Ads Top

Cashbacks no e-commerce: como a tendência movimenta o setor?

O cashback no e-commerce é um diferencial importante e cada vez mais comum no mercado devido ao alto potencial para elevar os resultados. É um recurso que caiu nas graças dos consumidores e proporciona benefícios importantes para uma loja virtual.

Devido à alta competitividade do segmento e-commerce, o cashback é um fator que influencia diretamente nas escolhas do consumidor por uma loja – uma estratégia capaz de otimizar o processo de conversão e facilitar a fidelização do cliente, aumentando o faturamento do negócio.

Mas, afinal, por que o cashback se tornou uma tendência? Acompanhar as mudanças do mercado é essencial para o sucesso do negócio. Por isso, continue a leitura deste artigo e veja o que é o cashback e-commerce, como adotar essa ideia e outras informações relevantes sobre o assunto!

O que é o cashback e-commerce?

Cashback é um termo em inglês, que significa, em tradução direta, dinheiro de volta. Consiste em um programa que devolve ao consumidor uma porcentagem do valor gasto na compra de um produto ou serviço, tornando o processo mais atrativo.

Sendo assim, ao realizar uma compra em uma loja, o cliente tem uma porcentagem de volta, que pode chegar até 15% do valor do produto. Ao acumular os valores, é possível utilizá-los para novas aquisições, facilitando ter produtos em condições mais vantajosas.

O cashback surgiu no final da década de 90, desenvolvido pela empresa americana Ebates e, com o tempo, ganhou grandes proporções no mercado. A estratégia começou a ser utilizada no Brasil em 2007 e, atualmente, é uma das mais comuns no mercado.

Como o cashback funciona?

O cashback é um benefício que funciona de forma simples e conquistou a atenção dos consumidores brasileiros. Basicamente, quanto mais o cliente compra na loja, maiores serão os valores acumulados. Com isso, é possível utilizá-los para novas aquisições.

Existem diversas formas de cashback. Por isso, a porcentagem de retorno e a forma de utilização podem seguir regras específicas de cada plataforma. Apesar das particularidades de cada tipo de programa, é possível estabelecer um fluxo geral sobre o funcionamento do cashback, por exemplo:

  • o consumidor entra no site de uma plataforma de cashback;
  • realização do cadastro para encontrar lojas e-commerce parceiras;
  • após identificar a loja, faz a compra do produto;
  • após a efetivação da compra, a plataforma recebe uma comissão;
  • essa comissão é dividida com o consumidor, que recebe uma porcentagem de volta;
  • após atingir um valor mínimo de retorno, o cliente pode fazer novas compras ou ter o dinheiro creditado na conta.

Sendo assim, o cashback é uma parceria entre uma loja e a plataforma que intermedeia as solicitações e oferece o retorno ao cliente. Portanto, é preciso analisar bem as regras para identificar os programas que sejam vantajosos para o cliente e para o negócio.

Quais tipos de cashback existem?

Para oferecer o cashback aos seus clientes, é necessário realizar uma parceria com uma empresa que ofereça esse tipo de serviço. Você encontra diversas opções no mercado brasileiro, o que exige uma avaliação minuciosa de acordo com o objetivo da sua loja.

Em outras palavras, antes de decidir qual empresa escolher para disponibilizar o cashback no e-commerce, é imprescindível conhecer bem as empresas – dados como reputação, qualidade dos serviços e nível de satisfação dos consumidores são essenciais para embasar suas decisões.

Veja, a seguir, algumas das empresas de cashback mais conhecidas no mercado.

Méliuz

Considerada a maior empresa de cashback do Brasil, o Méliuz oferece um aplicativo para o cliente se cadastrar e apresentar quais as lojas parceiras. Após efetuar as compras, o consumidor tem a porcentagem de volta, de acordo com cada loja, e pode resgatar o saldo quando atingir o valor mínimo de R$ 20,00.

Mooba

O Mooba também é uma empresa de cashback tradicional e conta com um aplicativo que permite ao usuário ter acesso às lojas parceiras. Além disso, armazena a porcentagem do retorno, oferece cupons de descontos e possibilidades para utilizar o saldo em novas compras.

Ame Digital

Outra boa opção para ter uma parceria é o Ame Digital, uma conta desenvolvida para permitir o pagamento das compras em lojas parceiras que oferecem o cashback. Com muitas funcionalidades, o cliente recebe a porcentagem do valor da compra de volta em um prazo de 30 dias.

Por que é uma estratégia importante?

Toda loja virtual que oferece diferenciais e vantagens para o público tem maiores possibilidades de converter vendas e se tornar uma referência no mercado. Sobretudo, esse é um fator que contribui para superar a competitividade e manter resultados positivos durante todo o ano.

Nesse contexto, o cashback é uma ferramenta importante e contribui para despertar o interesse no consumidor, estimulando novas compras. Afinal, garantir condições especiais é um aspecto que influencia diretamente na decisão de compra do consumidor.

Portanto, o cashback é uma estratégia que demonstra que a loja se preocupa em proporcionar uma experiência satisfatória ao cliente, não apenas em vender. Fator indispensável para estreitar o relacionamento com o público-alvo e aumentar a taxa de fidelização.

Como adotar a tendência cashback no e-commerce?

O cashback no e-commerce é uma ótima estratégia para elevar as vendas. Entretanto, o empreendedor deve tomar alguns cuidados para evitar transtornos. Sendo assim, é um programa que deve ser implementado de forma bem planejada, considerando os objetivos e as características do negócio.

Saiba o que é importante considerar para adotar a tendência cashback de uma forma promissora.

Defina o objetivo principal

O primeiro passo para ter um programa de cashback compatível com sua loja é definir os objetivos principais de forma clara. Seja para aumentar as vendas ou a fidelização, considerar esse requisito é essencial para identificar o tipo de parceria ideal para o negócio e público-alvo.

Determine o prazo de validade

O prazo de validade do programa e uso dos valores do retorno é um ponto crucial para evitar prejuízos e comprometer a satisfação do consumidor. Portanto, avalie como são as regras de cada tipo de cashback e escolha um plano que tenha um prazo bem definido para estimular que o cliente volte a comprar.

Garanta que a estratégia não dê prejuízos

Um dos maiores erros cometidos por empreendedores é não estudar adequadamente a estratégia cashback e as influências dela nas finanças. É necessário coletar todas as informações e planejar bastante para ter um programa que não dê nenhum tipo de prejuízo, como:

  • perda de receitas com os retornos excessivos;
  • porcentagem de retorno incompatível com as vendas;
  • ocorrência de fraudes;erro nos prazos para uso do saldo cashback;
  • falhas no atendimento e suporte pós-venda.

Esteja atento ao valor oferecido

A definição do valor oferecido ao cliente é um dos principais fatores que o empreendedor deve considerar, pois influencia diretamente nos resultados. Portanto, estabeleça porcentagens somadas à margem da loja para ter seus lucros e manter preços atrativos ao público.

Realize uma pesquisa de avaliação

Após implementar o cashback, é essencial fazer uma pesquisa de satisfação para avaliar como está o nível de satisfação do cliente. Esses dados são cruciais para saber o que precisa ser melhorado para promover o engajamento do público.

Para isso, é possível adotar diversas estratégias, por exemplo:

  • pesquisas nas redes sociais;
  • atendimento pós-venda;
  • avalie os comentários;
  • índice de recompra com o saldo cashback;
  • verifique a experiência do usuário com a empresa parceira.

Quais as vantagens do cashback no e-commerce?

O cashback é uma estratégia que promove benefícios importantes para o consumidor e para o e-commerce. Não é à toa que se tornou uma tendência no mercado brasileiro, sendo oferecido por diversos negócios em todos os segmentos da economia.

Com o uso do cashback, os consumidores permanecem motivados para realizar compras. Com isso, as lojas têm a oportunidade de vender produtos sazonais durante todo o ano, fator importante para o crescimento do negócio.

Saiba quais os principais benefícios de disponibilizar o cashback no seu e-commerce.

Aumento das vendas

O aumento das vendas é a principal vantagem do cashback, pois oferece condições vantajosas para que o cliente retorne e faça novas aquisições. Sendo assim, é uma boa estratégia para engajar o consumidor, impulsionar os resultados e elevar a taxa de recompra.

Eleva a base de clientes

Ter uma base de clientes forte e que mantém contato frequente com o negócio é o objetivo de todo empreendimento. Para isso, o cashback é um diferencial importante, que proporciona vantagens para manter a preferência e a fidelidade do consumidor.

Melhora a imagem da loja

As empresas que realizam o cashback contam com milhares de usuários e apresentam as lojas parcerias para os clientes. Dessa forma, o seu negócio tem maior visibilidade no mercado, destacando-se da concorrência e atraindo a atenção do consumidor.

Como você pôde notar neste artigo, o cashback e-commerce é uma tendência promissora, que faz toda a diferença para aumentar o faturamento da loja. Portanto, considere essa hipótese para atrair os consumidores e alcançar resultados que contribuem para o sucesso do seu negócio.

Leia também: Por que PMEs devem oferecer cashback?

 

 

O post Cashbacks no e-commerce: como a tendência movimenta o setor? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Cashbacks no e-commerce: como a tendência movimenta o setor?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.