Ads Top

E-commerce: três novidades dos meios de pagamento para ficar de olho

Muito se fala sobre como melhorar a experiência do cliente na compra online e, consequentemente, diminuir o abandono de carrinho. Contudo, levando em consideração que o mundo virtual está na palma das mãos, o primeiro passo é, de fato, facilitar essa compra. E, invariavelmente, isso passa pela oferta de meios de pagamento que, nos últimos anos, tornaram-se destaque enquanto estratégia para se diferenciar da concorrência no ecossistema do consumo.

Na falta do cartão de crédito, aceitamos Pix parcelado, criptomoeda e carteiras digitais! Saiba mais sobre essas opções de pagamento.

Pense só. O shopper online pode comprar a partir de qualquer espaço físico. Vale o conforto de casa, durante o trajeto até o trabalho ou, até mesmo, durante aquela escapada para conferir as redes sociais durante um banho de sol e piscina. Ou seja, nem sempre ele possui em mãos todas as suas opções de pagamento. Então, cabe ao lojista facilitar esse processo e oferecer meios eficientes para a conversão final da venda.

O Pix, sistema de transferência e pagamentos instantâneos, é um exemplo que ganhou os brasileiros. Com pouco mais de um ano de vida, já é utilizado por 71% dos brasileiros. E, portanto, ganhou lugar também nas opções oferecidas pelo e-commerce, inclusive com o incentivo de valores promocionais quando a compra é paga na modalidade. De quebra, depende apenas de acesso ao aplicativo digital do banco para finalizar a transação.

À vista disso, há três novidades de meios de pagamento nos quais os empreendedores do consumo online precisam ficar de olho. Na falta do cartão de crédito, aceitamos Pix parcelado, criptomoeda e carteiras digitais!

Pix parcelado

O Pix parcelado é a mais nova opção de pagamento no mercado. Ele funciona como um cartão de crédito, mas com duas grandes diferenças para o lojista: redução nas tarifas e aumento no fluxo do caixa, o que se torna vantajoso. Já do ponto de vista do consumidor, é mais uma oportunidade de compra – inclusive para quem tem restrição ao crédito.

A modalidade ainda não é oficialmente oferecida pelo Banco Central, mas já está sendo adotada pelas fintechs.

Criptomoedas

Recentemente, uma pesquisa realizada pela processadora de pagamento com criptomoedas CoinsPaid no Brasil mostrou que 50,5% dos brasileiros possuem uma impressão positiva de negócios que aceitam criptos.

Essa é uma nova promessa de meio de pagamento para o e-commerce não apenas por ampliar a aderência às moedas digitais, como Bitcoin ou Ethereum, mas também por agregar privacidade e segurança da rede blockchain para quem realiza a compra.

Carteiras digitais

De acordo com a pesquisa da Serasa em parceria com a Opinion Box, 63% dos brasileiros já utilizam carteiras digitais como meio de pagamento. Sendo assim, é válido olhar para essa opção com uma oportunidade de captação de novos clientes.

Sob a ótica varejista (seller), a amplitude de novas formas de pagamentos, demandadas pelos compradores, traz o benefício de aumento da conversão da “intenção de compra” em “compra realizada de fato”. Para o comprador (buyer), possibilita a inclusão digital de pessoas que não possuem ou não querem usar o cartão de crédito em compras virtuais, além de melhorar a experiência do pagamento, tirando o atrito na jornada. Em linhas gerais, as vantagens são segurança, eficiência através de checkouts mais ágeis e facilidade nas compras.

Leia também: Como o crediário digital ajuda a conquistar o público gamer no Brasil?

O post E-commerce: três novidades dos meios de pagamento para ficar de olho apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre E-commerce: três novidades dos meios de pagamento para ficar de olho. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.