Ads Top

O poder do Co-Marketing

Co-Marketing é quando duas ou mais empresas fazem parcerias com o objetivo de promover serviços, produtos e/ou marcas. Em outras palavras, essas empresas compartilham conteúdo promocional conjunto visando gerar mais buzz, obter mais leads e fazer mais vendas.

Por exemplo, três e-commerces de sex shop podem criar um e-book sobre óleos, cremes e velas. Ou uma loja de chuteiras pode trocar blog-posts com uma escolinha de futebol. Ou, ainda, duas marcas que vendem produtos que se complementam podem realizar webinars ou criarem vídeos em conjunto. Tudo isso é Co-Marketing.

Imagem de uma pessoa encaixando duas peças de um quebra-cabeça
Parcerias de co-Marketing ajudam as empresas a promoverem produtos e serviços de forma mais ampla.

Mas além disso, o Co-Marketing também pode ser uma troca de posts em redes sociais, uma troca de vídeos no Youtube, uma participação integrada em um evento, a criação de um programa de treinamento em conjunto. E pode ser também uma promoção como “compre um produto da empresa X e ganhe um desconto na empresa Y”, entre outras ações.

Só para você ter uma ideia, na campanha “Vanish banca seu look”, de 2019, os consumidores que compravam qualquer produto da Vanish ganhavam o valor em créditos na Riachuelo. Desse modo, enquanto a primeira apresentava seus produtos de limpeza, a segunda promovia seu estoque de roupas. Simples assim!

Ao realizarem esses tipos de campanhas de publicidade, as marcas podem atingir um número muito maior de consumidores do que cada uma por si só. Mas os benefícios vão além disso. Pois confira em seguida mais alguns motivos para você começar a fazer Co-marketing e parcerias estratégias no e-commerce!

7 motivos para fazer Co-Marketing

Desde 2018 a até 2028, os ecossistemas de parcerias poderão gerar até US$ 100 trilhões, segundo estimativa da Accenture. Ou seja, trata-se de um montante tão grande que não pode ser ignorado.

E motivos para investir em Co-Marketing é o que não faltam. Eu reuni neste post sete deles, que coletei de fontes diversas. Então, se você estiver decidindo se vai fazer ou não parcerias estratégicas no e-commerce, atente para os fatos de que:

  • 33% (cerca de) das vendas em 2025 virão dos ecossistemas de parcerias (McKinsey Quartely, 2018);
  • 54% das empresas dizem que as parcerias representam mais de 20% do total de suas vendas (Partnerize, 2018, citada por ProWell Tech);
  • 75% do comércio mundial flui indiretamente, o que revela o poder das parcerias e alianças estratégicas (Forrester, 2018);
  • 74% dos consumidores dos EUA dizem visitar até três sites antes de decidirem comprar, o que expõe o poder dos sites parceiros (Business Insider citada por Breezy);
  • 50% maior é a promoção de uma marca quando esta faz parcerias de Marketing de Conteúdo (Nielsen, 2016);
  • 57% das organizações fazem parcerias para adquirir novos clientes (BPI citada por Breezy);
  • 44% das empresas fazem parcerias para obterem insights para inovações (BPI citada por Breezy).
  • Como se vê, as parcerias ajudam as empresas (incluindo empresas de e-commerce, como a sua) a promoverem produtos e serviços de forma mais ampla; aumentarem os leads, gerarem mais decisões de compra, adquirirem novos clientes; fazerem mais vendas e até mesmo a obterem insights para melhorias.

    Mas além disso, o Co-Marketing também possibilita aumentar a credibilidade das marcas no mercado. Ele ajuda empresas como a sua a ampliarem o impacto promocional sem contudo aumentar os custos. Enfim, é um ótimo jeito de fazer o seu e-commerce crescer.

    Como criar uma campanha de Co-Marketing

    Para criar uma campanha de Co-Marketing, siga o seguinte passo a passo:

    • Escolha um parceiro ou vários parceiros de negócios e entre em contato;
    • Defina conjuntamente com a empresa parceira o público-alvo;
    • Defina também o material publicitário (post, e-book, webinar, etc.);
    • Estipule qual e como será tratado o tema da campanha;
    • Estipule quais os canais de distribuição do conteúdo de Marketing;
    • Estabeleça um cronograma de divulgação;
    • Analise os resultados e avalie a possibilidade de realizar novos projetos do tipo.

    Portanto, as empresas de e-commerce precisam se dar conta de que criar uma rede de parcerias de divulgação com uma ou preferencialmente com várias outras empresas é uma estratégia que pode lhes ajudar a crescer.

    O post O poder do Co-Marketing apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

    Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre O poder do Co-Marketing. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

    Nenhum comentário:

    Tecnologia do Blogger.