Ads Top

Como otimizar sites de e-commerce usando CRO e UX

Quem igual a você atua no comércio eletrônico sabe como as tecnologias do ramo mudam rapidamente e o quanto isso afeta o comportamento do público. Em um cenário assim, é muito importante otimizar o site de e-commerce com frequência para que ele possa atender às demandas que surgem no caminho. E uma boa forma de fazer isso é usando CRO e UX.

CRO é a sigla para Conversion Rate Optimization, o que em Português significa “Otimização da Taxa de Conversão”. E UX, por sua vez, é a sigla para User Experience ou, em nosso idioma, “Experiência do Usuário”. Com esses dois recursos você pode medir e otimizar a sua interface de vendas online, e assim mantê-la sempre em dia com as necessidades dos consumidores.

CRO e UX: entendendo os conceitos

CRO e UX são conceitos muito importantes que você empreendedor(a) de e-commerce precisa assimilar o quanto antes. Deles depende o sucesso em médio e longo prazo do seu negócio. Ao compreendê-los, você conseguirá saber como o seu e-commerce é visto no mercado e o que precisa fazer para adequá-lo às exigências dos consumidores. Confira:

CRO

CRO, como já dito, é sobre medir e otimizar a taxa de conversão, sobretudo a de vendas e a de leads (assinantes). Mas mais do que isso, CRO é sobre estabelecer ações que conferem melhorias contínuas ao seu comércio tendo em vista transformar cada vez mais visitantes em leads, clientes, fregueses e promotores da sua marca.

Para usar esse recurso, você precisa antes de tudo saber quais as taxas de conversão atuais. Logo, se quiser saber qual a taxa de conversão de vendas de uma das páginas da sua loja virtual, basta dividir o total de vendas da mesma pelo número de visitantes e multiplicar por cem [TC = (Vendas / Visitantes) x 100]. O mesmo se faz com a taxa de conversão de leads.

A título de exemplo, digamos que uma de suas páginas de vendas esteja recebendo 1.000 visitas e fazendo 9 vendas por mês. Usando a fórmula, dividimos 9 por 1.000 e logo depois multiplicamos por 100. O resultado é 0,9%. Isso significa que essa página tem uma taxa de conversão muito baixa, abaixo até da média do mercado que é 1%.

Sendo assim, você precisa otimizá-la. Neste ponto, é importante criar uma Key Performance Indicator (KPI), que nada mais é que uma meta a ser batida. Você pode descrevê-la em uma frase como “Aumentar a taxa de conversão da página ‘x’ para 2% no próximo mês”. Em seguida, lista-se abaixo desta KPI as ações que irá realizar para atingir tal meta.

Agora, você precisa descobrir o que exatamente deve mudar. Para tanto, é necessário fazer testes como o Teste AB, fazer uso de mapas de calor, navegação por vídeo e outros recursos. Só assim poderá entender e encontrar “brechas” para otimizar a conversão. Aliás, muitas das melhorias que poderá fazer para otimizar a taxa de conversão estão no campo da UX.

UX

UX é sobre como melhorar a experiência do usuário, que no e-commerce é o consumidor, de modo que este possa se sentir atraído ao ponto de se tornar um assinante, cliente ou freguês da sua loja online. A UX tem a ver sobretudo com a experiência de uso de um site, mas também com as experiências de atendimento, de entrega, de pós-compra, etc.

Quando você otimiza a UX, a taxa de conversão aumenta. Neste aspecto, UX e CRO se entrelaçam. Ambos requerem ferramentas de análises e testes como o Analytics, Google Optimize, Hotjar, Microsoft Clarity, etc., que permitem verificar como está o estado atual e obter insights para fazer as melhorias necessárias no seu negócio digital.

Em UX, um dos pontos mais importantes é o design. Isto é, quanto mais atrativo e funcional for o layout e o design de uma loja virtual, aplicativo ou marketplace, por exemplo, maiores as chances de você converter visitantes em assinantes e em compradores. E para oferecer um design atrativo sempre, é muito importante contar com um CMS 100% editável.

CMS, caso não saiba, é a sigla para Content Management System ou “Sistema de Gerenciamento de Conteúdo”, em Português. Trata-se do software com o qual é possível criar e editar o layout de interfaces de vendas digitais. Há alguns que são 100% e outros parcialmente editáveis.

A vantagem de usar um CMS 100% editável é que ele possibilita customizar totalmente os botões, as cores, os links, todos os elementos de página, conforme as expectativas dos usuários. Ou seja, depois de testar as suas páginas usando as ferramentas já citadas de UX, você poderá aperfeiçoar cada milímetro delas se o seu CMS não tiver restrições.

CRO e UX: importância no e-commerce

Só dizer que CRO e UX são importantes no comércio eletrônico não basta. É preciso mostrar números. Pois de acordo com o site UXCam, cada dólar investido em UX resulta em um retorno de 100 dólares. E segundo estudo da VentureBeat publicado no site AI Multiple, o ROI médio do uso de ferramentas CRO é de 223%.

Ou seja, CRO e UX são recursos que realmente podem melhorar principalmente as vendas do seu comércio eletrônico. Portanto, se você ainda não faz uso desses recursos, vale a pena começar a usar.

O post Como otimizar sites de e-commerce usando CRO e UX apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como otimizar sites de e-commerce usando CRO e UX. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.