Ads Top

Dia dos Namorados 2022: é hora de diversificar as estratégias

Existem boas razões para que o varejo invista nas comemorações do Dia dos Namorados. Apesar do cenário econômico pouco favorável – inflação, juros altos e instabilidade política -, a expectativa é de que o público aproveite a melhora significativa em relação à pandemia para retomar as celebrações.

Vale o registro de que o retorno às atividades presenciais gera aumento de demanda em setores que historicamente vendem bem nessa data, como moda e acessórios.

Outro fator a ser considerado é que as datas comemorativas representam um estímulo importante para esse período de maior controle dos gastos.

A expectativa para o Dia dos Namorados deste ano é de que o público aproveite a melhora em relação à pandemia para retomar as celebrações.

Os “cortes” acabam acontecendo no dia a dia, mas reserva-se algum valor para marcar a celebração. E, após o período de restrições vivido em 2020 e 2021, por conta da pandemia, tem pesado esse sentimento de que é importante “celebrar a vida”.

Esse aspecto foi um dos que apareceram nas pesquisas relacionadas às comemorações do Dia das Mães.

Como as estratégias podem ser diversificadas?

Estratégias adequadas de precificação dos produtos para as datas comemorativas são importantes, principalmente neste momento de retração econômica.

Contudo, para ter sucesso num segmento de concorrência mais acirrada, é fundamental que as marcas invistam mais no planejamento das iniciativas.

Temos falado muito sobre a experiência do cliente e a importância do uso dos dados para tornar as ofertas mais assertivas, mas nem sempre isso é considerado na organização da loja para as datas comemorativas.

Quem parte dessa premissa tem a chance de desenvolver ações mais atrativas, até porque levará em conta também as mudanças de comportamento do público.

Talvez o exemplo mais emblemático disso seja o da China. As vendas realizadas no “Dia do Solteiro” têm alcançado números surpreendentes.

Instituída como um protesto contra o Dia dos Namorados, a data transformou-se no maior evento de vendas online em um único dia do mundo: em 2018, o faturamento foi de US$ 40 bilhões e, em 2021, o evento movimentou na China US$ 56 bilhões em vendas.

Para se ter ideia, isso já representa o dobro das vendas da Black Friday e da Cyber Monday juntas, dias nos quais os comércios americanos lançam as suas maiores ofertas.

Por que estamos falando sobre solteirice no Dia dos Namorados? Porque é importante que as marcas considerem as especificidades do seu público e, assim, consigam ter estratégias mais adequadas.

Se a empresa detecta que, entre o seu público, há oportunidade para trabalhar outros tipos de apelo, por que não inovar nas campanhas?

A MindMiners realizou uma pesquisa, nas vésperas do Dia dos Namorados em 2021, e constatou que, entre os entrevistados, 37% dos respondentes estavam solteiros.

Com tanta propaganda na mídia sobre a comemoração, essas pessoas podem ser persuadidas com outro tipo de apelo, valorizando, por exemplo, o amor próprio.

Esse é o tema do Dia do Solteiro chinês, que é comemorado em 11 de novembro e que tem como proposta justamente essa ideia de que as pessoas podem se presentear nesse período.

Dia dos Namorados 2022: que tal ir além dos descontos?

Além de tentar envolver outros tipos de públicos, incluindo os que estão fora das celebrações, é importante que as lojas pensem nos resultados que podem ser obtidos no longo prazo.

Como estamos nos referindo a um período de aumento de tráfego nos sites, não deixe de fazer os testes necessários na plataforma para evitar problemas com o cliente. Datas comemorativas devem ser usadas não apenas para vendas imediatas, mas sim para aumentar a base de consumidores da marca.

Refletindo sobre a importância desse trabalho, lembre-se de que os dados captados durante a liquidação podem (e devem) ser empregados para o pós-venda.

As ações de retenção e fidelização são consideradas prioritárias para as lojas, até porque é a partir da recompra que a empresa conseguirá reduzir o CAC – Custo de Aquisição de Clientes – e atuar para aumentar o Life Time Value.

Como devem ser as vendas no Dia dos Namorados em 2022?

A análise da movimentação das vendas no Dia dos Namorados deve levar em conta a importância conquistada pelo e-commerce.

Em 2021, o crescimento das vendas do comércio físico chegou a 13,7% no comparativo com 2020. Foi um aumento acima do registrado no Dia das Mães (6%), mas representou apenas uma recuperação parcial do faturamento de 2019, antes da pandemia.

Como aconteceu durante todo o período de isolamento social, o e-commerce conseguiu resultados bem superiores aos registrados no varejo físico, contribuindo para a movimentação das lojas.

Para se ter ideia, o Dia dos Namorados de 2020 apresentou o maior crescimento dentre as datas sazonais, com 91% de crescimento em faturamento, segundo os dados da Webshoppers.

De acordo com relatório elaborado pela Neotrust, o varejo digital faturou R$ 6,5 bilhões entre 28 de maio e 11 de junho de 2021, em função do Dia dos Namorados, alta de 3,24% em relação a 2020.

E os brasileiros gastaram mais: com o valor de R$ 464,28, o tíquete médio teve aumento de 15,3%.

As expectativas em relação ao aumento das vendas em 2022 também são baseadas nos resultados que têm sido obtidos pelo comércio eletrônico, mesmo após o fim das medidas de restrição.

Em março, por exemplo, o e-commerce brasileiro teve um crescimento de 11,3%, segundo os números do Relatório Setores do E-commerce do Brasil, da Conversion.

O levantamento, resultado da análise da movimentação dos 500 maiores sites do Brasil, ainda mostrou que foram mais de 1,68 bilhão de visitas no período, totalizando 20,60 bilhões de visitas nos últimos 12 meses.

Observando a movimentação dos últimos anos, então, devem se destacar as categorias de Moda e Acessórios, Farmácia e Saúde, Beleza e Bebidas. Elas representaram a maior parte das vendas em 2021, de acordo com a pesquisa realizada pela All In e Social Miner.

Tomando como base esse mesmo estudo, a tendência é de que as pesquisas sobre os presentes que serão adquiridos se concentrem nos sites e nas próprias lojas.

Como vimos, há boas razões para se investir em estratégias específicas para o Dia dos Namorados, aproveitando melhor a movimentação em torno da data.

Dependendo da categoria, é possível arriscar apelos diferenciados, pensando, por exemplo, no público que não namora e nem tem muito interesse na data.

O mais importante, independentemente do tom que será adotado nas campanhas, é concentrar-se nas estratégias de longo prazo, aproveitando a oportunidade para captar dados e estabelecer o relacionamento entre a marca e o público.

Leia também: Cinco dicas para vender mais nas datas do e-commerce em 2022 

O post Dia dos Namorados 2022: é hora de diversificar as estratégias apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Dia dos Namorados 2022: é hora de diversificar as estratégias. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.