Ads Top

Planejamento 2022: como se organizar em um cenário de mudanças

Os dois últimos anos transformaram o cenário do varejo no Brasil e no mundo. A forma como compramos e vendemos produtos mudou e fez com que o e-commerce crescesse de forma acelerada.

Comprar online já era um hábito presente de forma sútil na vida dos consumidores brasileiros. Porém, acabou se tornando uma necessidade por conta do distanciamento social — e, no fim, conquistou muita gente.

Entretanto, com a reabertura do comércio físico e um mercado que segue em constante evolução, qualquer tipo de planejamento e previsibilidade será cheio de incertezas. Para crescer e prosperar em um cenário com tantas mudanças, é preciso estar atento ao panorama geral para se adaptar de forma rápida e assertiva.

De olho no consumidor

A 44ª edição do Webshoppers, divulgada pela Ebit, revelou que durante o primeiro semestre de 2021, o varejo online brasileiro bateu recorde de vendas. Na ocasião, atingiu R$ 53,4 bilhões em apenas seis meses, um crescimento de 31% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Esse resultado destaca uma preferência pelo meio digital, que deve seguir também neste ano. Segundo o estudo Market Review: Tendências do E-commerce para 2022, da Bornlogic e Opinion Box, cerca de 50% dos brasileiros vão seguir comprando pela internet.

Experiência online em foco

O comodismo e a praticidade das compras online conquistaram os brasileiros e ainda trouxeram uma série de benefícios que fazem com que esses consumidores continuem optando pela internet mesmo após a reabertura do comércio físico.

O estudo Market Review identificou algumas das principais motivações que levam os clientes a optar pelo online. São elas: praticidade (63%); preços (61%); promoções exclusivas (58%); facilidade para comparar preços (44%) e promoções sazonais e formas de pagamento (24%).

Estar por dentro dessas considerações é essencial para entender onde a sua loja deve investir para atender as expectativas dos consumidores e conseguir uma maior vantagem competitiva.

Esteja atento às tendências do mercado

Muitas tendências do e-commerce para 2022 também estão diretamente relacionadas a essas motivações que levam os consumidores a optar pelo online. Aqui, destaco as entregas cada vez mais rápidas e a busca por diversidade na hora de pagamento

Criar estratégias alinhadas a essas tendências e colocá-las em prática o mais rápido possível é primordial, e uma forma de viabilizar isso é fazendo um MVP (Mínimo Produto Viável). O foco desse conceito é lançar um produto ou colocar um novo plano em prática o mais rápido possível, mas de forma simples, tornando mais fácil de aprimorar ou adaptar a situação às novidades do mercado.

Planeje-se para as datas comerciais

A cada ano, as datas comerciais ganham ainda mais força e são bastante aguardadas pelos consumidores, que querem garantir as melhores ofertas, e pelos lojistas, que têm uma grande oportunidade para impulsionar suas vendas.

A Black Friday, por exemplo, é a maior data do varejo e concentra uma grande quantidade de pedidos em um único dia. De acordo com a NielsenIQ|Ebit, as vendas da Black Friday 2021 totalizaram R$ 4,2 bilhões, resultando em um crescimento nominal de 5% em relação ao ano anterior.

Além da Black Friday, outras datas como o Dia das Mães, Dia do Cliente e Dia dos Solteiros estão ganhando cada vez mais relevância no e-commerce. Para participar dessas datas e obter os melhores resultados é preciso se antecipar e planejar a sua atuação em cada uma delas, seja se organizando para atender a alta demanda ou para oferecer descontos mais competitivos.

Crie uma estratégia omnichannel e multicanais

Investir no seu negócio e aprender mais sobre processos que podem otimizar sua operação e ainda não estão na sua rotina são pontos que devem estar nas metas de todos os lojistas em 2022. E as estratégias omnichannel e multicanais podem trazer exatamente esses benefícios para a sua loja!

Nos últimos anos, muitas lojas migraram do físico para o online. E se houve um momento em que os lojistas escolhiam um único espaço para atuar, essa já não é mais a realidade. Hoje, o grande diferencial é ter essas operações atuando de forma integrada, oferecendo uma experiência personalizada de compra.

Com uma estratégia omnichannel, você possibilita que os consumidores tenham diferentes alternativas ao comprar na sua marca, como trocar ou retirar o produto na sua loja física. Além de enriquecer a experiência de compra dos seus clientes, esse esquema ainda diminui alguns dos seus custos operacionais e logísticos da loja.

Já uma estratégia multicanais fará com que a sua marca converse com os consumidores em diferentes momentos da jornada de compra — seja no seu site, nas redes sociais ou em uma plataforma de marketplace. E como estamos falando de um cenário que sofre mudanças constantes, é importante também preparar o seu negócio para testar e mudar a estratégia nestes canais de forma ágil e precisa.

Aposte em soluções que te impulsionam

Para destacar a sua loja na internet e ganhar ainda mais visibilidade, muitos lojistas buscam parcerias com plataformas de marketplace. Afinal, esses canais oferecem uma plataforma sólida e pronta para as vendas sem exigir um investimento inicial.

Além de uma forte atuação no varejo eletrônico — de acordo com a Ebit | Nielsen, os marketplaces já representam 78% do faturamento total do e-commerce —, esses canais estão sempre inovando e buscando soluções para impulsionar os negócios parceiros.

Tem muita coisa por vir, não é mesmo? Sendo assim, posso concluir que se organizar para um cenário de mudanças é estar atento, estudar, diversificar e ajustar a sua operação sempre que necessário. No final, se destaca quem melhor se adapta às mudanças do mercado!

Espero que essas dicas te ajudem a começar o ano preparado para tudo que está por vir. Até a próxima!

O post Planejamento 2022: como se organizar em um cenário de mudanças apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Planejamento 2022: como se organizar em um cenário de mudanças. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.