Ads Top

Varejo híbrido: fique por dentro das particularidades dessa tendência

O varejo online vem se transformando ao longo dos anos, conforme ganha mais adeptos e novas tecnologias. Com a pandemia de 2020, entretanto, ele passou por uma grande aceleração e o conceito de varejo híbrido ganhou força.

Para se adaptar à nova forma de consumo dos clientes, é preciso entender os critérios desse modelo e como ele funciona. Com planejamento e estratégia, é possível aproveitar os principais aspectos dessa tendência.

Quer conhecer o que o varejo híbrido tem a oferecer e como explorar as oportunidades? Continue a leitura e descubra.

O que é varejo híbrido?

O varejo híbrido é um termo que faz referência à união entre as vendas realizadas em lojas físicas e virtuais. Portanto, ele é composto por iniciativas online e offline, e busca, cada vez mais, integrar os canais de vendas e pontos de contato.

Essa é uma tendência que vem crescendo em todo o mundo, em especial devido à pandemia. Em 2020, no primeiro ano da epidemia global, 46% dos brasileiros fizeram mais compras online e 7% compraram virtualmente pela primeira vez. Em todo o mundo, 43% das pessoas têm feito mais compras online que antes da pandemia.

Isso tudo se deve, em partes, ao fechamento de estabelecimentos considerados não-essenciais e da necessidade de distanciamento social para diminuir as chances de contágio. Comprar online, então, tornou-se uma opção segura para atender às demandas diversas.

Diante da possibilidade de ter cada vez mais pedidos feitos pela internet, é preciso buscar formas de atender melhor o público e suas expectativas.

Quais são as principais características?

Uma das principais características do varejo híbrido é a integração. Não se trata apenas de oferecer dois canais de vendas e, sim, de oferecer uma experiência a partir de dois pontos que se encontram. Isso também exige consistência, pois deve existir a mesma experiência em ambos os pontos.

Além disso, o varejo híbrido é pensado para ser conveniente. A ideia é garantir que os clientes possam escolher como querem comprar e como desejam receber seus pedidos, conforme necessidades e especificidades.

Outra característica envolve a busca de soluções diferenciadas e personalizadas para cada público. Isso inclui um processo de imersão e de conexão entre a marca e o cliente.

Quais são as vantagens do varejo híbrido?

Colocar o varejo híbrido em prática se justifica, em especial, pelos benefícios que ele pode oferecer. Essas vantagens são observadas tanto para os negócios quanto para os clientes. A seguir, veja quais são os mais relevantes.

Otimiza a logística

Embora a adoção do varejo híbrido exija certo nível de preparo e adaptação para a logística, ele também pode favorecer esse setor. Vendas realizadas com a ajuda do canal digital, por exemplo, evitam o rompimento de estoque em uma unidade física. Com isso, há melhor gerenciamento quanto aos recursos disponíveis e atendimento às necessidades dos clientes.

Usar lojas físicas como um tipo de centro de distribuição (CD) também pode ser útil. Com essa abordagem, as entregas tendem a ser favorecidas sem que seja necessário expandir amplamente a estrutura de armazenamento.

Favorece a experiência do cliente

Os consumidores também são amplamente beneficiados pela integração entre online e digital. Primeiramente, eles têm uma experiência mais positiva com a marca, obtendo integração e consistência entre os pontos.

Além disso, é uma solução para comprar de maneira conveniente. Cada um pode escolher quando e como comprar, da forma que fizer mais sentido para as próprias necessidades.

Dependendo do modelo adotado, esse é um recurso que pode ajudar na tomada de decisão, aumentando a segurança quanto à escolha. Em outros momentos, como na pandemia, o varejo híbrido ajuda a resolver problemas do cotidiano sem precisar sair de casa. Ao final, tudo isso pode ajudar a tornar a experiência mais positiva.

Estimula o aumento das vendas

Com uma experiência melhor para os clientes, a tendência é que a sua loja consiga mais vendas. Isso também acontece pelo aproveitamento de dois canais de vendas, o que permite contemplar perfis diferentes de clientes. Como consequência, as vendas aumentam.

A satisfação ampliada dos clientes também pode favorecer a fidelização e as indicações. Com isso, é possível obter mais conversões e otimizar o desempenho comercial geral.

Aumenta a competitividade

O varejo híbrido é, na verdade, uma tendência que promete se consolidar cada vez mais. Portanto, os negócios que não o adotarem tendem a ser deixados para trás.

Colocar essa estratégia em prática desde já, por outro lado, permite atender melhor o consumidor e suas necessidades em transformação. Com isso, a tendência é se tornar mais competitivo e capaz de gerar mais resultados.

Quais são os maiores desafios para se adaptar?

Ao mesmo tempo, é preciso considerar que existem desafios para colocar o varejo híbrido em prática. O planejamento é um dos pontos principais, já que é necessário se preparar de modo diferente para atuar de maneira integrada.

Não basta ter estoque na loja física ou planejar a forma de envio para compras online. É necessário que haja sincronia de atuação entre as lojas físicas e o ambiente virtual, como para o recebimento de produtos ou realização de devoluções.

Também é necessário contar com ferramentas que favoreçam a comunicação, a integração e a tomada de decisão. Assim, é possível atuar de maneira estratégica e específica para driblar dificuldades.

Além de tudo, é necessário reconhecer e acompanhar as mudanças no comportamento e nas expectativas das pessoas. Isso permite desenvolver e oferecer soluções que sejam específicas e voltadas para essas questões.

Como atender a esse novo perfil de consumidores?

Considerando que os últimos acontecimentos — em especial, a pandemia — ajudaram a mudar o comportamento dos consumidores, é essencial saber como proceder diante dessa situação para implementar o varejo híbrido. A seguir, você conhecerá dicas que podem ajudar nesse sentido.

Cuide da experiência com a marca

Como você viu, a experiência do cliente é um fator essencial para alcançar o sucesso com o varejo híbrido. Portanto, comece conhecendo as características do público de interesse, incluindo preferências e necessidades. A partir disso, é importante entender como cada canal pode atender a questões específicas.

É por isso que disponibilizar entregas mais rápidas para certos pedidos ou disponibilizar um serviço de assinatura para compras recorrentes, por exemplo, é fundamental. Isso deve ser integrado ao online e offline, para que seja possível entregar mais qualidade.

Adote a tecnologia

Como parte do varejo híbrido depende do ambiente online, faz sentido adotar um nível maior de tecnologia. Em termos operacionais, isso é útil para controlar estoques, rastrear entregas e planejar ações comerciais.

Como a integração é uma das mais relevantes características dessa modalidade de varejo, também é necessário utilizar tecnologias centralizadas e que favoreçam a comunicação. Assim, é possível ter mais visibilidade e garantir que os processos funcionem em ambos os pontos.

Pense em compras inteligentes

Por falar em tecnologia, vale a pena pensar em como ela pode ser incorporada e gerar compras inteligentes. É possível pensar, por exemplo, em totens de autoatendimento nas lojas físicas. O cliente pode escolher o que deseja, fazer um pedido na loja e receber em casa.

Também há como ir além. O uso de aplicativos como apoio da compra em lojas físicas e até de tecnologias como realidade virtual ou realidade aumentada transformam toda a experiência de compra e podem gerar mais resultados.

Favoreça a jornada de compra

Independentemente do uso de tecnologia, é fundamental focar na jornada de compra do cliente. Para tanto, o mais indicado é dar opções e permitir que ele aproveite a conveniência da maneira desejada. É possível permitir que as compras sejam feitas online e entregues na loja física, por exemplo. Também há como permitir a compra em loja física para entrega posterior no endereço desejado.

O importante é favorecer a decisão. Permitir que o cliente teste os produtos e tenha o apoio de vendedores experientes no ambiente físico, por exemplo, pode levá-lo a escolher mais facilmente. Também é interessante oferecer condições especiais nessa integração, como prazos diferenciados ou descontos específicos.

Transforme a entrega ou retirada de produto

Para que a integração dê certo, é essencial cuidar da logística no varejo híbrido. Como visto, há meios de transformar a entrega ou retirada de produto, mas isso exige planejamento.

Um bom controle de estoque favorece a disponibilidade de itens para cada local. Também é oportuno considerar as possibilidades a respeito de entrega no mesmo dia (same day delivery) ou gratuita, por exemplo. Nesse aspecto, o necessário é buscar um planejamento que seja eficiente para o comportamento de compra do seu público.

O que esperar do futuro do varejo híbrido?

Embora a pandemia tenha mudado certos hábitos e preferências dos consumidores, ela só acelerou um processo de transformação que já estava acontecendo. Então, mesmo após o fim da epidemia, a tendência é que o varejo híbrido se torne progressivamente mais forte.

É possível esperar uma integração cada vez maior com a tecnologia, devido à transformação digital. Com mais pessoas comprando online, os pedidos virtuais tendem a se consolidar.

Também é possível observar uma tendência voltada para a personalização mais efetiva, com comunicação direcionada e focada em atender necessidades pontuais. Com a entrada no mercado consumidor de gerações cada vez mais digitais, o modelo tende a continuar crescendo e compor um ecossistema completo.

O varejo híbrido traz uma mudança na forma como as marcas vendem e como os clientes consomem. A tendência de união entre online e offline promete se fortalecer, então é importante já começar a colocá-la em prática para explorar seus benefícios!

O post Varejo híbrido: fique por dentro das particularidades dessa tendência apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Varejo híbrido: fique por dentro das particularidades dessa tendência. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.