Ads Top

Vem aí o Dia das Crianças que o comércio eletrônico jamais viu

Mais uma data comemorativa importante para o comércio se aproxima. O Dia das Crianças está aí e, assim como o Dia das Mães e o Dia dos Pais, esta é uma data de grande expectativa para o varejo. Mas neste ano tudo está diferente, não é mesmo?

Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (ABRINQ), o faturamento da indústria brasileira deste segmento foi de R$ 7,3 bi em 2019 e, desse total, 35% é proveniente do Dia das Crianças. De acordo com a ABRINQ, a expectativa de crescimento para 2020, já revisada após o início da pandemia, é de 3% em comparação com 2019.

Por que o desempenho desse segmento vai na contramão da crise?

Devido à quarentena, temos mais pessoas — crianças e adultos — em casa. Uma boa maneira de entreter as crianças é presenteá-las com brinquedos. Além disso, jogos clássicos de tabuleiro garantem a diversão de muitos adultos e já trazem recorde de vendas para alguns fabricantes. Para a Estrela, por exemplo, que é líder em jogos de tabuleiro, as vendas de alguns jogos já são maiores do que o volume de vendas registrado no ano passado. Segundo a empresa, com o aumento do dólar, houve uma redução de 37,7% na importação de brinquedos de janeiro a julho. Esse cenário favorece ainda mais a demanda por brinquedos nacionais.

Sabemos que muitos pais e avós costumam ir até uma loja física nesta época, e muitos até levam as crianças para escolher o presente. Sem dúvida é uma experiência agradável que fica guardada na memória dos pequenos e de toda a família. Neste ano, embora as lojas físicas já estejam novamente abertas seguindo os protocolos de segurança, muitos varejistas estão inovando e oferecendo experiências multicanais que devem atrair aqueles que buscam os benefícios de uma experiência mais conveniente. É possível ter o primeiro contato com o produto via plataformas digitais, obter descontos por meio das redes sociais, sanar dúvidas via canais como WhatsApp, e então visitar uma loja e decidir o melhor meio para concluir a compra.

O que esperar para o canal online no Dia das Crianças?

– O crescimento das vendas online nas últimas datas comemorativas foi expressivo. Lembremos: o faturamento do e-commerce do Dia das Mães cresceu 117% e do Dia dos Pais 127%, segundo dados da Social Miner.
– Os consumidores de brinquedos já estão mais habituados às compras online. Nos primeiros meses da quarentena, essa categoria registrou um aumento de 171%, segundo dados da Compre e Confie.
– Comprar online já faz parte da intenção de compra da maioria dos consumidores de brinquedos. Um relatório da Opinion Box mostrou que, antes da pandemia, 45% dos consumidores compravam brinquedos online e, agora, 73% pretendem continuar comprando online.

Esteja preparado para aproveitar a oportunidade de alavancar as suas vendas online neste período. Seguindo os últimos dados, não temos dúvidas de que o cenário é favorável para o varejo eletrônico também no Dia das Crianças. Não podemos esquecer que uma boa experiência de compra pode levar a uma recompra e a um possível processo de fidelização. Está em suas mãos garantir que todo processo seja de qualidade: desde o recebimento de um pedido até a entrega do produto. Para garantir uma ótima experiência do cliente é imprescindível que o produto chegue intacto ao destino. Imagina se uma criança recebe um brinquedo quebrado?

Se para nós adultos já é uma tremenda frustração quando recebemos um produto danificado, para as crianças o impacto é ainda maior. Com certeza, proteção é uma questão que influenciará na decisão de uma futura compra online.

Como garantir a integridade do produto?

Invista em uma embalagem adequada ao produto e ao shopper. Customização e proteção podem e devem fazer parte dos requisitos para escolha da embalagem. Dessa forma, seu produto chegará ao destino com integridade, valorização de sua marca e oferecendo uma boa experiência ao consumidor.

Atualmente, existem embalagens com design que permite a redução de cubagem, com simplicidade de uso e redução de danos, garantindo a boa experiência do cliente. O resultado é uma entrega sustentável, com redução de custos de frete e maior satisfação do cliente.

Garantir a segurança do seu produto e conveniência para o seu cliente neste, atípico, Dia das Crianças será, sem dúvida, um grande diferencial. Lembre-se há shoppers que continuarão comprando online mesmo no pós-pandemia e agora pode ser a grande oportunidade de fidelizá-los.

O post Vem aí o Dia das Crianças que o comércio eletrônico jamais viu apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Vem aí o Dia das Crianças que o comércio eletrônico jamais viu. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.