Ads Top

Dropshipping: como facilitar as comissões?

Iniciar um negócio próprio não é tarefa fácil. Afinal, a iniciativa requer dedicação, planejamento e, principalmente, investimento financeiro. Não é diferente para quem pretende empreender através de um comércio virtual. Evidentemente que há as particularidades da modalidade, mas o empenho deve ser o mesmo.

Entretanto, algumas etapas podem ser facilitadas e, entre elas, está a do capital necessário para iniciar o negócio.

Uma forma de começar – e escalar com velocidade – é lucrar sendo o intermediário de vendas, sem possuir estoque próprio ou estrutura de logística. Estamos falando do comissionamento para dropshipping.

Conheça o dropshipping, estrutura de vendas que paga a loja virtual por comissionamento, eliminando responsabilidades com logística e estoque.

Você sabe o que é dropshipping?

Trata-se de uma modalidade na qual a loja virtual efetua a venda, mas não possui estoque próprio ou estrutura de logística. Isso é feito através dos fornecedores atacadistas.

Dessa forma, o comércio virtual é o intermediário, responsável por atrair o consumidor e efetuar a venda em sua plataforma. A partir do pagamento efetuado, quem segue o processo é a empresa parceira, que é proprietária do estoque e responsável pela logística de entrega.

Para o consumidor, nada muda. Aliás, ele nem precisa ser comunicado que a entrega do produto é feita por uma parceira. Para ele, toda a transação e a comunicação são realizadas na plataforma do próprio comércio virtual. Inclusive, é a loja a responsável pelo pós-venda e por qualquer empecilho que possa vir a ocorrer.

Comissionamento para dropshipping

Nessa modalidade, o e-commerce é a referência da venda para o consumidor, que lucra através de um mecanismo conhecido como comissionamento para dropshipping.

Funciona assim: a loja virtual identifica e negocia os principais fornecedores para o seu negócio. A partir daí, os produtos são disponibilizados na loja. Ao efetuar uma venda, o split de pagamentos do e-commerce retém a comissão e transfere o restante do pagamento para o fornecedor. Depois, cabe ao parceiro separar e fazer a entrega do produto.

Não existe um valor fixo de comissionamento para dropshipping. Tudo vai depender do acordo entre as partes. Mas é importante para a loja virtual compreender que não se trata apenas de um lucro “fácil”. Isso porque é esse o dinheiro que o comércio deverá utilizar para investir em tecnologia e divulgação para atrair consumidores.

Vantagens do dropshipping

  • Possibilita abertura de uma loja virtual com baixo investimento;
  • Permite ampliar a cobertura geográfica e, assim, atrair mais consumidores;
  • Garante que a loja virtual tenha um bom mix de produtos;
  • Reduz os custos operacionais, eliminando a necessidade de manter estrutura de galpão para estoque e preocupação com logística.

Principais desvantagens do dropshipping

  • O comissionamento para dropshipping tende a ser baixo (necessidade de volume de vendas para para ganhar mais);
  • A loja virtual pode ter a reputação prejudicada se a logística não funcionar de forma adequada;
  • Existe dificuldade em reduzir preço e se diferenciar da concorrência.

Split de pagamentos para organizar o e-commerce

Organização é a palavra de ordem. Através da venda na modalidade dropshipping, o investidor elimina a responsabilidade de algumas etapas do processo. Entretanto, isso vai exigir dele direcionar o foco para outras etapas.

Dissemos anteriormente que, para escalar com dropshipping, é necessário ter um grande volume de vendas. Para isso, é importante que a estrutura da loja virtual esteja tecnicamente adequada.

Investir em anúncios e melhorar o ranqueamento do e-commerce – em busca de tráfego orgânico – também é essencial, assim como possuir um bom split de pagamentos, que possa ser integrado para que a transferência ao fornecedor, e todo o controle financeiro, seja feita de forma rápida e correta.

No caso do pagamento por cartão, por exemplo, há o percentual retido pela operadora. Além disso, há os tributos, o valor a ser pago ao parceiro de dropshipping e, finalmente, o comissionamento da loja.

O split de pagamentos auxilia nessa organização, criando contas mestres e subcontas para esses pagamentos. Tudo de forma digital e eletrônica, impossibilitando erros humanos.

Invista em satisfação do cliente

Também é fundamental que os processos de venda e pós-venda tenham um acompanhamento dinâmico para identificar a satisfação do cliente e estar pronto para resolver qualquer problema.

Essa preocupação é fundamental para escalar em volume, muito necessário na modalidade dropshipping. Isso porque o lucro do comércio virtual virá do volume de vendas. E quanto mais, melhor. Afinal, não será um problema do e-commerce investir em logística e estoque para atendimento à demanda.

E você, qual a sua experiência com comissionamento para dropshipping? Ainda não vende nessa modalidade e está em busca de informações? E sobre o split de pagamentos, quais são suas principais dúvidas? Vamos conversar!

Leia também: Prós e contras na adoção do dropshipping

O post Dropshipping: como facilitar as comissões? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Dropshipping: como facilitar as comissões?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.