Ads Top

Marketing colaborativo: tendências e como aplicá-lo à sua realidade

Marketing colaborativo é uma estratégia que envolve a união de empresas visando promover suas marcas de forma econômica e utilizando do poder de influência entre o público de ambas. Nesse contexto, empresas que não são concorrentes diretas e oferecem soluções que se complementam podem combinar seus orçamentos e influências em busca de novos clientes ao invés de agirem individualmente.

Essa prática tem se tornado comum em um ambiente de negócios moderno e arrojado, onde o relacionamento com o seu cliente ou potencial cliente torna-se cada vez mais uma prática importante. Através das novas soluções de marketing, é possível explorar novas possibilidades e medir os resultados das campanhas colaborativas.

Quer entender como é possível trazer essa estratégia para a realidade da sua empresa? Aqui vão algumas dicas!

Nos últimos anos, vi essa prática crescer não só entre influenciadores digitais e infoprodutores, mas também entre grandes marcas. Empresas estão compartilhando recursos com outras empresas para aumentar sua base de clientes, consciência de marca e seu poder de influência.

Aliado a isso, já tem alguns anos que as marcas estão se posicionando de forma mais humanizada, estreitando o relacionamento com o cliente e tornando-se cada vez mais influentes. Criar uma parceria com outra marca na qual o seu potencial cliente confia aumenta as hipóteses de conquistar uma nova audiência.

Em conformidade com este panorama, empresas de mídias se atentaram para esse mercado e criaram soluções para que marcas veiculem campanhas de marketing de seus produtos para impulsionar as vendas no aplicativo para celular ou no site do varejista de forma confiável e organizada.

Por exemplo, no Facebook é possível que o varejista compartilhe seu catálogo de produtos e a marca selecione seus produtos para vincular campanhas de forma que a marca anunciante possa acompanhar os resultados e as métricas das campanhas.

Benefícios de ações colaborativas

Nota-se, portanto, que ações colaborativas podem ser uma economia, visto que em uma ação de co-branding na qual se tenha que investir algum dinheiro os custos podem ser divididos. Dependendo da colaboração, ambos os negócios podem ganhar exposição gratuita através da divulgação entre canais.

Além de conquistar novas audiências, o marketing colaborativo pode ajudar a trazer uma nova perspectiva para seu negócio. A ideia é gerar uma colaboração somando o melhor de cada negócio, onde cada um contribui com sua área de atuação.

Trace estratégias conforme o seu público-alvo

Iniciar uma estratégia colaborativa pode parecer uma tarefa complexa. No entanto, há uma série de passos que permitem uma melhor compreensão de por onde começar: entenda seus clientes e o seu público-alvo, entenda seus interesses e, a partir disso, veja quais empresas podem contribuir com o seu negócio e trace estratégias para que ambos os lados saiam ganhando. Todo negócio tem um público específico, uma forma de comunicação e um posicionamento diferentes.

Encontre parceiros que podem agregar valor ao seu negócio, que tenham uma comunicação boa com sua audiência e estão em busca de crescimento. A base de todo projeto em parceria é que ambos os lados saiam ganhando. É sempre bom lembrar que bons relacionamentos geram bons negócios e melhores resultados!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre marketing colaborativo, trace um objetivo, analise potenciais parceiros e concretize parcerias fortes que vão beneficiar os clientes e impulsionar o seu negócio.

O post Marketing colaborativo: tendências e como aplicá-lo à sua realidade apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Marketing colaborativo: tendências e como aplicá-lo à sua realidade. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.