Ads Top

Saiba como fazer cashback no seu e-commerce

A crise financeira enfrentada no Brasil, que tem como consequências a perda do poder econômico e o aumento da inflação, tem deixado o consumidor mais cauteloso. De acordo com pesquisa da Consultoria Toluna, 75% dos brasileiros frearam seus hábitos de consumo nos últimos dois anos. Assim, a outra ponta dessa cadeia precisou se movimentar para manter as vendas em patamares aceitáveis. E as inovações não apenas surgiram, como também caíram no gosto dos compradores. Entre elas, destaca-se o cashback, que já é uma realidade nas principais lojas de e-commerce do país.

Aprenda mais sobre cashback e como otimizá-lo no seu e-commerce.

O que é cashback?

O cashback funciona como um programa de benefícios. Nele, o consumidor recebe um percentual do valor pago por determinado produto em forma de crédito – ou até mesmo em depósito na conta corrente. Criado na década de 1990, nos Estados Unidos, essa modalidade de programa surgiu no Brasil em 2007, mas em um momento em que o mercado não estava preparado para a novidade.

Nos últimos três anos, porém, o cashback se tornou tendência. E, além disso, faz parte das estratégias das principais lojas de comércio virtual para aumentar o ticket médio de compra, ampliar a base de clientes e fidelizar aqueles após a primeira compra.

Afinal, em um momento de dificuldade financeira, qualquer vantagem é importante para o consumidor. E no caso do cashback no e-commerce, o retorno em crédito pode ser muito interessante, indo de 0,5% até 100% do valor do produto adquirido.

Você sabe como fazer cashback no e-commerce?

Nas lojas virtuais, o cashback funciona através da associação da loja a algum programa de benefícios que oferece a modalidade. No caso do Brasil, são três as principais empresas que dominam o setor.

Em todas elas, o consumidor, ao concluir a compra, recebe um percentual pago pelo produto em uma carteira virtual, em forma de crédito. O interessante é que, para ele, é possível usar o valor acumulado na própria loja ou em outra parceira do programa.

É essencial, nesse caso, que o sistema que opera a loja virtual seja integrado ao do programa de cashback. Há diversas soluções digitais no mercado, inclusive aquelas que fazem a integração por meio de APIs, além de oferecer toda a gestão financeira do negócio virtual.

Vantagens de implantar cashback no e-commerce

O mais interessante é que as vantagens chegam a todas as peças dessa engrenagem. Ou seja, o cashback é interessante para o consumidor porque ele ganha com a compra e se sente beneficiado.

Para o e-commerce, há a possibilidade de aumentar o ticket médio da venda – uma vez que quanto mais caro o produto, maior o retorno ao cliente -, além de fidelizá-lo para compras futuras.

Já a empresa que organiza o programa de pontos ganha com as comissões de vendas concretizadas, além de servir como vitrine da própria loja virtual parceira.

Modalidades de cashback

Para o e-commerce, é essencial que a implantação do cashback faça parte de uma estratégia maior de marketing com intuito de alavancar vendas. Afinal, o produto não pode ter um aumento “virtual” para oferecer o retorno. Isso porque lojas concorrentes, com preços atrativos, podem ganhar a preferência no ato da compra, oferecendo ou não cashback.

Ao mesmo tempo, o desconto não pode ser grande ao ponto de gerar prejuízos. O ideal é que o percentual definido seja planejado dentro da estratégia que definirá o momento pelo qual a loja passa.

Por exemplo, se o objetivo é aumentar o número de clientes fixos no e-commerce, cashbacks com percentuais maiores podem ser bons em um primeiro momento. Já se a ideia é ampliar o tíquete médio, percentuais menores de cashback, como 5% ou 10%, podem ser suficientes para atrair o consumidor a concluir a compra.

Outro exemplo de como usar cashback no e-commerce está nos produtos sazonais. Uma boa atração com retorno de crédito pode fazer aquele produto, preso na prateleira, ganhar um fluxo de venda contínuo ao longo dos 12 meses do ano.

Cashback é uma das estratégias para alavancar vendas do e-commerce

Essas são ideias de como vender mais através do cashback no e-commerce, embora outras estratégias paralelas não possam ser descartadas. Entre elas, descontos para a primeira compra e incentivos para aumentar o tíquete médio (como desconto na compra do segundo produto da mesma marca).

Todas são ideias válidas para que o mercado, que passa por dificuldades em razão do momento do país, tenha reação.

E você, consumidor, dá preferência para o cashback na hora da compra? E você, lojista, já oferece a modalidade ou pretende implantá-la? Conte para nós!

Leia também: Cashback como um estímulo de vendas para a sua marca

 

O post Saiba como fazer cashback no seu e-commerce apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Saiba como fazer cashback no seu e-commerce. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.