Ads Top

Conheça pontos-chave para alcançar a maturidade do seu e-commerce

Não é novidade que a transformação digital virou uma questão de sobrevivência para as empresas. Afinal de contas, como usamos tecnologias para praticamente tudo na nossa vida, faz total sentido que os negócios também incorporem ferramentas tecnológicas nos processos, não é mesmo? Essa digitalização faz parte do processo para atingir maturidade no e-commerce.

A maturidade digital nada mais é do que o estágio em que a empresa se encontra em termos de tecnologia e análise de dados. São quatro etapas: nascentes, emergentes, conectadas e multimomento. O auge do e-commerce é o multimomento, e alcançar esse patamar é fundamental para ter sucesso de vendas e faturamento.

Você quer saber sobre maturidade no e-commerce e como começar esse processo na sua empresa? Conheça algumas dicas para subir de nível.

Você tem curiosidade para saber sobre maturidade no e-commerce e como começar esse processo na sua empresa? A seguir, vamos dar algumas dicas para subir de nível. Confira!

Coloque o cliente no centro da estratégia

É fato que a transformação digital otimiza processos operacionais e torna a rotina da empresa mais ágil. No entanto, não podemos esquecer a razão de existir de qualquer negócio: o cliente.

É legal enxergar os produtos ou serviços da marca como instrumentos para alcançar um objetivo maior: atender às necessidades do consumidor. Após entender isso, você consegue entregar soluções mais alinhadas às expectativas do comprador, sabe? O aumento nas vendas e no faturamento são consequências.

O consumidor não gosta de ser tratado como um número de vendas, mas sim como um indivíduo único cheio de desejos e necessidades personalizadas. Veja só alguns dados de uma pesquisa feita pela Salesforce que reforçam a importância da filosofia customer centric:

88% dos consumidores afirmam que as experiências são tão importantes quanto a qualidade dos produtos ou serviços;

  • 73% esperam que as empresas entendam suas necessidades pessoais e expectativas;
  • 62% valorizam companhias que antecipam suas necessidades;
  • 62% compram mais de marcas que tenham uma conexão emocional;
  • 48% trocaram de marca no último ano por outra com um melhor serviço de atendimento ao cliente.

Faça parcerias de sucesso

Pensa bem: o consumidor não reclama com a transportadora caso a encomenda chegue atrasado, não é mesmo? Se faltarem peças no pedido ou receber itens com defeitos, o cliente não vai buscar soluções diretamente com o seu fornecedor, certo? Se vir uma propaganda enganosa nas redes sociais, ele não vai entrar em contato com a agência de marketing para exigir o cumprimento da oferta, concorda?

Pois bem, como você pode perceber, as parcerias impactam diretamente na experiência do cliente. O pior é que os prejuízos na imagem sempre caem nas costas do e-commerce. Sendo assim, cuidado na hora de escolher fornecedores, transportadoras, influenciadores digitais para representar a marca, serviços de marketing, empresas de tecnologia e por aí vai.

Conte com o apoio de profissionais qualificados

Um negócio é feito por pessoas e para pessoas, contar com profissionais qualificados e comprometidos com os resultados do negócio, portanto, é fundamental para alcançar a maturidade no e-commerce.

Os profissionais de TI, big data e analytics ganham destaque nesse contexto porque são os principais responsáveis pela digitalização da empresa. Mesmo assim, é necessário envolver todo o time para promover garantir o sucesso da estratégia.

Equipe financeira, administrativa, operacional, marketing, atendimento e todos os setores precisam comprar a ideia, e trabalhar para avançar em termos de maturidade.

E mesmo que você conte com o suporte de pessoas experientes, os treinamentos constantes ainda são necessários. Todos os profissionais precisam se atualizar constantemente para adquirir novas habilidades e competências, em especial em ambientes em processo de transformação digital.

A capacitação das lideranças é outro ponto importante. Afinal de contas, os gestores são responsáveis por estruturar times, delegar tarefas e fazer acompanhamento de desempenho.

Pense na cultura organizacional

Imagine uma empresa com cultura organizacional rígida, que não admite erros, com processos ultrapassados e que não valoriza o potencial de seus funcionários. Dificilmente os colaboradores conseguiriam evoluir em um ambiente assim, concorda?

Pois bem, para permitir o crescimento, é fundamental que a empresa tenha uma cultura de inovação e dê espaço para os funcionários usarem a criatividade. Tentar, errar, aprender, tentar de novo e acertar faz parte desse processo.

Use dados para melhorar a qualidade dos serviços

Uma das maiores riquezas extraídas da digitalização são os dados. Com eles, é possível entender melhor o comportamento do consumidor e identificar tendências.

E não adianta nada ter essas informações em mãos se elas não forem usadas em prol da organização, não é mesmo?

Para definir os canais de vendas e atendimento ideais, por exemplo, é legal entender quais são as preferências do consumidor. Dessa forma, você estabelece uma comunicação nos canais que o consumidor mais usa e com uma abordagem adequada. Isso faz toda a diferença na experiência e, por consequência, nos resultados do negócio.

Mais: para garantir uma riqueza ainda maior de dados, vale integrar os canais de comunicação com uma boa estratégia omnichannel. Dessa forma, é possível centralizar as informações para nortear os processos de decisão da empresa.

Sendo assim, aproveite os dados para gerar insights e implementar melhorias na empresa.

Isso vale para definição de mix de produtos, formas de pagamento, canais de atendimento, precificação, políticas de entregas e por aí vai. Lembre-se de adequar as ações à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), combinado?

Mensure os resultados

Não dá para saber se o e-commerce atingiu maturidade digital com base em achismos. Para ter certeza de que as ações estão no caminho certo – ou não -, é fundamental mensurar os resultados. Portanto, comece a estratégia com um mapeamento de presença digital para entender em que estágio a sua empresa está.

Além do mais, vale medir o impacto das táticas de maneira geral e individualizada. Se você vende no Facebook, Instagram, marketplace, loja física, entre outros canais, por exemplo, é importante ter os resultados específicos para entender o peso que cada um deles tem na estratégia.

Por fim, para atingir maturidade no e-commerce, é necessário estruturar o negócio corretamente para garantir competitividade digital. Esse trabalho inclui tecnologias em todas as estratégias da empresa, como planejamento, precificação, gestão financeira, marketing e por aí vai. Mas olha: atingir o topo não significa que o trabalho acabou, viu? Empresas maduras vivem em busca de inovações e investem na melhoria contínua.

Leia também: Quatro tendências no e-commerce americano para ficar de olho

O post Conheça pontos-chave para alcançar a maturidade do seu e-commerce apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Conheça pontos-chave para alcançar a maturidade do seu e-commerce. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.