Ads Top

Qual a importância do Google Tag Manager para um e-commerce?

Existem diversas ferramentas que podem ajudar a melhorar o desempenho e os resultados de um e-commerce na Internet. Uma delas é o Google Tag Manager (também chamado de GTM).

A ferramenta foi criada pelo Google para permitir maior autonomia para os profissionais que trabalham com sites na Internet e precisam analisar as métricas dessas páginas. Isso é especialmente útil para quem gerencia um e-commerce.

Com o GTM, fica mais fácil instalar pixels, scripts e tags de maneira a controlar o resultado das ações de impulsionamento e conversão de clientes dentro do seu site, além de dar maior amplitude para o que é possível ou não fazer.

Quer aprender mais sobre o Google Tag Manager e como usá-lo? Então siga a leitura abaixo!

O que é o Google Tag Manager?

O Google Tag Manager é um recurso desenvolvido pelo Google e disponibilizado de graça para os gerenciadores de páginas na Internet. Seu objetivo é facilitar a automatização, gestão e inserção de tags de monitoramento dentro de um site, especialmente em lojas virtuais.

Em outras palavras, o GTM é uma plataforma para gerenciar e configurar vários pontos de monitoramento dentro do seu site (incluindo Landing Pages, páginas de checkout etc.) de um só lugar.

Se para você estamos falando grego, não tem problema. Vamos explicar melhor a seguir.

Basicamente, um e-commerce precisa monitorar o comportamento dos usuários em vários estágios, de acordo com várias estratégias. Por exemplo, é necessário monitorar quem vem das ações em redes sociais, quais tipos de material vê e quais suas ações. Em seguida, esse comportamento deve ativar algumas respostas da empresa, como uma campanha de retargeting ou algo do tipo.

Isso é dando um exemplo apenas de quem vem das redes sociais. Existe ainda o público orgânico, que vem do Google Ads ou de impulsionamento no Facebook e muito mais.

O Google Tag Manager, então, existe para facilitar o gerenciamento de todas as tags e scripts necessários para monitorar esses públicos diferentes e permitir que a estratégia da empresa seja feita de maneira otimizada.

Para isso, ele ajuda a instalação das várias tags diferentes. Por exemplo, o público que vem do Google Ads ou de buscas orgânicas normalmente é detectado pelo Analytics, do próprio buscador. Já para monitorar adequadamente as ações no Instagram e Facebook, é necessário ter o Pixel instalado.

O Tag Manager, portanto, facilita a gestão de todos esses elementos para que o responsável pelo e-commerce não fique perdido e nem precise colar dezenas de códigos diferentes na página.

Qual a importância do GTM para um e-commerce?

Além da gestão de tags, o GTM se destaca por dois outros elementos básicos: os acionadores e as variáveis. Basicamente, eles atuam em conjunto com tags e scripts para criar uma automação das ações de marketing do seu e-commerce.

Os acionadores são como “botões” dentro da sua estratégia. Quando determinadas condições são atingidas, ele é “ligado” (como um interruptor de luz) e ativa o funcionamento de uma tag. Por exemplo, se o usuário colocar um produto no carrinho, ele pode acionar um ativador que vai colocar uma tag para funcionar e coletar dados adequados para isso.

Já as variáveis são elementos que adicionam complexidades para as condições de acionamento das tags do site. Pense nelas como um balde: elas podem armazenar vários tipos de dados que deixam as condições mais específicas e complexas.

Quais as vantagens de instalá-lo em sua loja?

Se você ainda precisa de convencimento, confira abaixo alguns dos benefícios de instalar o GTM em sua loja digital:

  • Agilidade no tagueamento: o GTM ajuda a tornar o tagueamento do site muito mais rápido e ágil;
  • Maior autonomia dos desenvolvedores: para quem contrata um time de desenvolvedor terceirizado, o GTM permite que o trabalho seja feito de maneira mais autônoma, sem que seja necessário contactá-los constantemente para pedir que uma tag seja inserida;
  • Facilidade em Testes A/B: um dos benefícios do GTM é justamente trazer funções especiais para aprimorar os resultados obtidos. Isso significa poder realizar testes A/B muito mais facilmente dentro da sua loja virtual;
  • Otimização constante: o Google Tag Manager oferece relatórios constantes de modo a permitir que a sua loja seja otimizada de maneira contínua, sempre melhorando os resultados obtidos.

Como instalar o Google Tag Manager?

O processo de instalação do Google Tag Manager é muito simples. O primeiro passo é acessar o seu site oficial e entrar com o login de qualquer conta Google que você tenha. Pode ser a mesma que você usa para acessar o Analytics, por exemplo.

O primeiro passo será criar uma conta dentro do GTM, o que é bem fácil de fazer. Basta seguir as instruções que o Google oferece, e você terá a conta criada em pouco tempo.

Um dos pontos importantes nessa hora é a criação de contêineres. Basicamente, um contêiner é um espaço onde serão configurados e hospedados todos os códigos do GTM do seu site.

Assim que fizer essa definição, você receberá um código do Google Tag Manager. Basicamente, ele deverá ser colado nas páginas que você quiser monitorar dentro do seu site. Uma maneira fácil de lidar com isso é instalar o código logo após a abertura da tag <body> de todas as páginas que desejar controlar. Depois disso, não precisará adicionar mais nenhum HTML ou código no seu site, podendo instalar tudo via o GTM.

Com isso, o Google Tag Manager estará instalado no seu site. O próximo passo será instalar as tags no contêiner da sua página usando o menu Tags (na parte esquerda da interface). Basta selecionar a tag na lista que o GTM vai sugerir e nomeá-la adequadamente. Depois disso, pronto, ela estará instalada no seu e-commerce, e você poderá usufruir dos seus benefícios.

Quais plugins implementar no GTM?

Como deu para entender, o Google Tag Manager é um sistema que reúne várias tags e plugins para otimizar o processo de automatização do marketing e monitoramento do comportamento do consumidor dentro do seu e-commerce.

Por causa disso, ele é tão útil quanto as tags, os scripts e os plugins que você instalar nele. Se não instalar nada, não terá nenhum benefício. Mas, se fizer boas escolhas, terá uma ferramenta poderosíssima em suas mãos.

Veja abaixo alguns bons plugins para instalar!

1. Google Analytics

O Google Analytics é a primeira ferramenta a ser instalada dentro do seu Google Tag Manager. Sua função é analisar o tráfego da sua loja virtual, o comportamento dos visitantes no site e apresentar métricas que ajudem a melhorar o seu SEO.

A instalação do Google Analytics no GTM é muito fácil. Basta ir no menu Tags e então clicar em “New”. Possivelmente, o Analytics será a primeira tag recomendada pelo Google, já que ela é de suma importância para a gestão de qualquer site na Internet.

Basta, então, selecioná-la na lista de recomendadas e informar o ID do seu domínio para o Google (vá no menu Administrador do Google Analytics, clique em Propriedade e depois em Configurações da Conta). Feito isso, basta selecionar que você quer o Analytics rodando em todas as suas páginas e pronto. Ele estará instalado!

2. Google Tag Assistant

Esse plugin foi criado pelo Google e tem como função identificar se todas as informações de todos os plugins e tags estão preenchidas corretamente. Isso ajuda a identificar logo de cara se há algum problema com o plugin, o que poupa muito tempo na otimização de um site.

Pronto, agora você já sabe o básico sobre o Google Tag Manager e já pode usá-lo para facilitar a criação de estratégias de marketing para o seu e-commerce.

Como deu para ver, essa é uma ferramenta essencial para que a sua loja online possa explorar ao máximo as fontes de tráfego disponíveis, como o Google e as redes sociais. Com o GTM, ficará mais fácil entender de onde vêm seus clientes, qual o comportamento deles e que ações tomar para aumentar as vendas.

Você gostou do que viu por aqui? Então deixe a sua opinião em um comentário abaixo!

O post Qual a importância do Google Tag Manager para um e-commerce? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Qual a importância do Google Tag Manager para um e-commerce?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.