Ads Top

Logística reversa: como fazer a gestão correta e evitar prejuízos

Quando se pensa em envio de mercadoria ao cliente, costuma-se enxergar o atendimento como finalizado a partir do momento que o produto é entregue. Contudo, em alguns casos, o trabalho pode ‘recomeçar’ caso o consumidor queira fazer a devolução ou troca da compra. Para isso, deve-se ter uma estratégia de logística reversa a fim de reduzir custos e trazer comodidade para o cliente.

Segundo pesquisa da Ebit|Nielsen, plataforma de mensuração de dados e opinião de consumidores, quase 30% das compras feitas são devolvidas ou trocadas, fazendo com que as empresas gastem muito com logística reversa. O número é tão grande que pode, inclusive, atrapalhar todo o faturamento do negócio.

Por isso, é preciso pensar em formas de reduzir custos da logística reversa buscando evitar prejuízos, já que quando a solicitação de troca ou devolução acontece, surge também um gasto a mais – que muitas vezes não estava previsto nas contas da empresa.

Por onde começar uma boa gestão de logística reversa

Uma saída para obter uma gestão logística eficaz, é a busca por empresas parceiras que dominem o assunto e tracem estratégias com as melhores práticas, as quais, inclusive, ajudam no preço da movimentação.

Empresas especializadas podem contribuir fazendo o ajustamento de condutas antes inadequadas, que traziam insatisfação aos clientes e, consequentemente, o distanciamento dos melhores resultados para a empresa.

Comodidade para o cliente é resultado positivo para você

Ninguém discorda de que com um cliente satisfeito, maiores serão as chances de ele comprar novamente no e-commerce. E é justamente isso que os lojistas devem buscar: a satisfação do cliente aliada às finanças da empresa.

Leia também: 6 dicas para você acertar na logística reversa do seu e-commerce

Assim, por que exigir processos cansativos e trabalhosos para os consumidores, como para fazer uma troca ter que levar o produto aos correios e enfrentar filas? Esse tipo de solicitação é desgastante. Assim como fazer o cliente aguardar o recebimento do produto na sua loja para somente depois enviar um novo item ao cliente?

Consumidores não gostam de esperar para ter sua compra em mãos!

Por isso, que tal melhorar a experiência do cliente com uma logística reversa inteligente? Com empresas parceiras é possível que o produto a ser substituído seja retirado por uma transportadora na casa do cliente! Quer mais comodidade do que isso? E há!

Empresas especializadas em logística podem, inclusive, já deixar o novo produto na casa do cliente no momento da retirada do objeto para devolução. Desta forma, economiza-se muito nos custos do frete, uma vez que será necessário fazer somente mais um percurso, além do primeiro envio da compra.

Avalie outros setores

Como citado, a logística reversa inteligente traz comodidade para o cliente e redução dos custos para o negócio. Mas não é somente por meio da logística que se consegue esses benefícios. Fazer um estudo sobre os motivos das devoluções e trocas pode esclarecer muitas indagações.

Com ele, será mais fácil enxergar em que fase da jornada de compra não há uma ação eficaz. Problemas nas embalagens, dificuldades na separação e até informações incompletas ou descrições errôneas no e-commerce podem ser motivos para o aumento da taxa de devolução e troca.

Portanto, a fim de evitar prejuízos e melhorar a experiência do cliente, invista em uma logística reversa inteligente que poderá reduzir custos e valorizar a comodidade dos consumidores, mas, também, fique de olho nos dados.

O post Logística reversa: como fazer a gestão correta e evitar prejuízos apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Logística reversa: como fazer a gestão correta e evitar prejuízos. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.