Ads Top

Seu e-commerce é seguro? Saiba como proteger seu negócio

A realidade do mundo globalizado é que estamos cada vez mais conectados, cada vez mais online. Não dá para ignorar este fato.

E, se você tem um empreendimento, empresa, trabalha de modo autônomo ou depende de um negócio, sua marca precisa estar na internet. Seu produto e/ou serviço precisa chegar às pessoas, e o mundo virtual é mais que uma mera ferramenta: é uma necessidade, uma questão de sobrevivência.

Mas, como todas as coisas, colocar seu empreendimento na imensidão da internet é algo que envolve certos riscos — principalmente se você montar um e-commerce.

Os principais perigos virtuais

Você sabe que, se não estiver na internet, seu negócio praticamente não existe. Por meio dela, é muito mais fácil, barato e acessível divulgar seu produto ou serviço, mostrar o que você faz e chegar às pessoas.

Mas o que você também deve saber é que há muitos perigos online. Há muitos criminosos especializados em aplicar golpes, invadir sistemas, roubar informações e prejudicar você de inúmeros modos — e afetar sua empresa e seus clientes.

Dá para fazer uma lista imensa de perigos virtuais, mas podemos resumir estes riscos em alguns elementos mais recorrentes. Os criminosos virtuais usam vários malwares (programas maliciosos) para praticar seus golpes.

No meio destes malwares há uma série de spywares (usados para roubar dados), adwares (programas que exibem inúmeros anúncios indesejados) e métodos de phishing (roubo de informações e invasão em sistemas).

Dentre os vários golpes, por exemplo, há o de clonar páginas. Sua loja virtual pode ser “copiada” e, por meio dela, as vítimas — que pensam comprar o que você está vendendo — acabam fornecendo informações sigilosas para os criminosos.

Você não precisa decorar os nomes de todos os tipos de vírus e golpes existentes, mas o essencial é saber que estas ameaças existem e ninguém está imune a elas.

Sua empresa também está em risco

Muitas pessoas tendem a menosprezar os perigos desses ataques. Afinal, elas pensam que esse tipo de crime só acontece contra grandes empresas ou pessoas famosas e muito ricas. Só que a maioria dos ataques tem como alvo pessoas “normais”, anônimas.

Então, se você tem uma grande corporação, uma multinacional, um pequeno empreendimento familiar ou trabalha de forma autônoma — e você está conectado ao mundo virtual —, então você e seu negócio são sim alvos em potencial. Segurança é algo fundamental independente de quanto você lucra com seu empreendimento.

Se o seu e-commerce vende milhares de reais todos os dias ou muito menos do que isso em uma semana, ele precisa ser protegido. E você (e os colaboradores, se for o caso) precisa adotar certos cuidados básicos para sua integridade — e, claro, a integridade dos seus clientes, já que eles também correm perigo caso seu negócio virtual tenha a segurança comprometida.

Proteja os dados dos seus clientes

Para realizar suas vendas online e atender clientes no mundo inteiro (ou melhor, até onde seu empreendimento é capaz de atuar), sua loja virtual precisa receber informações muito sensíveis e pessoais, como dados de cartão de crédito, endereço de entrega, etc.

Imagine se um golpista conseguir, de alguma forma, acessar estes dados? Os prejuízos serão imensos. Você perde dinheiro, seus clientes perdem dinheiro (e informações pessoais valiosas) e sua marca perde toda a credibilidade.

Então, é essencial garantir que todo o seu website esteja seguro, especialmente a seção de vendas e compras online.

Dicas importantes de segurança

Vamos listar agora algumas dicas essenciais para melhorar a segurança do seu negócio e da sua loja virtual.

A primeira delas é escolher um host seguro. Sua rede precisa ser confiável, segura e protegida para manter a integridade do fluxo de informações que passam pelo seu website.

Resumindo: tenha um provedor de internet confiável, um equipamento protegido com antivírus profissional e hospede seus conteúdos apenas em servidores íntegros. Se você utilizar serviços em nuvem ou qualquer tipo de hospedagem, dê preferência às opções profissionais, pagas.

Outro ponto essencial é garantir certificação SSL ao seu website. A sigla significa Secure Socket Layer (“camada de soquete seguro”). Trata-se de um “certificado” de segurança para o seu website indicando que ele é capaz de realizar as criptografias essenciais para manter a integridade do fluxo de informações.

As vantagens de uma VPN

Além dos pontos mencionados acima, é extremamente importante ressaltar alguns outros pontos de segurança que precisam ser seguidos.

Você deve manter a integridade de todos os seus dispositivos, preferencialmente usando um bom firewall e um programa antivírus profissional. Verificações e buscas por vírus e ameaças devem ser atividades de rotina.

Também é essencial manter um backup dos seus arquivos e garantir a criptografia dos dados dos seus clientes e funcionários.

Outro elemento muito positivo para a segurança do seu negócio é o uso de uma VPN de qualidade. Esses softwares fornecem boa criptografia para sua conexão, melhoram a estabilidade e a velocidade da sua rede e permitem manter um nível mais elevado de anonimato e segurança.

O post Seu e-commerce é seguro? Saiba como proteger seu negócio apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Seu e-commerce é seguro? Saiba como proteger seu negócio. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.