Ads Top

Cuide das pessoas, dos produtos e dos lucros, nesta ordem

Muito tenho visto as empresas se interessarem para fazerem parte do processo GPTW, e algumas poucas conseguem evoluir nesse processo.

Tenho retomado as leituras e confesso que isso tem me deixado otimista, mas frustrado. Explico.

Frustrado porque não deveria ter desfeito o ritmo de continuidade na leitura, e pra quem começou cedo na leitura sabe o que estou falando — a sensação é de um tempo que não será recuperado.

Otimista fico porque tenho visto bons exemplos de conteúdo que clarificam as evidências de que o caminho pode ser esse mesmo a seguir. Afinal, a pandemia trouxe em alguns casos tempo pra reorganizar as ideias.

Deixo aqui uma passagem do livro de Ben Horowitz, “O lado difícil das situações difíceis”, que trouxe no título:

“Meu antigo chefe, Jim Barksdale, gostava de dizer: ‘Nós cuidamos das pessoas, dos produtos e dos livros – nesta ordem.’ É uma frase simples, mas profunda. ‘Cuidar das pessoas’ é, de longe, a mais difícil das três tarefas. E, se não fizermos isso, as outras duas pouco importarão. Cuidar das pessoas significa fazer que a empresa seja um bom lugar para trabalhar. Os ambientes de trabalho são, em sua maioria, péssimos. À medida em que as organizações crescem, contribuições importantes vão deixando de ser reconhecidas. Os funcionários mais esforçados são passados para trás pelos que são mais políticos, e os processos burocráticos acabam sufocando a criatividade e extinguindo a alegria de trabalhar”.

Treinar o time, no melhor possível, é abrir a mente para que todos possam pensar fora da caixa. Afinal, se o basal está sendo bem administrado, já não vira um monstro de 7 cabeças que tira nossa energia. E, portanto, será possível pensar em cenários diversos até então não testados no dia a dia da companhia.

Penso que preciso sempre ter meu time melhor do que eu posso ser, porque assim me torno melhor tornando o meu time melhor. É uma espiral infinita, sem contar o ganho de tempo e de energia pra chegar no mesmo lugar que você terá na condução do seu time.

Parece simples, parece “desimportante” falar de treinamento hoje em dia. Entretanto é fundamental, considerando que o mercado não vai lhe entregar os melhores recursos. Por isso é melhor treiná-los dentro de casa mesmo, e começar já. Afinal, se não tem certeza de que o mais simples está sendo executado com perfeição, como pensar em inovação em um mundo ávido por coisas novas?

Façamos o simples bem feito, depois damos o segundo passo. Assim como Cristiano Chaves pontuou nesse artigo, é preciso “garantir uma experiência incrível” para nossos clientes. E, pra isso, é preciso fazer o simples e bem feito, sempre.

Treinar significa deixar claro o que cada parte fará no processo; o que se é esperado de cada um como responsabilidade objetiva; e quais pontos deverão ser olhados por todos no que podemos chamar de responsabilidade subjetiva, ou responsabilidade matricial. Isso trará o mínimo de tranquilidade organizacional.

Qual o resultado disso quando bem feito? Economia de energia e de tempo na resolução dos produtos. Sem contar que com mais dinheiro dentro de casa, que deixou de escorrer por entre os dedos, e o real aumento de produtividade do seu time.

Escreve seus processos, por menor que seja sua empresa, e cole-os na parede. É assim que eu gosto de fazer, porque como diz um amigo meu: “o óbvio precisa ser dito sempre”. Se precisar, procure ajuda especializada, com certeza esse será o melhor investimento que sua empresa fará. Afinal, será desse movimento que possibilitará o crescimento sustentável do negócio, a garantia da sustentação.

O post Cuide das pessoas, dos produtos e dos lucros, nesta ordem apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Cuide das pessoas, dos produtos e dos lucros, nesta ordem. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.