Ads Top

Como escolher o melhor hub de integração para o seu negócio

Para escolher um hub de integração, é preciso analisar cada ponto dessas ferramentas.

Ser bem sucedido nas vendas online é o sonho de todo empreendedor. Afinal, sites e aplicativos de comércio eletrônico somaram 26,1 bilhões de acessos entre maio de 2021 a maio de 2022, de acordo com relatório da Conversion.

Porém, o sonho pode se transformar em pesadelo se a entrada no e-commerce não ocorrer de forma estratégica e com boas ferramentas para ajudá-lo.

Somente trabalho duro não vence esforços inteligentes. Atualmente, é preciso utilizar a tecnologia para viabilizar as inúmeras tarefas que os marketplaces demandam.

Contar apenas com força humana – com isso, quero dizer os processos manuais – por mais bem intencionada e capacitada que ela seja, é trabalhoso, custa mais e demanda tempo.

Esse último é um fator fundamental para o sucesso de um e-commerce. Ferramentas como hubs darão mais tempo ao vendedor para colocar seus esforços para desenvolver estratégias.

Com um hub de integração, você vai diminuir as tarefas operacionais, ser mais rápido e minimizar os erros – de precificação a expedição.

Porém, é preciso considerar suas funcionalidades para avaliar qual o melhor hub de integração para seu e-commerce. Continue sua leitura para entender melhor o que é essa ferramenta e os pontos necessários para fazer a escolha para sua loja.

Mas o que é um hub de integração?

Hub de integração, de maneira geral, é uma plataforma que permite gerenciar seus produtos e anúncios em múltiplos marketplaces por meio de uma única tela. Além disso, nele concentram-se recursos como: controle de estoque, relatórios financeiros, criação de kits etc.

A proposta é automatizar parte do trabalho que seria manual ao lojista com o foco em potencializar as vendas do seller nos marketplaces com os quais o hub tem parceria. Isso é diferente de um ERP, que possui funções mais generalistas para a gestão de um negócio.

No entanto, os melhores hubs de marketplace vão bem além do básico. Eles são facilitadores do trabalho, com tecnologias que reduzem erros comuns e dão mais agilidade para as tarefas sem fim de quem está nos maiores e-commerces brasileiros.

Usar um hub de integração é, também, um passo essencial para profissionalizar as vendas digitais. Para aproveitar essa ferramenta ao máximo, é preciso escolher o melhor hub para a realidade da sua marca.

O que avaliar para escolher o melhor hub para seu negócio

É preciso analisar, primeiramente, essas características em cada hub do mercado.

A tradução de hub é “eixo central”. A palavra é bem escolhida, já que concentra, se você fizer uma boa escolha, boa parte do controle das suas vendas em marketplaces em uma única plataforma.

Um hub adequado para seu negócio faz a diferença em seus resultados e esforços para alcançar as metas.

Por isso, é preciso avaliar pontos-chave quando for analisar as opções disponíveis no mercado:

Marketplaces: com quais você conseguirá se integrar

Disponibilizar seus produtos em múltiplos marketplaces é premissa básica de um hub de integração. Dessa forma, quando for contratar a ferramenta, faça antes uma lista de quais são os e-commerces mais estratégicos para sua marca estar. Veja se eles estão na lista de integrações do hub.

Uma dica extra: alguns hubs recebem selo pelo bom desempenho em determinados sites de comércio eletrônico. É um sinal da boa qualidade da ferramenta. Assim, se o hub tiver todas as lojas da sua lista e ainda com a classificação atribuída pelo e-commerce, registre essa informação.

O hub possui suporte adequado?

Se você está prestes a contratar um hub de e-commerce, de nada adianta sua opção ter features completas e não oferecer suporte. Afinal, todos podem ter problemas, principalmente até aprender a utilizar a ferramenta. Porém, lembre-se de que nem o hub mais famoso do mercado está blindado de falhas.

Não é necessário ter a ferramenta para ser possível saber se o suporte é bom quando precisar acioná-lo. Há sinais pela internet que mostram se você e sua equipe receberão auxílio.

A primeira delas é verificar quais os canais de atendimento, seções de perguntas frequentes e material de orientação em blogs, em textos e vídeos. Através desses conteúdos, você conseguirá ir até certo ponto para resolver as questões que surgirem no dia a dia sozinho.

Também verifique se há atendimento por telefone, e-mail e chat. É importante que o hub ofereça suporte humanizado. As automações, nas quais um robô dá suporte, possuem limitações e não são suficientes para resolver todos os nossos problemas.

Possui fácil usabilidade?

Sistemas intuitivos significam menos tempo para instruir os seus colaboradores. Se o empreendedor escolher quem irá usar o hub, a facilidade de uso também é uma grande vantagem. Dessa forma, não será preciso tanto suporte e recorrer aos manuais.

Sua rotina fica muito mais fluida e o tempo vai parecer se multiplicar para tarefas mais estratégicas.

Mas pode ocorrer a pergunta: como saber se é fácil lidar com o hub de integração antes de contratá-lo?

Veja as demonstrações da ferramenta e depoimentos de quem já usou. Se possível, pergunte a outros empreendedores como foi a experiência com os hubs, veja resenhas no YouTube e testes gratuitos que algumas marcas oferecem.

Ao bater o olho e conseguir se imaginar usando a plataforma, sem dificuldades e sem tanto auxílio do suporte do hub de integração, é um sinal de que a usabilidade é boa. A sua adaptação à ferramenta e da equipe será mais fácil, sua operação tende a ficar mais rápida e produtiva.

Quais funcionalidades o hub oferece?

Os recursos de um hub de integração vão definir o quanto você conseguirá automatizar sua operação. Mais importante do que quantidade de ferramentas é entender se elas se encaixam no seu contexto.

Porém, de forma geral, os hubs mais completos possuem mais funções. Desde resolver gargalos como logística, cálculo de preço de acordo com o custo de cada marketplace até conseguir gerenciar diversos CNPJs, acompanhamento dos pedidos, emissão de notas fiscais, entre outros.

Essas funcionalidades não são comuns em todos os hubs, mas não dá para negar o quanto facilitam o trabalho de quem vende nos maiores e-commerces do país. Melhor do que isso, melhoram a experiência do seu cliente final, já que diminuiem erros, agilizam a entrega e demonstram profissionalismo.

Pense no custo-benefício para sua loja

Em uma empresa, é preciso considerar seus custos e orçamentos para um crescimento sustentável. Só que, no momento de avaliar qual ferramenta é a mais em conta, não é o preço mais baixo que definirá o real valor do hub para e-commerce.

Afinal, se a ferramenta é a mais barata, mas não traz funções que vão significar aumento da produtividade e benefícios para o cliente, ela pode custar mais do que uma plataforma com mais funcionalidades.

Por conta disso, avaliar seu investimento e o quanto determinado hub irá auxiliar nos seus processos, desde economia de mão-de-obra e tempo até sua integração com marketplaces, é fundamental para saber se realmente haverá custo-benefício.

Funções indispensáveis em um hub integrador

Os seguintes recursos são essenciais para um hub de integração que se destaca.

A seguir, estão recursos que são essenciais para um hub de integração, mas nem todas essas funcionalidades estão presentes em todas essas ferramentas do mercado, e é necessário fazer uma pesquisa e uma avaliação para encontrar qual melhor supre as necessidades de seu e-commerce.

Criação de anúncios e kits

Uma boa ferramenta de integração considera, de forma eficaz, as minúcias de cada marketplace. Dessa forma, você consegue criar os anúncios com mais rapidez, eficácia e os subir em uma única tela, sem ter a necessidade de fazer manualmente em cada plataforma.

Além de cadastrar os produtos com as devidas descrições, é um diferencial montar kits por meio do hub. É uma estratégia simples, porém eficaz, para aumentar seu ticket médio.

Controle de estoque real

Mostrar a disponibilidade de produtos é indispensável para o empreendedor e o cliente. Através de um hub, você poderá fazer a gestão de seu estoque de maneira muito mais prática e automatizada, e saberá quando houver inclusão e exclusão de seus produtos nos múltiplos marketplaces em que sua loja está inserida.

Através da automatização disponível em hubs, você poderá criar novas estratégias relacionadas a seu estoque, como a curva ABC, e ter mais oportunidades para não deixar produtos parados.

Emissão de NFs e etiquetas

Busque por hubs que otimizem seu tempo para vincular as etiquetas dos marketplaces às notas fiscais de forma automatizada. Assim, não será necessário perder tempo para ficar casando esses dois itens.

Há hubs no mercado que realizam esse processo com seu serviço de automatização e, caso haja mais de uma loja, isso é realizado de acordo com o CNPJ que o lojista possui.

Expedição automatizada

Ter uma expedição rápida e eficiente é uma dificuldade recorrente para muitos vendedores. Afinal, os marketplaces cobram bastante que seus parceiros façam entregas no prazo para manter uma reputação alta.

Com um bom hub de integração, através de todos os recursos de controle de estoque e emitir notas fiscais, o lojista poderá ter uma expedição mais assertiva e acompanhar a movimentação de seus pedidos, estando eles em andamento, concluídos ou cancelados.

Cálculo personalizado para cada marketplace

Cada marketplace possui taxas de comissões diferentes, o que pode alterar o faturamento do seller se ele não adaptar seus preços para cada plataforma em que sua loja está.

No mercado, há hubs de integração onde é possível colocar a margem de lucro desejada, e a própria ferramenta calcula o preço ideal para determinado marketplace ao pensar em sua taxa. Porém, normalmente, esse recurso é opcional, e o lojista pode desabilitar. Contudo, é uma forma mais simples e assertiva de manter sua lucratividade.

Profissionalize vendas online para crescer de forma organizada

Hubs para e-commerce são um investimento essencial para quem deseja estar ao lado dos grandes sellers brasileiros. São fundamentais para evoluir de forma organizada, com uma estrutura forte e lucrativa.

Ao ter adquirido um hub, o lojista terá mais tempo para se concentrar na estratégia do seu negócio. Afinal, um dos mais importantes benefícios de tais ferramentas é trazer automatização para o empreendedor e diminuir a realização de tarefas manuais.

Investir em tecnologia é o futuro para que os negócios cresçam e possam dar mais satisfação a seus consumidores. Portanto, é importante buscar ferramentas como hubs de integração e automatização que possam proporcionar uma melhor gestão para um e-commerce.

Por fim, através deste artigo, espero ter fornecido informações para que a escolha de um hub de integração seja feita da melhor maneira para simplificar e agilizar os processos de um e-commerce nos múltiplos marketplaces do mercado.

Leia também: Hub Magis5 possui novas integrações com os marketplaces Leroy Merlin e Wish

O post Como escolher o melhor hub de integração para o seu negócio apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como escolher o melhor hub de integração para o seu negócio. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.