Ads Top

4 cuidados na entrega de encomendas nos marketplaces

Para quem não conhece, o marketplace funciona como um shopping virtual, onde vendedores (sellers) comercializam artigos de diferentes segmentos em um único lugar. E essas plataformas vêm ganhando destaque nos últimos anos. Enquanto os shopping centers brasileiros vivem um período de desaceleração nas vendas, um estudo revelou que 90% dos consumidores nacionais preferem comprar via marketplaces.

Mas, apesar de ser um canal de vendas promissor e com bastante aceitação dos consumidores, abrir uma loja nessas plataformas requer alguns cuidados. Afinal, atrasos na entrega de encomendas é um dos principais motivos que geram punições nos marketplaces. Por isso, confira 4 cuidados que você precisa tomar para evitar atrasos, penalizações e garantir uma boa experiência de compra para os seus clientes.

1 – Respeite os prazos de entrega de produtos

Para quem não sabe como funciona o frete nos marketplaces é bom ficar atento. Na maioria das vezes, quem paga pelo frete e fica responsável por despachar o produto é o vendedor. Portanto, ao realizar a entrega de encomendas via marketplaces é primordial respeitar os prazos de envio.

As plataformas costumam penalizar e diminuir a visibilidade de vendedores que atrasam as entregas ou que prestam um atendimento ruim, podendo causar, em casos extremos, até o cancelamento da conta.

Por isso, preste muita atenção ao prazo de expedição definido pelo marketplace para não atrasar a postagem da encomenda. Outra dica é monitorar o recebimento de pedidos e ter rotinas de picking (separar) e packing (embalar) bem definidas. Isso agiliza bastante o envio.

Já quem opera via fulfillment ou utiliza sistemas de distribuição cross docking deve considerar também os prazos de expedição dos centros de distribuição na hora de criar o anúncio.

2 – Tome cuidado ao escolher a transportadora

Os grandes marketplaces possuem serviços de entrega de encomendas de encomendas internos. Mas, para utilizar tais serviços, os vendedores precisam cumprir uma série de requisitos. Sem contar que, se o produto comercializado for incompatível com as regras de envio do marketplace, o vendedor precisa recorrer a um meio de transporte externo para fazer a entrega.

Nestes casos, a melhor solução é recorrer às plataformas de intermediação de fretes. Dessa maneira, o lojista consegue trabalhar com diferentes transportadoras e modalidades de frete e não corre o risco de deixar o cliente na mão na hora de entregar o produto.

3 – Embale o produto corretamente

A embalagem é um item essencial para prevenir avarias e perdas durante o transporte. Por isso, é muito importante escolher embalagens capazes de proteger o produto. Assim você evita gastos com logística reversa e garante a satisfação do cliente ao receber o pedido.

Para mercadorias que já possuem uma embalagem original, como é o caso de tênis, celulares, eletrodomésticos, entre outros, a recomendação é manter a embalagem do fabricante, mas colocá-la dentro de outra caixa. Isso garante mais proteção e evita que o conteúdo sofra possíveis danos durante o envio.

Sempre que possível, dê preferência às caixas de papelão, pois elas tendem a proteger mais o produto. A dica é optar por modelos tradicionais (quadrados ou retangulares), já que as transportadoras podem cobrar uma taxa extra para embalagens de formatos especiais como prisma, cilindro e etc.

Lembre-se de preencher os espaços internos da embalagem e o produto em si com plástico bolha, isopor, almofadas de ar, papel ou materiais sustentáveis. No caso de itens frágeis, sinalize essa informação na parte externa do pacote. Isso faz com que os transportadores tenham mais cuidado com o manuseio da encomenda.

Outra dica valiosa é utilizar as embalagens como um diferencial do seu negócio. Com tantos lojistas vendendo nos marketplaces, às vezes, fica difícil se destacar da concorrência. Nesse sentido, vale adotar estratégias de unboxing experience para encantar o cliente e criar uma experiência de compra única.

Você consegue fazer isso trabalhando com embalagens personalizadas, incluindo brindes, cupons de desconto ou até um bilhete de agradecimento dentro do pacote, por exemplo. A ideia é surpreender o cliente ao desembrulhar a caixa e motivá-lo a continuar comprando na sua loja. E claro, cuidar para que o produto chegue até o destinatário sem avarias também faz parte da experiência unboxing.

4 – Monitore a entrega de encomendas nas vendas via marketplace

Quando o consumidor entra em alguma plataforma de marketplace, ele se depara com milhares de anúncios. Em meio a tantas ofertas, a tendência é que os visitantes escolham vendedores que apresentam uma boa reputação.

Uma solução muito útil para manter as avaliações positivas é o rastreio de encomendas, pois permite que os clientes acompanhem o status do pedido e fiquem mais seguros de comprar na sua loja.

O rastreio também é muito importante para o vendedor, já que ele pode agir rapidamente e avisar o cliente caso aconteça algum imprevisto na entrega de produtos, evitando assim avaliações negativas.

Portanto, se o serviço de entrega do marketplace que você utiliza não possui rastreio de encomendas, recorra a transportadoras externas ou plataformas de intermediação de frete que ofereçam códigos de rastreio.

Você já aplica algum desses cuidados na entrega de produtos nos marketplaces? Conte para gente nos comentários!

O post 4 cuidados na entrega de encomendas nos marketplaces apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre 4 cuidados na entrega de encomendas nos marketplaces. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.