Ads Top

7 dicas para montar um e-commerce eficiente e manter o negócio funcionando à digitalização

No decorrer da pandemia, a qual ainda estamos vivenciando, a digitalização cresceu rapidamente, e o mercado de varejo e comércio foi diretamente impactado pela mudança do hábito de consumo das pessoas.

Houve um aumento de 73,88% nas compras online na comparação entre 2020 e 2019, de acordo com dados do MCC-ENET, indicador de consumo desenvolvido pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital (camara-e.net) em parceria com o Neotrust.

Além disso, uma pesquisa realizada pela Neotrus mostra que somente no primeiro trimestre de 2021 foram realizadas 78,5 milhões de compras online, um aumento de 57,4% em comparação com o mesmo período do ano passado.

No entanto, mesmo com todo esse aumento, não foram todos os negócios que migraram totalmente para o digital nos últimos meses. E aqueles que de fato começaram a atuar no ambiente online ainda podem potencializar muito seus negócios. Nesse contexto, separei algumas dicas para ajudar varejistas e comerciantes a venderem mais e melhor pela Internet. Confira:

1. Quais plataformas podem ser utilizadas para iniciar um e-commerce?

Existem muitas plataformas no mercado, como NuvemShop, Magento, WooCommerce, Tray, Linx e Shopify. Outra bastante utilizada é a VTEX, plataforma de e-commerce SaaS (Software as a Service), que é responsável por toda estrutura necessária para que os lojistas possam cadastrar seus produtos, integrar meios de pagamento e calcular frete.

A VTEX é considerada a melhor plataforma da América Latina, e uma das melhores plataformas do mundo. Desde 2017, ela figura na lista das principais empresas de tecnologia da América Latina, sendo assim a única plataforma a figurar na listagem. A VTEX também adquiriu outras empresas, como Loja Integrada, Xtech e Integrando.se, e possui um dos códigos mais bem desenvolvidos para conversão em vendas e indexação.

2. Ferramentas para montar um e-commerce do zero

O principal serviço para montar um e-commerce do zero é o de Web Development, um serviço feito por programadores especializado em desenvolvimento de sistemas para a Internet. Ou seja, são os profissionais responsáveis por manter o seu site ou aplicativo em perfeito funcionamento. É importante que o desenvolvedor trabalhe em conjunto com um designer, pois um bom trabalho de UI (User Interface) garante que toda a operacionalização do site, bem como sua experiência de compra, resultem em maiores conversões e retorno do cliente ao e-commerce.

São várias áreas que trabalham para desenvolver uma plataforma de e-commerce desde o início. Além dos já citados designers, a parte de conteúdo é muito importante para essa nova loja. É esse time que faz o copywriting do e-commerce. Trata-se de todo o texto que o site terá, como a descrição dos produtos. Já o time de SEO fica responsável por desenvolver as melhores práticas e ajudar a manter um bom tráfego orgânico na loja.

Para completar o novo e-commerce, o empreendedor também precisa contar com um bom time de mídias que vai ajudar nas estratégias e planejamento da loja. Outra boa pedida é ter especialistas em web analytics. São esses profissionais que podem esclarecer para o comerciante sobre os dados e as métricas que o e-commerce está alcançando.

3. O que é mais importante na hora de definir seu e-commerce

O e-commerce precisa ter um visual próprio, que esteja alinhado com a marca e com os interesses dos consumidores. Além disso, ter claro qual o propósito por trás da criação do e-commerce, definição dos produtos e em qual nicho vai atuar são fundamentais na hora de iniciar a plataforma de vendas.

Além das dicas acima, é importante o empreendedor entender o momento de seu negócio. De maneira geral, podemos dizer que o mais importante é entender qual o momento de maturidade de seu negócio. Um negócio iniciante, com poucos produtos, poucas visitas e apenas uma ou duas opções de pagamento/frete, pode utilizar ferramentas mais baratas como o Loja Integrada. Porém, conforme um negócio cresce, com mais produtos, visitas de usuários e opções mais variadas de pagamento e frete, as ferramentas mais simples e baratas não conseguirão dar um bom suporte, sendo necessário procurar ferramentas mais completas.

4. Como se destacar em um cenário com muitas empresas de e-commerce

Em um cenário onde muitos e-commerces surgiram em 2020 e 2021, para ajudar os empreendedores, é importante saber como se destacar entre tantos outros concorrentes.

É muito importante que a usabilidade do e-commerce e a experiência intuitiva sejam boas, proporcionando um site com menus, botões e layouts bem definidos. Além disso, o site deve ser otimizado e rápido, visto que quando uma plataforma demora para carregar ou trava em determinadas telas, muitos usuários desistem de realizar a compra. Outro ponto extremamente importante é ter uma estratégia de negócios inteligente. Sempre garantir estoque de produtos e também realizar promoções para novos usuários. Além dessas, as estratégias de remarketing são exemplos de como potencializar seu empreendimento.

5. E-commerce para desktop e mobile

Hoje, mais do que nunca, é necessário que o empreendedor tenha o seu e-commerce com bom acesso tanto nos desktops quanto na versão mobile. Atualmente, é normal que o usuário pesquise o produto na versão desktop e mostre para os amigos e conhecidos o mesmo produto na versão mobile. Portanto, esse é um ponto de atenção para o empreendedor.

Um e-commerce sempre precisa ser pensado para os consumidores que usam computadores e para os que utilizam smartphones na hora da compra. O mercado mobile é cada vez mais crescente, especialmente no Brasil. O estudo Global Media Intelligence Report 2020 mostrou que 98,4% dos usuários de Internet já possuíam smartphones, e eles passaram mais de cinco horas por dia nos aparelhos. Por isso, é importante o e-commerce ter layout, fluxo de navegação e interface personalizada para cada tipo de tela.

6. Dicas para o novo e-commerce

Além da estrutura digital, alguns pontos necessitam atenção, como: ter bem claro qual o propósito por trás da criação do e-commerce, além da definição do produto e em qual nicho vai atuar, ou seja, ter um plano de negócio consistente; realizar estudos de mercado e benchmarks para entender o tamanho do desafio e em qual tipo de mercado e segmento o negócio vai estar inserido; estudar os consumidores e o público-alvo; definir a estruturação de toda parte operacional e suporte, além de toda parte logística e de entrega.

Outro ponto muito importante é a definição das estratégias de marketing. Essas estratégias são o que fazem determinada loja e os seus produtos se inserirem no mercado. São elas que vão alcançar os consumidores, mostrar o que você tem a oferecer e trazer o tráfego e mais usuários para seu site. Por isso, se você quer que o seu negócio venda, elas precisam estar no planejamento. Como o e-commerce está no ambiente virtual, o marketing digital geralmente é a base do plano.

7. Pontos importantes para a continuidade do e-commerce

É necessário sempre continuar aprimorando a parte tecnológica. É importante também continuar sempre melhorando o e-commerce, criando novas páginas, refinando o design e otimizando a conversão. Já para a estratégia de negócio, ter entendimento e estudo sobre o público-alvo e definir estratégias de marketing. Definição e estruturação de toda parte operacional e suporte, além de toda parte logística e entrega.

Outro ponto importante é ter conhecimento sobre os canais de geração de tráfego, como SEO, Google Ads, Facebook Ads, Bing Ads e outras diversas plataformas e mídias de performance, para divulgar a sua loja e trazer clientes em potencial. Além disso, é muito importante toda parte de engajamento e pós-venda que, com uma estratégia bem estruturada, tem como objetivo principal a fidelização dos consumidores.

O post 7 dicas para montar um e-commerce eficiente e manter o negócio funcionando à digitalização apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre 7 dicas para montar um e-commerce eficiente e manter o negócio funcionando à digitalização. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.