Ads Top

Live commerce: a tendência promissora das vendas online

Considerada uma das estratégias mais promissoras para o e-commerce, o live streaming se uniu ao comércio eletrônico para dar início ao que chamamos de live commerce, uma modalidade que, como o próprio nome já diz, promove e alavanca as vendas “ao vivo”.

Essa prática começou a ganhar força na China, sendo que entre 2019 e 2020 apresentou um crescimento de 210% e movimentou aproximadamente $157 bilhões apenas no ano passado.

Saiba mais sobre o live commerce, tendência promissora de vendas online que ganhou força na China e devido à pandemia.

De acordo com Renata Thiébaut, COO da Green Proposition do Alibaba Global Inniciatives, estima-se que 90% dos chineses compram online, e essa reinvenção das vendas online rapidamente se expandiu para outras marcas ao redor do mundo, que estão buscando novas maneiras de chegar até o consumidor e, sobretudo, engajá-lo e posteriormente fidelizá-lo.

Como funciona o live commerce?

Sejam jogos digitais, shows ou simplesmente momentos da rotina, o live streaming é uma prática bastante comum nos dias de hoje. Essas transmissões em tempo real online se popularizaram e alcançaram os mais variados nichos de mercado, incluindo o comércio.

O live commerce surgiu a partir disso e ganhou amplitude durante a pandemia. Porém, na verdade, trata-se de uma releitura do que os canais de vendas como Polishop faziam na televisão – conhecidos como home shopping -, só que de uma forma mais moderna.

Embora tenha uma estrutura similar, o live commerce distingue-se por três pontos:

  • Os programas são ao vivo (no home shopping, poderiam ser gravados);
  • Acontecem em plataformas que, obviamente, demandam Internet;
  • Basta clicar no link do produto para ser direcionado para o e-commerce.

Nesse caso, a grande vantagem do live commerce é a interação que as marcas têm com os consumidores, pois possibilita que vendedor e cliente tenham maior proximidade, resultando em um maior engajamento e, consequentemente, em maior conversão na hora da venda.

Gatilhos mentais como escassez e urgência, autoridade no mercado e parceria com influenciadores e/ou blogueiros são táticas utilizadas que dão um verdadeiro “buzz” no marketing em volta dos produtos anunciados e são grandes diferenciais para a conversão.

Por que investir no live commerce?

Mais do que ser uma forma de se aproximar dos clientes e ter um papel fundamental para a conversão, o live commerce oferece outros benefícios para o seu negócio. Sendo eles:

  • Promove interatividade com os consumidores;
  • Apresenta os produtos de maneira prática;
  • Auxilia na captação de leads.

Vantajoso para marcas, lojas e consumidores

Um levantamento realizado pela Wyzowl, empresa de estatísticas de marketing de vídeo, apresentou informações interessantes sobre o impacto do live commerce em todo o ecossistema do e-commerce, mostrando-se uma estratégia realmente eficaz e muito valiosa:

  • 96% dos usuários assistem a vídeos de explicação para entender melhor sobre um produto e/ou serviço;
  • 84% se sentem convencidos a comprar um produto depois assistir a um vídeo da marca;
  • 66% preferem se informar sobre um produto e/ou serviço por meio de vídeo.

Ou seja, a estratégia do live commerce não é vantajosa somente para as marcas e lojas, mas também para os consumidores, que têm suas perguntas respondidas com mais facilidade.

Além disso, apostar no live streaming e-commerce também é uma forma de estimular os usuários a ficarem mais tempo na página, o que pode gerar aumento do ticket médio da compra, assim como ajuda a atrair novos consumidores através de conteúdo valioso.

Os desafios do live commerce

Embora seja aparentemente fácil, produzir um live streaming demanda certos desafios às marcas, além de representar – dependendo de qual for o caso – um investimento alto.

Desafios técnicos, por exemplo, são os mais relevantes porque envolvem diversas tecnologias, bem como exigem uma equipe de profissionais qualificados para prepará-las, o que, por consequência, pode significar um investimento elevado.

Além disso, é importante estar atento se o e-commerce está preparado para receber o alto fluxo de clientes do live commerce. Também é preciso manter os produtos sempre em estoque, para não correr o risco de perder vendas devido à indisponibilidade de estoque.

Ainda assim, mesmo com esses desafios e considerando todas as vantagens apresentadas ao longo deste texto, o live commerce vem sendo uma tática promissora para alavancar vendas.

Leia também: Como o live commerce pode melhorar a experiência do cliente?

 

O post Live commerce: a tendência promissora das vendas online apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Live commerce: a tendência promissora das vendas online. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.