Ads Top

Quais requisitos devem ser avaliados ao contratar um profissional de SEO?

Sabe aquele clique dado na primeira página do Google ao encontrar algo relevante para você? É consequência de um conjunto de processos e de pessoas que tornam as buscas mais otimizadas, criando experiências mais rápidas e objetivas.

Essa atividade se chama SEO, e sua sigla significa Search Engine Optimization. Definindo de forma simplificada, é um conjunto de boas práticas realizadas para otimizar e posicionar sites de forma orgânica.

Com um crescimento no e-commerce brasileiro de 27% no último ano, a procura de estratégias eficientes aumentou. Dentre elas, o SEO. E, para uma demanda tão grande em serviços, são necessários profissionais qualificados.

Neste conteúdo, candidatos e contratantes ficarão por dentro dos critérios para seleção de um profissional SEO, quais são as diversas áreas de atuação dentro do campo, como deve ser o perfil de um profissional de SEO e de quais maneiras ele pode revolucionar a empresa em que atua! Confira!

Contratar ou ser contratado?

O título deste artigo pode ter te deixado confuso a respeito do que vai encontrar durante a leitura. Se você veio em busca de dicas para o momento de contratar um profissional de SEO, tenho o que você precisa. E se você veio em busca de dicas de qualificação? Também!

Afinal, contratantes e candidatos estão inseridos num mesmo ecossistema. É natural e saudável para o mercado que estejam alinhados sobre o funcionamento da área.

Como funciona a remuneração de um profissional de SEO?

Há algumas preocupações compartilhadas entre contratantes e candidatos, como preço do serviço e expectativas sobre a atuação na área. Para começar, vamos tratar delas!

Trabalho de qualidade requer reconhecimento e tem um valor significativo. Por isso, como recrutador, é importante ter em conta uma faixa salarial que não seja abaixo do valor de mercado para que condiga com o que você espera na entrega.

Um profissional com expertise com certeza já depositou muito tempo e energia em formações, outros trabalhos e tem seus gastos internos com ferramentas e formações extracurriculares.

Já para quem quer ser contratado, é importante analisar que tipos de expectativas o contratante tem para que você possa estabelecer um preço. Uma dica tanto para você quanto para profissionais de qualquer outra profissão é: sempre agregue valor ao seu trabalho – preferencialmente de forma prática – para que você possa ter a autoridade de cobrar um valor proporcional a ele, sempre sendo muito justo e ético.

Alinhar as expectativas e definir o que você precisa podem ser o ultimato para a tomada de decisão. E um especialista pode te ajudar a descobrir quando é o momento certo de investir em SEO.

O que analisar no momento da contratação?

Quando for o momento de escolher o responsável pelo manejo do SEO em seu e-commerce, leve em conta o know how e as qualificações como prioridade – e, claro, um perfil que se encaixe aos valores da empresa. A soma desses três principais fatores resultam em uma pessoa compatível com a empresa e que é capaz de gerir uma equipe voltada para o SEO estrategicamente.

Know How

A experiência é algo de suma importância, e conter uma bagagem com recursos que possam auxiliar no momento de aplicar o SEO também.

Se você ainda não é um profissional experiente, hoje é possível se qualificar através de cursos e formações para inserir-se nesse mercado inovador com maior desenvoltura.

Com o isolamento social, o home office e a incerteza financeira, boa parte da população buscou um segundo emprego ou diretamente uma transição de carreira, recorrendo ao mundo digital. Se a quarta revolução industrial chegou mais rápido do que se esperava, foi por conta dessa soma de fatores.

Aos contratantes, vale avaliar as experiências profissionais anteriores do candidato e, se possível, buscar indicações de figuras relevantes da área.

Qualificação

Geralmente, os profissionais do meio são graduados e/ou têm um vasto conhecimento em comunicação, publicidade, marketing digital e áreas afins. É muito importante ter habilidades de escrita e consciência de princípios da comunicação para a realização de conteúdos relevantes e de interesse do usuário.

Mas isso não quer dizer que um engenheiro de produção ou uma pessoa da área da saúde não possa emergir no mundo do SEO. Basta uma maior disposição! O SEO é um campo profissional repleto de ferramentas para aprender.

Quais são as diferentes especialidades dentro do SEO?

São muitas pessoas inseridas no meio. Para explicar de forma didática, dividi alguns processos importantes baseados nos três pilares do SEO: SEO On Page, SEO Off Page, UX.

On Page

Todos os processos que acontecem dentro da página.

  • SEO de conteúdo

Os responsáveis do conteúdo devem sempre estar ligados à empresa, até porque precisam trabalhar de forma estratégica para atingir seu público através de palavras-chave, pautas atualizadas, aplicação de links internos e atribuições alt – pensando na acessibilidade de todos.

É essencial criar uma comunicação singular e uma persona certeira na hora de escrever blogposts, textos de categoria, títulos e descriptions, mudando o tom de voz se necessário, para que o usuário seja atraído já na SERP!

  • SEO técnico

Mas de nada adianta ter um conteúdo impecável sem otimização na estrutura do site. Ela se deve a fatores como arquitetura de URLs, gerenciamento na velocidade de carregamento da página, rastreio, otimização de imagens e vídeos, e um design responsivo.

Off Page

Quão importante é para você a reputação do seu e-commerce?

No SEO, há uma setorização de profissionais que se encarregam de alavancar a construção de sua autoridade: os Link Builders têm a função essencial de conseguir links externos de qualidade que possibilitam o aumento de autoridade para sua página. O trâmite de criar e manter uma boa relação com a imprensa e os parceiros é realizado por eles. Além disso, todas as estratégias de linkagem externa, guestposts e sugestões de pautas são de sua função.

UX

O usuário é a maior prioridade do Google, e ele não pensará duas vezes em colocar sua página na décima página da SERP se você não estiver suprindo suas necessidades. Por isso, quando o SEO On e Off entram em sinergia, só há pontos positivos na navegação do user – e isso resulta no posicionamento do seu site!

Qual o perfil adequado para um profissional de SEO?

O SEO conecta à sua solução e ao seu produto com as pesquisas que as pessoas estão fazendo hoje! Por isso, a inovação, a criatividade e a responsabilidade devem ser a base de todo o projeto que será realizado para o seu site – e, claro, devem estar presentes no perfil de quem trabalha na área.

Inovação e criatividade, porque um conteúdo que agrega valor e relevância só é produzido por quem tem experiência e liberdade criativa para entender de forma humanizada a intenção dos usuários, deixando de pensar apenas nos bots que o Google possui.

Com o posicionamento de sua empresa, elas se tornam destaque e, consequentemente, obtêm uma reputação. Por isso, é responsabilidade dos profissionais ou agência de SEO protegê-las.

Levando tudo isso em conta, um profissional de SEO deve ser:

  • Criativo;
  • Responsável;
  • Inovador;
  • Atualizado;
  • Apaixonado por aprender coisas novas.

Skills que um profissional de SEO deve desenvolver

Não há uma necessidade de certificação para dar o seu start, mas da mesma forma que o Google se remodela a cada instante, o mercado e o SEO também. É uma constante mutação e quem deve se adequar a elas são os profissionais para suprir as necessidades do usuário!

É importante ser prático e objetivo no momento de adentrar ao mundo do SEO. São muitas funções e skills que podem ser observadas, dentre elas:

  • Pesquisa e utilização de palavras-chave;
  • Possuir um vocabulário vasto;
  • Domínio de gramática e terminologias do SEO;
  • Ser bem informado, afinal, no SEO de conteúdo é preciso saber discorrer sobre qualquer assunto proposto;
  • Criar copies atrativos para títulos e descrições;
  • Ser capaz de redigir em outros idiomas é um diferencial para sites ou mercado multilíngue;
  • Conhecimento acerca de princípio de uma leitura escaneável;
  • Capacidade de usar ferramentas para analisar métricas e sites;
  • Possuir domínio ou mero conhecimento em hospedagem; redirecionamentos, páginas de erro, uso do JavaScript, códigos HTML, sitemap, atualizações do Google e outros.

Hoje, não é novidade para ninguém que quem domina outros idiomas se destaca, mas para o SEO é especificamente interessante, pois seu vocabulário está repleto de termos em inglês.

É importante, ainda, lembrar que o verdadeiro profissional se alimenta constantemente do SEO e busca novos conhecimentos periodicamente.

Lembrando que muitas empresas já realizam essa formação de novos profissionais e estão dispostas à contratação, pensando minuciosamente na criação de uma equipe qualificada em Search Engine Optimization.

Uma revolução cultural

A introdução de um profissional de SEO na empresa pode trazer uma visão projetada do objetivo do seu e-commerce, seja ele vendas, autoridade ou posicionamento.

Com essa inquirição, o profissional sabe exatamente quando e o que aplicar para atingir os resultados almejados.

Além de todas as contribuições, ele pode levar a cultura do SEO para toda a empresa, de forma que, como unidade, todos possam fazer sua parte na conversão de novos clientes.

Leia também: A importância de integrar estratégias de SEO e conteúdo

 

O post Quais requisitos devem ser avaliados ao contratar um profissional de SEO? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Quais requisitos devem ser avaliados ao contratar um profissional de SEO?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.