Ads Top

Como não depender de tráfego pago para vender mais no e-commerce

Logo de cara, já quero dizer: mídia paga não é algo ruim. Se você tem um bom orçamento para investir, pode ser absolutamente eficaz para potencializar suas vendas. Eu apenas quero te explicar como não depender de tráfego pago exclusivamente para manter as vendas da sua loja virtual.

Infelizmente, muitos donos de e-commerce acham que podem contar apenas com essa estratégia e não investem em outros recursos de Marketing Digital.

Então, vamos nos aprofundar um pouco mais e ver o que o tráfego pago realmente é, por que você não precisa apenas de mídia paga para ganhar dinheiro e como podemos resolver tudo isso.

Vamos nos aprofundar e ver o que o tráfego pago realmente é e por que você não precisa apenas de mídia paga para ganhar dinheiro.

O que é tráfego pago?

Tráfego pago são as diversas maneiras pelas quais podemos investir para levar as pessoas ao nosso site ou página de destino, seja por meio de anúncios pagos nas mídias sociais ou anúncios Pay Per Click (PPC) em mecanismos de pesquisa como Google, YouTube, anúncios em vídeo, banners etc.

Se você deseja obter muitos acessos em seu site, acredito que isso seja possível com um orçamento saudável e uma campanha publicitária bem eficaz, que foque no seu público-alvo.

Não há como negar: ao investir em tráfego pago, você sai na frente da concorrência e pode ter mais sucesso sim.

No entanto, se confia que apenas essa ação fará as suas vendas dispararem, sinto informar, mas você pode se desapontar e muito.

O tráfego pago sozinho não é suficiente

Investir em tráfego, mas não criar conteúdo em outros canais, não é a atitude mais inteligente para quem deseja ter um bom ROI (Retorno Sobre Investimento).

Quando alguém clica em um anúncio e visita o seu site, a probabilidade de que ele vá em frente, e clique imediatamente naquele grande e brilhante botão de Comprar, é bem pequena.

Claro que esperamos que isso aconteça, mas esse processo é mais demorado do que parece. Afinal, depende do que você está vendendo, do preço, das condições de frete e pagamento, das vantagens etc.

Em média, para cada uma pessoa que compra seu produto ou serviço por causa do seu anúncio, há aproximadamente 99 pessoas (ou provavelmente até 999) que não compram.

Simplificando, as pessoas não são clickbots! Elas precisam saber de quem estão comprando e do que se trata. Levá-las ao seu site é apenas o primeiro passo de um processo de venda mais longo.

Por exemplo, quando eu clico em um anúncio que me chamou atenção e cujo produto ou serviço eu julgo interessante, não considero apenas o que está sendo anunciado.

Eu costumo investigar quem é aquela empresa ou pessoa que está tentando vender algo para mim. Eu olho para o site inteiro, pesquiso os perfis de mídia social, faço buscas no Google, assisto a seus vídeos… Enfim, eu quero conhecer melhor aquela marca e saber se ela é a melhor escolha para mim naquele momento.

Dessa forma, se aquela empresa não investe na produção de conteúdo, o tráfego pago não será o suficiente para que as vendas aconteçam. Entendeu agora?

O tráfego pago deve estar alinhado às estratégias do Inbound Marketing. Os conteúdos produzidos devem ter qualidade, consistência e fazer sentido.

Como combinar seu tráfego pago com conteúdo

Em um mundo ideal, eles clicariam em seus anúncios e automaticamente comprariam o que você está ofertando.

Mas a verdade é que quando você investe em tráfego pago, está investindo muito mais na oportunidade de capturar a atenção de alguém e reter aquele lead na sua base de contatos.

A partir daí, nós vamos criar um relacionamento com aquela pessoa e fazê-la se identificar com nossos valores até que ela se convença de que temos a melhor solução para ela.

Abaixo listei algumas estratégias que devem ser executadas para potencializar suas campanhas pagas e te ajudar a vender mais.

1) Invista em SEO

Tráfego e SEO andam de mãos dadas. Portanto, para atingir suas metas de tráfego, você precisa cuidar dos seguintes elementos básicos de SEO.

Pesquisa de palavras-chave

Use ferramentas como Ahrefs , SEMrush , SERPstat ou SpyFu para encontrar palavras-chave menos competitivas.

É difícil competir com os grandes sites que ocupam SERPs por palavras-chave altamente competitivas. Mas você não precisa fazer isso. Se você se concentrar em palavras-chave de cauda longa e mais segmentadas, terá chances muito melhores de chegar aos principais resultados de pesquisa e até mesmo a um snippet em destaque .

Otimize a tag de título, a metadescrição e o URL

A tag de título, a metadescrição e o URL resumem a ideia principal do conteúdo de uma página.

Para uma melhor classificação, eles devem incluir uma palavra-chave para a qual você deseja que sua página apareça nos resultados da pesquisa.

As principais etapas de otimização incluem:

  • Usar o número certo de caracteres (50-60 caracteres para uma tag de título e 50-160 caracteres para uma metadescrição).
  • Incluir sua palavra-chave de destino em todos os elementos nomeados da página (tag de título, metadescrição e URL da página).

2) Crie um relacionamento através do e-mail marketing

Se você deseja aumentar sua presença digital e fechar mais negócios, essa estratégia é fundamental.

Lembre-se de que o marketing por e-mail oferece uma vantagem decisiva quando se trata de nutrir leads até a venda:

  • Você já tem as informações de contato do lead.
  • Tem uma noção geral do que eles estão procurando – em qual produto ou serviço eles estão interessados.
  • Você, provavelmente, sabe para qual empresa eles trabalham.
  • Sabe que eles já têm, pelo menos, algum interesse em sua empresa. Afinal, eles forneceram o endereço de e-mail deles.

Essa é uma das únicas ferramentas que permite comercializar diretamente para pessoas que já estão interessadas nos produtos ou serviços que você oferece.

3) Esteja presente nas redes sociais

Não há melhor maneira de divulgar sua empresa e construir uma marca e personalidade do que nas mídias sociais. E lembre-se de que construir sua presença na mídia social é mais do que apenas obter curtidas e comentários. Quanto mais seguidores você tiver, maior alcance o restante do seu conteúdo terá.

Para uma estratégia de marketing de mídia social matadora, você deve:

  • Seguir um cronograma de postagem regularmente.
  • Fazer a curadoria de conteúdos específicos para cada plataforma.
  • Variar os assuntos, falar sobre coisas que sejam de interesse do seu público e não focar apenas na sua empresa.
  • Compartilhar ótimas postagens, conteúdos divertidos quando apropriado e certificar-se de selecionar um feed interessante para os seguidores.
  • Não enviar spam para seus seguidores com hashtags desnecessárias.

Se sua empresa é nova nas mídias sociais, sempre sugerimos começar “pequeno”. Escolha uma plataforma, como Instagram, Tik Tok ou Facebook para começar, e coloque todos os seus esforços para construir seguidores nela.

Quando você se sentir confortável gerenciando uma plataforma e que sabe como obter e manter seguidores, poderá expandir para plataformas adicionais.

4) Dê atenção aos vídeos

Vivemos em uma cultura visual. As pessoas adoram o conteúdo de vídeo, os mecanismos de pesquisa adoram o conteúdo de vídeo e você também deve adorar o conteúdo de vídeo.

Dito isso, sabemos que desenvolver uma estratégia de vídeo pode ser um pouco assustador. É um processo muito mais complicado do que escrever um post de blog ou redes sociais, e leva mais tempo para gravar e editar.

Mas lembre-se de que nem sempre você precisa produzir vídeos com qualidade profissional. Embora você possa investir em ajuda profissional para vídeos que estão sendo exibidos em seu site, um conteúdo simples de instruções pode ser feito em um smartphone, desde que sua qualidade de áudio seja boa e você tenha luz natural.

Acredite: investir em uma estratégia de vídeo de qualidade aumentará sua presença digital.

Espero que este artigo tenha feito você compreender que no Marketing Digital todos os canais andam de “mãos dadas”.

Não existe milagre. Existe trabalho duro e constância!

Leia também: Descubra 16 métricas de vendas essenciais para escalar seu e-commerce

O post Como não depender de tráfego pago para vender mais no e-commerce apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como não depender de tráfego pago para vender mais no e-commerce. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.