Ads Top

Raio-X financeiro do consumidor: como seu e-commerce pode converter mais

No momento das compras, geralmente os consumidores têm à disposição diferentes formas de pagamento. Atualmente, grande parte dos brasileiros realiza compras a prazo e em parcelas, com ou sem juros. Uma pesquisa nacional feita pelo SPC Brasil investigou que 79% dos brasileiros que realizam compras em geral costumam utilizar essa forma de pagamento. O levantamento também revelou que o número médio de parcelas é definido pela quantidade máxima que o lojista permite sem a taxa de juros.

Pensando na relevância do assunto, decidimos destacar qual o perfil de consumidor que mais compra e paga parcelado atualmente no país.

O parcelamento é, sem dúvidas, uma das principais particularidades presentes no hábito de compra dos brasileiros. Ao contrário de outros países, o Brasil conta com uma grande quantidade de vendas à prazo, representando mais da metade das operações do varejo nacional. A cultura do parcelamento no Brasil é intensa e agrega muito ao perfil dos compradores brasileiros, espalhando-se nos últimos anos entre a preferência dos consumidores. Esse modelo de vendas parceladas já é bastante conhecido entre os brasileiros e ganhou relevância também entre os lojistas.

O “comprar agora e pagar depois” ganhou mais força depois do início da crise da Covid-19, com a imposição do isolamento social e outras medidas de restrição. Para não abandonar os hábitos de compras, muitos consumidores recorreram ao pagamento parcelado para adquirir produtos e serviços. Sem dúvidas, o perfil que mais predomina hoje no país é o do parcelamento sem juros através de cartão de crédito.

A pesquisa revelou que a população dá prioridade por compras parceladas na aquisição de bens mais caros, como eletrônicos, veículos e móveis. A opção permite que os consumidores consigam comprar o produto em seu preço total, que agora passa a ser viável para a sua realidade financeira. Esse cenário aponta que é importante que os lojistas se esforcem para oferecer formas de pagamento a prazo, sem comprometer a sua sobrevivência e se expor a riscos desnecessários. Conhecer o comportamento financeiro dos clientes é essencial para proporcionar um atendimento de qualidade e concretizar as vendas, sem expor a lucratividade do empreendimento.

Como grande parte da população tem preferência pelo pagamento por parcelamento, adquirir o produto ou serviço e pagar por meio de parcelas é fundamental que as empresas se adaptem diante desse contexto. O parcelamento é amplamente difundido no varejo tradicional e no online, representando uma alternativa interessante para aumentar os índices de conversão. O primeiro passo deve ser o de adotar diferentes modalidades de pagamento para atrair a maior quantidade de perfis de consumidores.

As opções de pagamento eletrônico também podem ajudar a melhorar o fluxo de caixa, já que eliminam custos, atrasos e riscos. É muito importante que os clientes tenham várias formas de pagamento disponíveis para ter mais comodidade e chances de compra. Até porque, no Brasil, o uso de dinheiro em espécie vem apresentando uma considerável queda. Para se adaptar diante do mercado, é essencial diversificar as formas de pagamento e optar pelas alternativas que simplificam os seus recebimentos.

Com o avanço da tecnologia e as mudanças no perfil do consumidor, a tendência é que as formas de pagamento evoluam cada vez mais na direção da transformação digital. Hoje, já é possível pagar por meio de QR Code ou por cartões de aproximação, por exemplo.

Os pagamentos digitais (feitos de forma online) são métodos tecnológicos que têm sido a escolha de grande parte dos brasileiros. A vantagem dessa forma de pagamento envolve a segurança e a facilidade na hora de finalizar uma compra. Ao abandonar os processos ineficientes, as empresas podem encurtar o ciclo de venda, aumentar a receita e reduzir suas despesas gerais. Ofertar opções diversificadas, portanto, é a melhor estratégia para continuar crescendo.

Assim, quanto mais meios de pagamento a empresa fornecer, maiores são as chances de obter diferenciação e melhor é a experiência dos clientes. Essa também é uma maneira de alavancar as vendas, independentemente do seu modelo de negócio e segmento no mercado.

Conheça as modalidades de pagamento mais aceitas e acessíveis atualmente

Veja a seguir quais são as modalidades de pagamento mais aceitas e acessíveis atualmente!

Boleto parcelado

O boleto parcelado é uma forma de comprar agora e pagar depois ou, como também chamado, BNPL (Buy Now, Pay Later). Esse meio de pagamento permite que os consumidores tenham acesso ao produto antes mesmo do seu pagamento total, com acesso ao crédito.

É uma opção eletrônica que otimiza o pagamento e as cobranças. É uma modalidade oferecida por algumas organizações financeiras como uma operação de pagamento a prazo, que envolve um custo adicional no valor total da compra.

Hoje, o cenário para disponibilização do boleto parcelado é propício, pois, segundo pesquisas do Instituto Locomotiva, Serasa, SmartHint e NuvemShop, mais de 10% da população brasileira não possuem cartão de crédito e aproximadamente 34 milhões de brasileiros são desbancarizados. O boleto parcelado surge como mais um meio de pagamento para o aumento de vendas e poder de compra. O parcelamento pode ou não envolver uma taxa de juros que aumenta o valor total a ser pago. Por isso, é importante analisar os custos da operação para decidir se realmente vale a pena a integração.

Pagamentos via Pix

Os pagamentos via Pix foram aprovados em 2020 pelo Banco Central e já representam uma boa parcela da preferência dos consumidores brasileiros. Para utilizá-lo, basta criar uma chave por meio do aplicativo do banco. Direto do celular, o cliente realiza pagamentos em segundos, e o dinheiro é transferido instantaneamente para a conta da loja.

A vantagem do sistema Pix é a velocidade dos pagamentos. Com isso, as empresas têm a oportunidade de alavancar a competitividade e a eficiência, além de ter um custo bem baixo nas transações. Isso porque o Pix é 100% gratuito para pessoas físicas e oferece tarifas menores para empreendimentos.

Cartão de crédito

Um dos meios mais utilizados no Brasil ainda é o cartão de crédito. Muitos clientes utilizam o cartão para parcelar suas compras, tanto itens de alto quanto de baixo custo. A desvantagem é que a opção acaba saindo mais cara para os negócios à medida que a quantidade de parcelas aumenta.

Mas, ainda que o pagamento com cartão de crédito saia mais caro, é fundamental atender às necessidades dos consumidores. Por isso, às vezes compensa ter alguns custos extras com a maquininha se isso ajuda a aumentar as vendas e a melhorar a experiência dos clientes. Para um empreendimento, optar por modalidades de pagamento eletrônicos é muito mais vantajoso, já que as alternativas auxiliam nas vendas, no faturamento e a reduzir a burocracia. Atender ao atual comportamento de compra também é fundamental para ter mais sucesso e se destacar entre a concorrência.

Leia também: Taxa de aprovação de pagamentos: você deve conhecer, mas cuida desse indicador no seu negócio?

O post Raio-X financeiro do consumidor: como seu e-commerce pode converter mais apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Raio-X financeiro do consumidor: como seu e-commerce pode converter mais. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.