Ads Top

Ship from store: por que esse sistema é essencial para grandes empresas?

“Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças.” A frase, atribuída a Charles Darwin se encaixa muito bem nos dias atuais, especialmente no setor de varejo em tempos de pandemia.

A mudança de comportamento no processo de compra dos clientes, gerada pela chegada do novo coronavírus, acelerou uma adaptação do mercado. Não se tratam de exigências, mas é quase uma peneira, onde quem se adapta às novas tecnologias de entrega, ao atendimento diferenciado e à inteligência artificial nos processos de venda, por exemplo, sobrevive à crise.

Mas, como diria Darwin em A Evolução das Espécies, as adaptações podem ser entendidas como um aperfeiçoamento, um processo evolutivo que traz melhoramentos para os indivíduos, no caso, os negócios.

O ship from store (SFS) é exatamente um desses desenvolvimentos. Esse sistema de gestão garante inúmeras vantagens para os lojistas, consumidores e até para o meio ambiente! Entenda o porquê o SFS se tornou uma forma de “seleção natural” das empresas que sobreviverão e poderão crescer no mercado.

Modelo centralizado de distribuição

O modelo centralizado ainda é muito usado pelos varejistas, mas ele pode fazer com que as empresas percam a agilidade e a competitividade em algumas localidades.

Isso porque ele onera toda a operação logística, uma vez que impede de o lojista ter uma maior capilaridade e reduzindo a pontualidade na entrega.

Nesse modelo de distribuição também pode acontecer a falta de produtos, chamada quebra de estoque. O cliente escolhe o item no e-commerce, demonstra o desejo para comprá-lo e, por fim, acaba se frustrando por não ter no estoque. Ponto para a concorrência.

Assim como a quebra de estoque, o contrário também pode acontecer, ou seja, o estoque parado. Ele é outro problema encontrado no modelo centralizado. As empresas que não utilizam suas lojas físicas como pontos de distribuição têm dificuldade de oferecer os melhores preços no frete e menores prazos de entrega. Com esta forma de centralização, podem acontecer desabastecimentos, estoques inativos, assim como atrasos no envio da mercadoria.

Vendo sob essa perspectiva, já se percebe os possíveis impactos financeiros e também na relação com o cliente. Assim, o resultado de optar por um estoque centralizado pode ser o aumento da porcentagem de abandono do carrinho.

Segundo uma pesquisa do Business Insider, o principal motivo para abandono de carrinho no site são as condições do frete que fazem com que o preço total da mercadoria fique acima do que se esperava. E, como se sabe, dependendo da localização e do produto, há casos em que o frete acaba custando mais do que a própria mercadoria.

Novo modelo de distribuição

Felizmente, os animais, as pessoas e os sistemas evoluem. A adaptação ao novo vem ao encontro de necessidades dos clientes, de exigências do mercado e também do desenvolvimento do próprio negócio.

Atualmente, o sistema ship from store oferece aos lojistas a melhor estratégia de envios. Ele traz o conceito de omnicanalidade na distribuição, aproveitando a capilaridade das lojas físicas, onde o cliente pode ser atendido tanto pessoalmente quanto ao realizar uma compra online.

A implantação de um sistema ship from store possibilita fretes mais baratos e, consequentemente, a diminuição da quantidade de abandono de carrinhos e o aumento de conversões de venda. Com o SFS é possível reduzir o custo do frete em cerca 40%, o que obviamente, pode ser repassado para o consumidor.

Isso porque, grandes empresas que decidem pelo SFS têm a garantia de uma logística de envios mais rápida e eficiente, onde o envio da mercadoria é direcionado da loja ou estoque mais próximo ao local de entrega.

Além disso, essa evolução gerada pelo sistema SFS garante uma melhor experiência ao cliente, uma vez que a entrega será mais rápida e haverá a diminuição de produtos danificados que acontece em longos percursos de viagem.

Assim como o envio mais rápido, o ship from store resolve problemas apontados no antigo modelo, como a quebra de estoque, por exemplo. Com o sistema omnichannel na distribuição, é possível movimentar o estoque de todas as lojas, realizando o envio a partir da loja mais próxima ao cliente e desonerando assim os custos da distribuição.

O sistema SFS, além de todos os benefícios tanto para grandes empresas quanto para os consumidores, também se torna uma prática sustentável e ecologicamente mais adequada.

Quando se usa da inteligência logística e de estratégias para diminuir o percurso para o envio da mercadoria, consequentemente, reduz a emissão de dióxido de carbono (CO2) – responsável por desequilíbrios no efeito estufa.

Segundo informações da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, os carros e caminhões são o primeiro e segundo, respectivamente, maiores responsáveis por emissões de CO2.  Desta forma, com trajetos mais curtos proporcionados pelo ship from store, haverá menos poluição causada pelo transporte.

Com tantas vantagens, fica fácil entender porque grandes empresas do varejo devem se adaptar às mudanças e aderir às evoluções oferecidas pelo setor. Caso contrário, assim como algumas espécies estudadas por Darwin, poderão ser extintas.

O post Ship from store: por que esse sistema é essencial para grandes empresas? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Ship from store: por que esse sistema é essencial para grandes empresas?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.