Ads Top

Como destacar o seu produto investindo em marketing de conteúdo

Com o mundo cada vez mais globalizado e conectado, as empresas verificaram que a Internet é o melhor meio de divulgação atualmente, seja de seus serviços ou produtos. E para ter resultados positivos de prospecção de clientes e até vendas por meio virtual, é necessário ter uma estratégia de marketing digital.

Estar presente no meio digital é imprescindível para qualquer tipo de empresa, de micro até multinacionais, afinal é lá que o público está. E uma das estratégias mais usadas pelas empresas para gerar leads é o marketing de conteúdo. Entenda!

Crédito: Pixabay

Marketing de conteúdo: qual a importância para o meu e-commerce?

O marketing de conteúdo foca na utilização de estratégias na produção de conteúdos relevantes para seu público-alvo, auxiliando durante todas as etapas da jornada de compra. Ele leva o usuário da sua página desde a descoberta até a conclusão, ou seja, a venda ou contratação, passando pelas etapas do chamado funil de vendas.

A ideia dessa estratégia é cativar o interesse dos usuários, mas de um jeito que não seja interruptivo ou invasivo, atraindo o público de forma sutil. Diferentemente das propagandas que surgem nos sites e incomodam o usuário.

Quais são as vantagens do marketing de conteúdo?

São muitos os benefícios e as vantagens do marketing de conteúdo para a sua marca, como:

  • Pode aumentar o tráfego do site;
  • Aumentar o reconhecimento e engajamento do público com a marca;
  • Pode educar o seu público sobre o mercado ou seus produtos;
  • Aumentar a geração de leads;
  • Gerar mais vendas.

Como destacar seu produto utilizando o marketing de conteúdo

Como já foi citado, o marketing de conteúdo deve auxiliar o leitor pelas etapas do funil de vendas. Então, é necessário criar conteúdos para cada uma dessas etapas.

1. Conteúdos para o topo do funil de venda (fase de descoberta)

Nessa etapa, o objetivo principal é atrair a atenção do leitor, fazendo-o descobrir o problema que será solucionado pelo seu produto. Nessa fase, o conteúdo não deve ser publicitário.

Produza conteúdos interessantes, com dicas ou informações sobre um problema cuja solução envolva seu produto. Posts de blog, vídeos, e-books e podcasts são formatos muito usados para essa etapa do funil.

Por exemplo, uma empresa que comercializa planos de saúde pode iniciar com conteúdos informativos sobre melhora do estilo de vida, como identificar algumas doenças, entre outros conteúdos. Além disso, oferecer conteúdos com dicas sobre operadoras, preços e coberturas essenciais e obrigatórias, fazendo com que o usuário seja auxiliado.

2. Conteúdo para meio do funil (etapa de reconhecimento e consideração)

Nessa fase, o cliente já identificou sua necessidade, procurando uma maneira de resolver o problema. Então, é possível criar uma forma de captar esse lead, com formulários ou outras maneiras de cadastro de contato.

O conteúdo dessa fase pode ser posts de blog, conteúdos interativos, e-books. Porém. o foco maior está em resolver o problema, e não simplesmente em informar.

Por exemplo, o download de e-books, em que ele deve preencher com seus dados para acessar o material, é uma das formas mais usadas. Assim, o usuário recebe o conteúdo e a empresa coletará seus dados para contatá-lo futuramente, dando prosseguimento ao processo de compra.

No blog, também é possível oferecer textos com informações que agreguem conhecimento. Além disso, considerando o exemplo do tópico acima, ou seja, de um site que vende plano de saúde, em cada texto, é possível adicionar um botão call to action para que o leitor possa fazer a cotação online e conhecer os planos de saúde mais baratos e completos, entre os disponíveis em cada operadora que atendam às suas necessidades.

3. Conteúdo para meio do funil (etapa de decisão)

Nessa etapa, os usuários já estão considerando seu produto, procurando maiores informações para ajudá-los na tomada de decisão. Ou seja, quanto mais informações possíveis, mais confiança terão ao adquirir o produto.

Depoimentos de clientes e cases de sucesso são conteúdos ótimos para essa etapa, além de dicas para uso diferente do produto. Demonstração de utilização e descrição mais detalhada das características também podem gerar um bom conteúdo. É válido ainda usar landing pages com promoções exclusivas para conquistar de vez o cliente.

Como você viu, investir em marketing de conteúdo traz muitas vantagens para o seu negócio. Independentemente do tipo de atuação da sua marca, essa é uma estratégia flexível, já que é possível trabalhar diferentes tipos de conteúdo, inclusive para as redes sociais e em vídeo.

Por meio dele, a sua marca ganhará mais visibilidade, especialmente ao combinar o marketing de conteúdo com estratégias de SEO. Assim, a sua empresa conseguirá alcançar mais pessoas de forma orgânica, nos maiores buscadores, como o Google.

Automaticamente, isso aumentará o tráfego da sua página, o que contribui com a captação de leads e conversão de clientes. Além disso, ao entregar o que o seu público busca, ou seja, conteúdos informativos e que resolvam os principais problemas, como dúvidas sobre o produto ou serviço, a reputação da sua marca aumenta.

Como resultado, você atingirá maior número de clientes fidelizados por meio de uma estratégia econômica, ou seja, com o marketing de conteúdo.

O post Como destacar o seu produto investindo em marketing de conteúdo apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como destacar o seu produto investindo em marketing de conteúdo. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.