produto exposto no site se ele não está disponível para a compra?

Títulos

Os títulos também apresentam grande relevância para a visibilidade dos produtos no e-commerce. Se as informações não estiverem de acordo com a especificação estipulada pela marca, como o consumidor pode encontrar o produto que precisa?

Porém, esse é um critério de visibilidade que têm algumas variações de acordo com a loja analisada. No e-commerce da Ikesaki, por exemplo, a média de caracteres por título é de 45, enquanto na Beauty Box, o número se manteve em 63 caracteres.

Porém, apesar dessas variações,o ideal é que título do produto seja claro e mostre ao consumidor de forma imediata a mercadoria que ele procura.

Abaixo, segue um dos produtos analisados pela pesquisa no e-commerce das Lojas Rede. A busca foi feita pela palavra “shampoo”. Para esse site, a média de caracteres é de 47 e ainda como regra, os títulos dos produtos apresentam:

  • O tipo de produto (como shampoo ou condicionador) é a primeira palavra;
  • A gramatura do produto é o que aparece por último.

Informações que podemos perceber na imagem exemplificativa.

Descrição

Assim como a disponibilidade do produto, não foi encontrado, entre as primeiras posições, mercadorias sem descrição.

Esse é um recurso fundamental para tirar as dúvidas dos consumidores. O recomendável é que as empresas apostem em descrições completas e que tenham pelo menos 300 palavras. Algumas marcas inclusive já apostam em vídeos e conteúdos ricos para especificar ainda mais as informações para os consumidores.

Importante lembrar que no e-commerce, não há um vendedor para tirar as dúvidas do cliente, por isso a importância das descrições completas.

Afinal de contas, sem informação as marcas perdem posições nos buscadores dos e-commerces e possivelmente também deixará de vender.

Imagens

Você compraria um produto sem imagem? Provavelmente não, né?! A imagem de um produto no e-commerce vai além de um item ilustrativo.

No entanto para esse item, a única ressalva é sobre a atualização dos dados. Não adianta nada ter produtos com várias fotos sem estarem atualizadas, otimizadas e com alta resolução, não é mesmo?

Segundo os dados da pesquisa recomenda-se o uso de pelo menos três imagens por produto. O recurso irá ajudar o consumidor na decisão de compra e no ranqueamento dos e-commerces.

No e-commerce da Sephora, por exemplo, todos os produtos das primeiras posições estavam com fotos. O site considera como padrão a média de três imagens por mercadoria.

Avaliações e comentários

Por fim, as avaliações e comentários aparecem como outro critério para o aumento de visibilidade dos produtos no e-commerce brasileiro, como podemos perceber no site Beleza na Web.

A pesquisa mostrou que dos 30 produtos avaliados, 2 tinham nota 4,5 e os outros 28 tinham nota 5. Com isso, a média das notas é de 4,97. O número total de avaliações é bem alto, 3.139, o que dá uma média próxima de 105 reviews por produto.

Abaixo, vemos como o site distribui as avaliações e qual é o produto com o maior número de comentários, 812 no total:

Assim, vemos que possuir avaliações e notas altas é um padrão e não um diferencial. Portanto, percebemos que esse não é um critério para aparecer nas primeiras posições dos sites de buscas no e-commerce, porém as avaliações e comentários influenciam muito na decisão de compra de compra do consumidor final.

Segundo dados de uma pesquisa feita pelo Opinion Box, em parceria da Lett, as avaliações são as informações mais importantes dentro da página de produto para o consumidor final influenciando nas compras de mais de 90% dos shoppers.

Resultado completo

Se você quiser saber o resultado completo da pesquisa e quais foram os produtos analisados, basta acessar o link. Lá, você encontra uma lista com todos os itens estudados e pode tirar seus próprios insights, além de outros detalhes!

O post E-commerces de beleza: o que fazer para a sua marca aparecer nas primeiras posições? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre E-commerces de beleza: o que fazer para a sua marca aparecer nas primeiras posições?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.