Ads Top

Uma olhada no e-commerce – e mais – no metaverso

Imagine que você está tomando café com um amigo no parque. Ele menciona um par de tênis de que gosta e sugere que você também pode gostar.

Em um instante, uma seleção de tênis aparece em sua visão periférica.

Conforme as imagens digitais flutuam, ela detalha o estilo, permitindo que seu assistente de IA ajuste sua seleção.

Você vê os tênis que ela recomendou, mas não gosta de alguns dos detalhes. Seu assistente de IA os copia e abre seu personalizador.

Essa é a ideia do metaverso: uma experiência digital que abrange interação, comércio, experiências, interoperabilidade e a Internet das Coisas.

Embora as definições variem, o metaverso geralmente se refere à ideia de um espaço virtual persistente e compartilhado. É semelhante a um espelho digital do mundo real, mas sem nenhuma das restrições. Os tópicos de debate sobre como um metaverso eventualmente se pareceria incluem o grau de interoperabilidade, vários metaversos vs. um único, sistemas de identidade consistentes e descentralização vs. monopolização.

O metaverso é uma visão que abrange muitas empresas – todo o setor. Você pode pensar nisso como o sucessor da Internet móvel. E certamente não é algo que qualquer empresa irá construir. Mas acho que uma grande parte do nosso próximo capítulo irá, com sorte, contribuir para a construção disso, em parceria com muitas outras empresas, criadores e desenvolvedores. Mas você pode pensar no metaverso como uma internet incorporada, onde, em vez de apenas ver o conteúdo, você está nele. E você se sente presente com outras pessoas como se estivesse em outros lugares, tendo experiências diferentes que você não poderia necessariamente fazer em um aplicativo 2D ou página da web, como dançar, por exemplo, ou diferentes tipos de fitness“. (Mark Zuckerberg)

Promoções no metaverso

As promoções serão tão importantes no mundo do metaverso quanto no comércio eletrônico no momento.

Mesmo nas primeiras interações do metaverso que foram construídas por empresas como Roblox e Fortnite, surgiu uma economia digital clara.

Lojas virtuais dentro do metaverso

O que é melhor, a tecnologia poderia permitir que os jogadores criassem suas próprias lojas virtuais dentro do metaverso, onde poderiam ganhar comissões sobre as vendas dos produtos que carregam. É a próxima grande interação de comércio eletrônico e varejo.

Nessa transição, assim como nos primeiros dias do comércio eletrônico, as marcas e os varejistas enfrentam um grande desafio.

Para que o marketing do metaverso aumente as vendas, o reconhecimento e o envolvimento do cliente, será necessário que uma porcentagem significativa de consumidores realmente participe da experiência que ele oferece.

Para que isso aconteça, duas coisas precisam ocorrer: o público precisa ser educado sobre como o metaverso afetará o futuro das compras, e as empresas precisam estar preparadas para o próximo nível de narrativa.

A nova era do metaverso terá implicações em todos os aspectos de nossa sociedade, incluindo entretenimento, publicidade e economia.

Por exemplo, imagine um metaverso no qual você pode usar seu avatar para entrar em um shopping virtual, experimentar roupas oferecidas por empresas de roupas reais e, em seguida, comprar as roupas que ficam melhor em seu avatar (e, portanto, em você) sem nem mesmo sair de sua casa.

Nos últimos anos, a realidade aumentada (AR) e as visualizações 3D mudaram radicalmente a forma como os consumidores e as marcas interagem.

Agora o e-commerce está à beira de mais uma revolução, sendo impulsionado pelo metaverso — e seus impactos já estão sendo sentidos.

Implicações para as empresas hoje

Como vimos, alguns setores já adotaram as visualizações 3D e AR como norma, e os consumidores passaram a esperá-las.

A chegada iminente de uma nova geração de wearables apenas expandirá essa adoção, à medida em que o metaverso se torna cada vez mais integrado em nossas vidas.

Então, as lojas de comércio eletrônico também podem usar tecnologias aumentadas.

O post Uma olhada no e-commerce – e mais – no metaverso apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Uma olhada no e-commerce – e mais – no metaverso. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.