Ads Top

Escalabilidade: o que é e como aplicar no seu negócio

A escalabilidade, termo popular, tem um conceito próprio e possui um peso importante no e-commerce. Com o tempo, tornou- se uma estratégia necessária para dar conta do aumento de carga ou crescimento do business online.
Para isso, existem ferramentas e recursos que movimentam as operações de e-commerce e solidificam uma escalabilidade ideal para o seu negócio: infraestrutura, sistemática de qualidade e dinamismo.

Geralmente, a escalabilidade é trabalhada no e-commerce quando já se possui uma marca grande e conhecida, afinal, para que a sua plataforma suporte tantos acessos, views e interações, é necessária uma infraestrutura de qualidade.

No entanto, pensar em aplicar a escalabilidade no seu e-commerce desde o início fará com que ele tenha mais chances de um crescimento exponencial e que inúmeros percalços sejam evitados desde a sua origem.

Planejamento estratégico: como desenvolver?

Um e-commerce é composto de vários setores, ou várias “peças”. O planejamento estratégico talvez seja o ponto primordial a se debater quando levantamos a pauta de escalabilidade. A organização dos seus processos internos deve ser controlada e fiscalizada com muita cautela e clareza, direcionando seus objetivos com precisão calculista.

Escolha o tipo de planejamento que você pretende desenvolver. Há três tipos de planejamentos mais populares no e-commerce: o planejamento estratégico, o planejamento tático e, ainda, o operacional.

O primeiro, mais comum no empreendimento online, desdobra-se a longo prazo e foca em determinar objetivos e decisões mais relevantes, envolvendo vários setores da empresa. Já o planejamento tático, relaciona-se à consecução de objetivos de médio prazo, de forma segura e partindo dos níveis hierárquicos intermediários da organização do e-commerce. Por último, mas não menos importante, o planejamento operacional desdobra-se a curto prazo e refere-se, principalmente, às tarefas executadas no cotidiano do empreendimento.

Definidas as suas estratégias, é essencial analisar o macroambiente, ou, em outras palavras, todos os aspectos externos que podem afetar, positiva e negativamente, o seu e-commerce. Entenda o cenário das forças legais e econômicas, as necessidades e anseios de público, e ainda, a perspectiva tecnológica do momento.

Uma análise SWOT, por fim,  é uma excelente sugestão: a sigla corresponde à uma tática bastante usada na administração do comércio online e traduz-se nas seguintes palavras: Strength (forças), Weakness (fraquezas), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças). Certamente, traçar este perfil irá clarear a sua visão a respeito do seu macroambiente, evitando riscos e impulsionando estratégias.

Automação

Outro ponto importante é a automação. Em outras palavras, o ato de tornar automáticos os processos da sua empresa, resultando numa otimização de operações. A automação tem a capacidade de realizar um grande número de tarefas em um curto espaço de tempo.

Além disso, uma plataforma de e-commerce robusta, ou seja, bem estruturada e com o investimento adequado, auxilia no bom funcionamento do seu e-commerce e na satisfação do seu público. Não poupe esforços em adquirir um servidor de qualidade.

Leia também: Sua empresa calcula o lead time?

Conheça algumas plataformas de automação:

• Lead Lovers

Brasileira, a Lead Lovers é uma plataforma de automação de marketing completa. Sua sistemática é simples e de fácil uso, disponibilizando serviços de disparo de e-mail, construção de sites e suporte online.

• RD Station

Também brasileira e parte da empresa Resultados Digitais, a RD Station tem crescido muito através da qualidade e versatilidade dos seus serviços. A plataforma gera leads, e-mail marketings, cria landing pages e monitora métricas.

• Hubspot

Internacionalmente conhecida, a Hubspot tem o diferencial de aplicar a metodologia de Inbound Marketing, além da geração de e-mail marketings, criação de blogs e landing pages e otimização de sites (SEO).

São inúmeras as plataformas de automação, e é essencial definir aquela que mais supre às necessidades e à identidade do seu e-commerce, considerando seu perfil, suas necessidades e o custo benefício de cada plataforma aplicada ao seu negócio.

Gestão especializada

Entenda também que, para que a escalabilidade seja aplicada por completo, é interessante que cada área, setor ou “peça” do seu e-commerce seja comandada por um especialista na função em questão. Isso fará com que você confie nas operações do seu negócio tendo a certeza de que estão em boas mãos, e que o resultado geral agradará a sua clientela.

Comunicação com o público

Por fim, tenha em mente que investir numa rotina de marketing diferenciada, com identidade própria e de qualidade também é um aspecto atraente, bem como um bom atendimento especializado. O marketing digital e o atendimento especializado permitem uma comunicação clara e uma troca única com o seu público-alvo, no sentido de entendê-lo e fazê-lo participar dos seus processos, fazendo com que o seu e-commerce esteja em constante evolução.

Investir nessa estratégia é algo que dá visibilidade para o seu e-commerce, visto que a internet é hoje a maior ferramenta de divulgação de marcas. Aposte em entregar mais do que o convencional. O Google Adwords e o Facebook Ads, por exemplo, são ferramentas essenciais, mas juntas unicamente não suprem as necessidades de um e-commerce com alto nível de escalabilidade.

Busque entregar mais do que o convencional. Aposte na criação de e-books educativos, oferecendo conteúdo exclusivo para o seu público. Além disso, explore o poder da inclusão: tornar o seu cliente parte do seu marketing, como um aliado, é a chave para a confiança de novos clientes e públicos fiéis. Afinal, nada é mais levado a sério do que a recomendação de um amigo. Para isso, estar sempre em dia e atento aos processos e satisfação do seu cliente é imprescindível, sinalizando um bom planejamento estratégico, conforme antes debatemos.

A escalabilidade se trata, então, resumidamente, de uma otimização assídua em todos os setores componentes do e-commerce.

Agora que você já conhece o termo e sabe como aplicá-lo, é hora de colocar a escalabilidade em prática!

O post Escalabilidade: o que é e como aplicar no seu negócio apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Escalabilidade: o que é e como aplicar no seu negócio. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.