Ads Top

O que é Black Hat SEO? – Na Prática Com Ricotta

Olá, pessoal! Sejam bem-vindos a mais um episódio do Mestre TV! O Na Prática com Ricotta de hoje te ensina o que é Black Hat SEO. Quer entender melhor essa prática e por que não fazê-la? Então continue lendo este post!

O que é Black Hat SEO?

Este é um conteúdo que se propõe a ensinar o que é Black Hat SEO, mas não recomenda que essa prática seja utilizada. Inclusive, o intuito é orientar para que você possa identificar quais são essas técnicas para que se policie e pare de usá-las, caso esteja executando alguma delas sem saber.

O Black Hat SEO é um conjunto de estratégias usadas em um site para você melhorar o seu posicionamento nas ferramentas de busca. Diferente do chamado White Hat, esta prática infringe todas as regras definidas como boas práticas do Google.

Diretrizes para Webmasters do Google

Para direcionar os profissionais de SEO que praticam melhorias em páginas da internet, o Google definiu uma série de diretrizes para identificar o que pode ou não ser feito. Ou seja, se você quer aparecer nos resultados, você precisa seguir as normas.

Também chamadas de diretrizes de qualidade, foram listadas algumas técnicas consideradas ilegais. Isso significa que, caso identificada uma ação desse tipo, o site poderá ser removido completamente do índice do Google, ou mesmo ser afetado por algum algoritmo. Dessa forma, ele não aparecerá mais nos resultados de busca.

Vale ressaltar que uma técnica não estar na lista não significa que ela seja legal. Eventualmente, se o site executar algo que passe por uma análise e o Google considere fraude ou manipulação, existe a possibilidade de remoção da página.

Por isso, se você identificar uma violação de alguma página, faça uma denúncia!

Princípios básicos para a criação de sites

Para facilitar a compreensão de quem busca criar bons sites, essas regras mostram uma série de dicas. A principal dela é que as páginas sejam criadas pensando nos usuários, e não nos possíveis resultados obtidos nas ferramentas de busca.

Assim, não devem ser feitas ações que enganem os visitantes com truques. O ideal é buscar alternativas para torná-lo especial e valioso de acordo com atributos que você mesmo desenhou. Com isso, é possível se destacar!

Se você deseja fazer a criação de um site, evite as seguintes técnicas de Black Hat SEO:

  • participar de esquemas de links: compra e venda de links aprovados no PageRank ou criar páginas para cruzar URLs;
  • postar conteúdos copiados ou gerados automaticamente: colar trechos de textos já existentes na internet ou criados por meio de ferramentas para ranquear palavras-chaves;
  • fazer marcações de rich snippets em excesso: adicionar plug-ins que indicam que houve avaliação da página, sem que haja, de fato;
  • adicionar textos e links ocultos nas páginas: adicionar o conteúdo de forma que o usuário não possa ver, como atrás de imagens ou com o texto da mesma cor do fundo;
  • realizar técnicas de cloaking: camuflagem de conteúdo que mostra distintos resultados para os usuários que acessam a página;
  • entre outros.

Para mais detalhes, leia as Diretrizes para Webmasters por completo. Encontrou alguém que realiza Black Hat SEO? Então denuncie. Para saber mais sobre otimização de sites, continue acompanhando os posts da Agência Mestre!

 

O post O que é Black Hat SEO? – Na Prática Com Ricotta apareceu primeiro em Agência Mestre.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre O que é Black Hat SEO? – Na Prática Com Ricotta. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.