Ads Top

Como empresas na América Latina usam o Pinterest para conquistar clientes?

Um ano atípico para a maioria das indústrias e varejo. Sim, a pandemia acelerou a mudança para as compras online, abrindo espaço para os negócios. Porém, também dificultou o engajamento com novos e antigos clientes. Como contornar essa questão e se manter relevante em um meio que está mais do que nunca repleto de opções?

Na América Latina, por exemplo, algumas marcas têm feito o upload de seus produtos como catálogos completos no Pinterest. O recurso, exclusivo da plataforma de inspiração, é altamente visual — um dos pontos fortes da empresa — e fácil de usar. Por meio do link do produto no site do varejista, a ferramenta transforma os produtos em Pins de Produto para atingir um público com uma forte intenção de compra.

Como consequência, o uso de catálogo de empresas aumentou mais de 350% sequencialmente no segundo trimestre e cresceu 10x no primeiro semestre de 2020, oferecendo aos usuários ainda mais oportunidades de descobrir conteúdo. Além disso, a porcentagem de usuários interagindo com os catálogos de compras no Pinterest aumentou mais de 85% nos últimos seis meses.

Graças aos catálogos, empresas de todos os tamanhos melhoraram seu desempenho no Pinterest. Alguns exemplos na região incluem:

AMARO

A AMARO é uma marca de moda feminina digitalmente nativa do Brasil. Ela foi uma das primeiras do Brasil a fazer upload do catálogo no Pinterest — e notou um aumento nas visualizações de seu perfil desde então.

“O shop do Pinterest nos permite ter uma presença realmente always on na plataforma. Isso porque importa automaticamente nossos produtos como pins e já com as palavras-chave relevantes. Isso nos garante uma constante visibilidade e presença nas buscas das nossas potenciais clientes. Atualmente, nossas pastas com mais visualizações são as de produtos linkadas para o site. Para ter uma ideia, isso nos permitiu aumentar as sessões para o site em 90% em apenas três meses, se compararmos o segundo trimestre ao terceiro trimestre de 2020”, disse Marcelo Cidral, Social Media Lead da Amaro.

Mobly

A Mobly, uma das maiores marcas de móveis online do país, conta sobre a sua experiência em usar o recurso dos catálogos do Pinterest: “O Shopping do Pinterest se encaixou perfeitamente a nossa estratégia de negócio. Isso porque conseguimos aumentar o conteúdo postado na plataforma e impactar o consumidor em diversos momentos do dia com os nossos pins de produtos. Ao integrar nosso portfólio com mais de 200 mil itens ao Shopping, aumentamos em 535% o tráfego de usuários para o site em apenas um ano (2019 – 2020). Isso sem falar no aumento expressivo em vendas e impressões na rede social: mais de 200 milhões no ano passado. Dessa forma, conseguimos inspirar nossos clientes apaixonados por decoração e expandir o awareness da Mobly”.

GAIA Design

A GAIA Design, marca mexicana de móveis modernos, fez o upload de seu catálogo neste ano. Desde então, a empresa garante que teve um aumento de alcance por meio da plataforma.

“Nesta temporada em que sair de casa virou uma limitação, o Pinterest se tornou uma ótima ferramenta para GAIA. Hoje, ele é uma das nossas maiores fontes de tráfego do site. Graças à uma boa estratégia de conteúdo, com Story Pins, DIY vídeos e pins de produtos, conseguimos posicionar a GAIA como a marca mais lembrada do setor nas categorias de design, móveis e design de interiores”, compartilhou Esteban Lucero, Content & Storytelling da GAIA.

O post Como empresas na América Latina usam o Pinterest para conquistar clientes? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como empresas na América Latina usam o Pinterest para conquistar clientes?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.