Ads Top

Pix parcelado ou garantido: é o fim do cartão de crédito?

Poucas novidades tiveram uma adesão tão rápida quanto o Pix no Brasil. Desde sua estreia no país, em outubro de 2020, mais de 100 milhões de brasileiros já aproveitaram a solução e fazem mais de 1,5 bilhão de transações por mês, segundo as estatísticas do Banco Central (BC).

O serviço superou rapidamente o número de transações em DOC e TED. Agora, uma nova função estudada pelo BC promete fazer frente também aos cartões de crédito. A solução recebeu o nome de Pix Garantido ou Pix Parcelado, mas ainda não tem previsão para seu lançamento oficial.

Mesmo assim, já existem opções de Pix parcelado no varejo brasileiro. Saiba, então, o que a funcionalidade representa para o mercado e o que ela muda no seu negócio.

Pix parcelado, novidade do Banco Central, promete fazer frente ao cartão de crédito no futuro. Mas ele já é uma realidade no Brasil.

Por que Pix garantido?

À primeira vista, chama a atenção o nome da novidade. Por que o Pix parcelado está sendo conhecido também como Pix garantido?

Assim como outras soluções em crédito direto para o consumidor (CDC), o Pix garantido permite parcelar compras em lojas até o limite estabelecido pela instituição financeira fornecedora do crédito para cada usuário. Isso poderá ou não envolver a cobrança de juros por parte da instituição, dependendo do número de parcelas, assim como acontece hoje com os cartões de crédito.

No entanto, diferentemente do cartão de crédito, se o consumidor que utilizou o Pix parcelado como meio de pagamento não tiver dinheiro em conta na data, a instituição financeira garante o valor ao lojista e aí sim passa a cobrar com juros o cliente. Daí o significado de Pix garantido, pois o serviço dá garantia de pagamento ao vendedor.

O Pix parcelado difere também do Pix agendado. Enquanto neste o usuário apenas escolhe a data em que deseja fazer a transferência, o parcelamento é intermediado por uma instituição financeira ou fintech que faz a análise de crédito e fica responsável pelas cobranças mensais.

Vantagens do Pix parcelado

Então, é o fim do cartão de crédito se o Pix parcelado é uma alternativa para parcelar compras?

Ainda é cedo para uma resposta definitiva. Afinal, só no primeiro trimestre de 2022, o valor transacionado em cartões de crédito no Brasil foi de R$ 478,5 bilhões, em um total de 4,3 bilhões de transações, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs).

Mas, considerando a rápida adesão ao Pix, a concorrência será forte. Como revela um estudo da Febraban, a aprovação do Pix no Brasil é de 85%.

De todo modo, o Pix parcelado ou Pix garantido traz vantagens tanto para vendedores quanto para clientes.

Possibilidade de reduzir taxas e juros

A maior concorrência nos meios de pagamento é boa para o consumidor porque força as instituições financeiras que operam cartões de crédito a reduzir os juros exorbitantes. Isto é, se desejarem manter o cartão como uma opção competitiva para parcelar compras.

Para o lojista, o Pix parcelado é uma ótima notícia porque oferece a garantia de receber o valor da compra, sem precisar arcar com as taxas do cartão de crédito.

Mais clientes atendidos pelo comércio

No Brasil, milhões de pessoas não podem comprar parcelado porque não têm cartão de crédito ou ainda não construíram uma boa avaliação nas instituições tradicionais. Mas empresas inovadoras do mercado financeiro agora oferecem soluções como o Pix parcelado ou o boleto parcelado, que trazem mais liberdade para o consumidor parcelar, sem risco para o vendedor.

Maior ticket médio e menor abandono de carrinho

O Pix garantido e o boleto parcelado compartilham essas duas vantagens para o lojista. A diversificação dos meios de pagamento pode, por exemplo, aumentar o ticket médio de 10% a 80% e elevar as conversões na loja virtual.

Como já oferecer o Pix parcelado na sua loja?

O parcelamento no Pix está disponível por meio das soluções BNPL, ou “compre agora, pague depois”, que incluem tanto o Pix parcelado quanto o boleto parcelado. Então, não é preciso esperar o lançamento oficial do Pix garantido pelo Banco Central para aproveitar as vantagens dessa opção de pagamento.

Entre as fintechs de BNPL no Brasil, já é possível parcelar compras em até 24 vezes com juros a partir de 1,99% ao mês ou em até cinco vezes sem juros. Ou seja, com condições muito mais flexíveis para o consumidor do que as do cartão de crédito.

Outra vantagem é que elas também garantem o pagamento pela compra ao lojista. Graças a um sistema avançado, digital e mais eficiente de análise de crédito, as soluções de BNPL podem absorver o risco de inadimplência.

Para oferecer o Pix parcelado ou noleto parcelado no e-commerce, basta integrar alguma das soluções disponíveis ao checkout da loja virtual. Na loja física, esse meio de pagamento é acessado em alguns modelos de máquinas de cartão.

Então, com o lançamento do Pix garantido de fato, a tendência é de que o parcelamento no Pix torne-se cada vez mais procurado pelos brasileiros. Por isso, o varejo precisa estar preparado desde já para essa transformação nos pagamentos.

Leia também: Compre agora, pague depois: varejo ganha com crediário digital

O post Pix parcelado ou garantido: é o fim do cartão de crédito? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Pix parcelado ou garantido: é o fim do cartão de crédito?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.