Ads Top

Dicas para escolher o melhor ERP para a sua loja virtual

Organização é uma característica fundamental para o sucesso de qualquer negócio e no e-commerce não é diferente. Controlar o estoque, saber como anda o fluxo de caixa, qual a maior demanda daquele período… São exemplos de informações que quando não organizadas podem impactar diretamente no resultado de vendas.

Como uma maneira de auxiliar os lojistas, diversas empresas de tecnologia investiram no desenvolvimento de sistemas de gestão, os famosos ERPs. Assim, todas as informações essenciais estão em um só local e a tomada de decisões é mais rápida e segura.

Com o crescimento do comércio eletrônico ao longo dos últimos anos, essas mesmas empresas perceberam uma oportunidade. Graças a poucas adaptações nos sistemas já existentes foi possível permitir que mais empreendedores digitais conseguissem aumentar suas vendas. Tudo por conta de uma visão mais organizada e fluida de dados importantes e confiáveis.

Recentemente, a oferta de ERPs totalmente focados para o e-commerce aumentou e muitos lojistas ficam em dúvida na hora da escolha. Entender qual software irá atender melhor às necessidades do seu negócio não é uma tarefa simples. Por conta disso, separei algumas dicas para ajudar aos comerciantes eletrônicos a escolherem um sistema de gestão que realmente será diferencial na operação!

Entenda o momento do seu e-commerce

O primeiro passo na escolha do ERP ideal para sua loja virtual é entender por que você precisa dele. Isso consiste em analisar dentro de casa quais são suas principais necessidades.

Tenha em mente que independente do software ou dos diferenciais, o sistema de gestão não irá fazer nada sozinho. Ao levantar os problemas dentro da sua operação atual e quais as possíveis soluções, será possível entender qual a função do ERP dentro dela.

Por exemplo, você não consegue controlar qual produto teve a maior demanda no último mês, pois todos seus estoques estão muito similares. Nesse caso, seu negócio precisa que o ERP entregue em tempo real um acompanhamento do estoque e um controle de pedidos por período. Assim fica mais fácil saber quais itens estão parados e podem ser oferecidos com maior desconto em uma possível liquidação.

Com essa análise em mãos, os próximos passos tornam-se muito mais simples.

Faça seu levantamento financeiro

Para mim, chega até ser óbvio dizer que antes da tomada dessa decisão, será necessário fazer um levantamento do seu caixa, porém vou reforçar. Existem diversas opções de ERPs no mercado e dependendo das suas necessidades os preços podem variar significativamente.

Por isso, faça uma análise de quanto sua empresa pode investir nesse momento. Entenda quais são os pontos mais urgentes da sua operação e priorize a contratação desses, caso seu caixa não permita a contratação de um sistema completo logo na primeira vez.

O importante é entender que o ERP é um investimento para sua empresa. Graças às suas vantagens, o intuito dessa ferramenta é ajudar na redução dos seus custos operacionais e no aumento da sua renda. Portanto, ao fechar seu fluxo de caixa, lembre-se de entender quanto você tem disponível para investir e não para gastar.

Conheça a sua estrutura

Uma vez que tiver em mãos suas principais necessidades e qual sua verba para a implementação de um ERP no seu e-commerce, é o momento de conhecer um pouco mais da sua estrutura. Aqui eu não falo apenas do espaço físico, mas também dos equipamentos necessários.

Essa dica será essencial no momento de escolha. Saber quantos computadores sua empresa disponibiliza para o sistema, quantas pessoas terão acesso, onde deverá ser feito o backup das suas informações, ajudam na hora de avaliar os valores. Afinal, se o ERP ideal para sua empresa precisar de mais estrutura, esse é outro investimento dentro do projeto.

Com todos esses dados em mãos, a escolha de um sistema de gestão torna-se um processo mais fácil.

Avalie as opções do mercado

Existem diversas opções de empresas que oferecem sistemas ERP no mercado, porém agora elas ficam muito mais restritas. Quando você tem claro quais as reais necessidades do seu negócio, qual o valor disponível para o investimento e qual sua estrutura atual, o filtro das opções se tornará menos complexo.

Isso permite entender quais dos diferenciais apresentados realmente serão importantes para sua empresa, qual sua margem de negociação e quais recursos não podem faltar. As informações são mais claras e a tomada de decisão é muito mais ágil.

Tomada de ações com base em dados

Assim como o sistema de gestão auxilia na tomada de decisões do e-commerce com base na organização de dados, a contratação dele também deve ser feita de maneira lógica. Entender quais são as informações relevantes para o seu negócio, qual sua verba, qual sua estrutura, permitem criar uma seleção natural para as ofertas do mercado. Organizar as informações é apenas o primeiro passo para a construção do sucesso do seu e-commerce.

O post Dicas para escolher o melhor ERP para a sua loja virtual apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Dicas para escolher o melhor ERP para a sua loja virtual. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.