Ads Top

Google Discover para e-commerce: como gerar mais tráfego para sua loja virtual

Toda oportunidade de gerar tráfego orgânico é valiosa. SEO e redes sociais já ajudam a atrair visitantes orgânicos, que depois podem se tornar clientes. Mas você também pode usar outra ferramenta interessante para isso: o Google Discover para e-commerce.

O Discover do Google funciona como um feed de conteúdos e notícias personalizado para cada usuário. Diferentemente do que acontece no buscador, não é o usuário quem pesquisa por informações – é o sistema que recomenda conteúdos ao usuário, de acordo com seus dados de busca e navegação.

A seguir, vamos entender melhor como funciona essa ferramenta e como você pode otimizar o Google Discover para atrair mais tráfego e resultados no seu e-commerce. Acompanhe agora!

Entenda como funciona essa ferramenta e como você pode otimizar o Google Discover para atrair mais tráfego e resultados no seu e-commerce.

O que é Google Discover?

Google Discover é uma ferramenta gratuita do Google que oferece um feed personalizado de conteúdos, notícias, vídeos e publicações da web com base nos interesses e comportamentos de cada usuário.

Para fazer essas recomendações, o Google Discover utiliza sua grande base de dados sobre os usuários, que demonstram os seus interesses na web. A ferramenta pode utilizar os seguintes dados para personalizar o feed de conteúdos:

  • Informações sobre pesquisas e outras atividades nos sites, apps e serviços do Google;
  • Informações sobre navegação e outras atividades em sites, apps e dispositivos que usam os serviços do Google;
  • Gravações de áudio em interações com a Pesquisa Google, o Assistente e o Maps.

Como usar o Google Discover?

O Google Discover pode ser acessado apenas em dispositivos móveis. Você pode encontrá-lo de diferentes formas:

  • No Google App (baixe nas lojas de aplicativos Google Play ou App Store);
  • Pelo navegador de smartphones e tablets (google.com.br);
  • Deslizando para a direita na tela inicial (apenas para alguns dispositivos).

Ao acessar o Google Discover, você vai ver um feed de conteúdos, que pode ser explorado deslizando a tela para baixo.

Cada conteúdo é apresentado em forma de card, com o título da página, uma breve descrição e quando foi publicado, além de botões de interação. Alguns desses cards são orgânicos, outros são pagos (por meio de campanhas no Google Ads).

Além disso, o feed traz algumas publicações em forma de Web Stories. São cards de tela inteira, em formato vertical, com os quais você interage assim como nos stories do Instagram.

Como vamos ver, essa é uma das principais ferramentas que a sua loja virtual pode usar para aumentar o tráfego orgânico pelo Google Discover.

O Google Discover é personalizado automaticamente com base nos dados de pesquisa e navegação. Mas cada usuário pode ajudar a ferramenta a melhorar suas recomendações.

Você pode curtir os cards, dizer que não tem interesse naquele assunto ou ainda clicar em “Gerenciar interesses” para definir em mais detalhes o que você deseja ver.

Os usuários também podem definir se permitem que o Google rastreie suas atividades de pesquisa, navegação e gravações de áudio.

Para isso, devem ir até os controles de atividade da sua conta no Google e ativar ou desativar o rastreamento da “Atividade na Web e de apps”.

Para que serve o Discover do Google?

Para os usuários, o Google Discover serve para explorar novos conteúdos úteis e relevantes que sejam do seu interesse.

Assim, como propõe a palavra “discover”, a ferramenta ajuda a descobrir novos conteúdos interessantes, sem precisar ir atrás deles na web. Trata-se de uma mudança de perspectiva do Google, que se consagrou com o mecanismo de busca, onde as pessoas vão atrás de informações – mas, no caso do Discover, é a informação que chega até elas.

Já para as marcas, o Discover do Google é uma oportunidade valiosa de aumentar a visibilidade do site e gerar mais tráfego orgânico. É mais um espaço de mídia do marketing digital que elas podem conquistar, se entregarem conteúdos de qualidade ao seu público.

Além disso, o Discover é uma forma de criar uma relação mais próxima com o público. Se as pessoas visualizam seus conteúdos no feed, clicam e gostam deles, o site aparece cada vez mais para elas.

Assim, você estreita o relacionamento com esses usuários e se mantém sempre na lembrança deles.

Como otimizar o Google Discover para e-commerce?

Otimizar as páginas do e-commerce para o Google Discover significa otimizar para o usuário. Não há tags ou dados estruturados que você possa inserir para aumentar as chances de aparecer nessa ferramenta. O que você deve fazer é criar páginas e conteúdos relevantes para o seu público.

Afinal, o Google escolhe quais páginas aparecem no feed de acordo com a sua relevância para os usuários. Então, vamos ver algumas dicas para aumentar as chances de aparecer nessa ferramenta:

Atenda às políticas de conteúdo do Google

O primeiro passo para aparecer no Discover é atender às políticas de conteúdo da ferramenta. Elas seguem as políticas da Pesquisa do Google, como a proibição de conteúdos perigosos, práticas enganosas e incitação ao ódio.

Além disso, algumas políticas específicas do Discover devem ser seguidas, como deixar clara a data da publicação, nome dos autores, identificação da empresa responsável pelo conteúdo, além da divulgação clara de conteúdos patrocinados. Conheça todas as políticas de conteúdo do Discover.

Ainda assim, qualificar-se para aparecer no Discover não é uma garantia de exibição no feed, ok? Isso depende de inúmeros fatores de avaliação automática do sistema.

Otimize as páginas com SEO

O Google continua com o mesmo propósito: oferecer a melhor experiência para o usuário. Por isso, os conteúdos que aparecem no Google Discover são aqueles que oferecem uma boa experiência de leitura e navegação para os usuários.

Então, você não precisa fazer nada de diferente do que já faz nas suas estratégias de SEO para e-commerce. Se você otimizar as páginas para o buscador, também vai otimizar para o Discover.

Dê atenção especial à otimização dos títulos e metadescrições, que são essenciais para indexar a página no Google e atrair o clique do usuário.

Mescle conteúdos recentes e evergreen

O feed de conteúdos do Discover é atualizado constantemente, à medida que novas publicações surgem na web e são indexadas pelo Google.

Por isso, é importante ter sempre novos conteúdos no blog do e-commerce. Aproveite lançamentos de produtos para fazer reviews ou traga notícias do seu setor, por exemplo.

Porém, o feed também traz conteúdos antigos que sejam relevantes para o usuário, geralmente com a etiqueta “Caso você não tenha visto”.

Esses conteúdos evergreen (ou seja, que nunca envelhecem) também devem estar no seu planejamento para o blog. Eles podem incluir guias de compras e comparativos de modelos, por exemplo.

Utilize imagens de alta qualidade

Uma recomendação importante do Google para aumentar suas chances de exibição no Discover é utilizar imagens atraentes e de alta qualidade.

Em um e-commerce, isso já é uma boa prática, já que você quer que os clientes conheçam bem os seus produtos. Então, use essa prática também a fim de otimizar suas páginas de produto para o Discover. A orientação do Google é usar imagens com pelo menos 1200 px de largura e ativar a configuração max-image-preview:large.

Web Stories: aproveite o principal recurso do Google Discover

A principal dica de otimização do Google Discover para e-commerce é aproveitar um dos seus recursos mais poderosos: Web Stories. São conteúdos rápidos, divididos em uma sequência de cards, que podem trazer conteúdos atrativos, informativos e educativos.

Trata-se de uma experiência de conteúdo diferenciada, com base no modelo de publicação que o Snapchat lançou e o Instagram consagrou. Nesse formato, você consegue captar a atenção dos usuários e encantar a audiência, já que foge do modelo tradicional de publicação da web.

Para explorar os Web Stories, a dica é trazer alguns conteúdos como estes:

  • Publicações que estão tendo boa performance no blog;
  • Conteúdos em formato de dicas e listas;
  • Sugestões de compras para datas sazonais, como Dia das Mães, Black Friday etc.;

Como a proposta é criar um conteúdo de rápido consumo, extraia as informações mais interessantes, condense o texto com uma linguagem objetiva e ofereça o link da página para quem quiser saber mais. Transformar o conteúdo em storytelling também é uma forma de encantar e envolver a sua audiência.

Além disso, capriche no design: Web Stories pedem um layout atraente, com cores harmoniosas e contrastes que facilitem a leitura.

Você pode usar textos, imagens, vídeos e animações para tornar os stories mais dinâmicos. Assim, encante os usuários não apenas com o conteúdo, mas também com o visual.

Depois de criar as publicações, saiba como ativar os Web Stories no Google. Assim, eles podem aparecer no Discover, mas também na Pesquisa do Google e nas Imagens do Google.

Então, gostou das dicas de Google Discover para e-commerce? Para saber se elas vão fazer efeito, fique de olho nos relatórios do Discover no Google Search Console, que mostram os números de cliques e impressões.

O Google Discover para e-commerce ainda guarda um grande potencial para os sites, que podem aumentar seu tráfego orgânico se souberem usar seus recursos.

Não é possível garantir que as suas páginas apareçam no feed de conteúdos, mas dá para aumentar as chances de que isso aconteça. Então, aplique as dicas que demos e acompanhe seus resultados.

Leia também: Discovery Design: a próxima geração da experiência do usuário no e-commerce

 

O post Google Discover para e-commerce: como gerar mais tráfego para sua loja virtual apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Google Discover para e-commerce: como gerar mais tráfego para sua loja virtual. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.