Ads Top

Venda indireta: entenda a relevância para o e-commerce

A venda indireta é um modelo de negócio que proporciona conexão entre os elos da cadeia do e-commerce, como marcas, distribuidores atacadistas e varejistas, de maneira saudável e sustentável.

As mudanças de comportamento potencializadas pela Covid-19 transformaram o comportamento de compra dos consumidores em geral, inclusive no ecossistema B2B, que teve que acelerar e melhorar a sua participação nas plataformas digitais, especialmente no e-commerce. De acordo uma pesquisa realizada pela McKinsey em 2020, 90% dos tomadores de decisão B2B esperam que o modelo remoto e digital permaneça no longo prazo. E de acordo com uma pesquisa realizada pela Gartner, a previsão é de que, até 2025, 80% das interações de vendas B2B entre fornecedores e compradores irão acontecer por meio de canais digitais.

Mesmo com tantas transformações e demanda, ainda há empresas que não estão presentes no e-commerce por inúmeros motivos. Entretanto, com diversos modelos de negócios e soluções ofertadas no mercado, podem ter seus produtos sendo vendidos para seus consumidores por meio de intermediários.

Nesse contexto, a otimização de processos de ponta a ponta é crucial quando o assunto é venda indireta.

Se interessou pelo tema? Então, entenda melhor o que é e quais as vantagens da venda indireta.

Entenda o que é e quais as vantagens da venda indireta.

O que é venda indireta?

A venda indireta é um modelo de negócio que possibilita às marcas, por meio de seus catálogos digitais, se conectarem a outras empresas para venderem seus itens, terem estoque e fazerem a distribuição de produtos.

Essa modalidade de venda acontece tanto no varejo quanto no atacado. A venda indireta no varejo está ligada aos consumidores finais que compram produtos em uma loja online que não são daquela marca. Já no atacado, a venda indireta está ligada aos lojistas, que compram itens em escala e revendem para os consumidores finais. Em ambos os casos, há sempre um intermediário.

Conheça as vantagens da venda indireta

Aplicadas em um contexto cada vez mais digital e integrado, as informações e os detalhes de produtos podem e devem estar à disposição de atacadistas, varejistas e marcas.

Dados levantados pelo E-commerce Quality Index apontam que 96% dos e-commerces brasileiros não oferecem uma boa experiência de compra. Por isso, investir na catalogação de produtos e focar nas necessidades do cliente podem fazer toda a diferença. Na venda indireta, as vantagens ficam evidentes. Confira abaixo em detalhes.

Benefícios das vendas indiretas para marcas e distribuidores

  • Reputação: manter a credibilidade da imagem da marca por meio de um único catálogo digital que organiza e centraliza todas as informações.
  • Múltiplos vendedores: conecte seus produtos a uma rede de profissionais que pode potencializar as vendas dos seus produtos.
  • Rastreio de produtos em tempo real: implemente as melhores práticas na logística, com estratégias de dropshipping e pickups.
  • Relatórios de vendas: negócios inteligentes online e offline para crescimento saudável de toda a rede comercial.
  • Experiência de compra positiva: proporcione uma jornada de compra memorável e simplificada a seus usuários.

Benefícios das vendas indiretas para varejistas

  • Acelerar a entrada no e-commerce: facilite as atividades operacionais necessárias para vender de forma online.
  • Eficiência operacional: otimize tempo e processos com a utilização de catálogos de produtos validados pela marca.
  • Desenvolvimento de estratégias de vendas: por meio de soluções em parceria com fornecedores (dropshipping e/ou pickup points).
  • Participar de estratégias da comercialização online de fornecedores em lojas oficiais.

Uma estratégia de venda indireta permite que marcas, distribuidores e vendedores minoritários trabalhem em conjunto para crescer dentro do e-commerce, gerando diversas oportunidades para cada membro da cadeia comercial. A base de toda estratégia é a criação de um catálogo digital que garante informações atualizadas, padronizadas, preços alinhados, proporcionando ao cliente uma excelente experiência e percepção sobre os produtos da marca, ainda que não sejam vendidos em um canal proprietário.

A utilização de catálogos digitais é crucial para que esse modelo de negócio seja aplicado e tenha sucesso. Com boas projeções de crescimento do e-commerce e mudança do comportamento dos consumidores, é preciso analisar sobre como o seu negócio pode se adaptar para atender melhor os clientes e para você potencializar as suas vendas. Bons negócios!

Leia também: Economia de plataforma alavanca vendas online e reduz a burocracia

O post Venda indireta: entenda a relevância para o e-commerce apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Venda indireta: entenda a relevância para o e-commerce. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.