Ads Top

Tendência do voice commerce complementa a estratégia omnichannel

Desde 2020 estamos falando sobre o voice commerce e como ele se consolidou como tendência global para e-commerces. E a tendência, além de ser realidade, também é altamente demandada pelos usuários.

Uma pesquisa da Elastic Path, de 2020, mostrou que os consumidores esperavam, em um período de até 12 meses, que lojas virtuais investissem em compras por voz (57%), entrega no mesmo dia (75%) e ótima experiência de compra mobile (63%).

Em 2021, o voice commerce se mostrou cada vez mais presente e, em 2022, quem não se atualizar com a novidade, vai ficar para trás.

Isso porque a busca por voz é um grande facilitador na procura por produtos. Com aparelhos mobile mais modernos e tecnológicos, tudo que o consumidor puder fazer para poupar seu tempo e seus esforços ele faz. E é nisso que o voice commerce obtém seu grande sucesso.

A pesquisa do Elastic Path ainda mostra que as áreas mais beneficiadas com a busca por voz são:

  • Supermercado;
  • Beleza;
  • Saúde;
  • Livros;
  • Músicas;
  • Filmes;
  • Acessórios;
  • Roupas.

Desafios para melhorar o voice commerce

Mesmo consolidado como tendência, o voice commerce ainda tem alguns desafios a serem superados para que a cultura da busca por voz se dissemine.

Tecnologia

Também no ano de 2020, uma pesquisa da Forrester testou as habilidades comerciais dos assistentes de voz de grandes marcas, como Amazon, Apple, Microsoft e, claro, Google. Ela constatou que:

  • 65% dos assistentes de voz falharam ao responder às perguntas;
  • Em alguns casos redirecionaram o usuário para um navegador da internet;
  • Em outros casos, simplesmente não atenderam ao pedido.

Conteúdo

Quando se trata de conteúdo, é preciso se atentar a dois pontos para que o voice commerce seja melhor aproveitado. São eles:

  • Conteúdos e materiais educativos que mostrem como usar a busca por voz e como ela traz benefícios para a jornada de compra;
  • Conteúdos em e-commerces otimizados para SEO, a fim de que os produtos sejam facilmente encontrados por usuários quando eles se utilizarem do voice commerce.

Voice commerce como parte de um todo que só cresce

A busca por voz vem para acrescentar na experiência omnichannel dos consumidores, na qual eles têm inúmeros canais disponíveis e várias formas de fazer compras. Ou seja, traz cada vez mais facilidade para os usuários.

Assim que clientes se sentirem confortáveis em usar a busca por voz regularmente, não haverá caminho de volta. Dessa forma, o voice commerce se consolida mais e mais como uma parte integrada da convergência do virtual e físico no ramo do varejo.

No entanto, vale lembrar que de nada vale apenas uma estratégia afiada. É importante que a busca por voz esteja funcionando, mas também tudo que vem antes e depois. Para isso, conte com apoio em conteúdo, marketing e, principalmente, logística.

Para tudo ocorrer da melhor forma (e você se ocupar em melhorar a loja), é de grande valia ter um parceiro logístico. Neste caso, ele virá a somar ao voice commerce na estratégia omnichannel, oferecendo, por exemplo:

  • Ship From Store: estoque integrado;
  • Monitoramento em tempo real;
  • Coleta gratuita em todo território nacional;
  • Preços de frete competitivos;
  • Gestão de envio.

O post Tendência do voice commerce complementa a estratégia omnichannel apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Tendência do voice commerce complementa a estratégia omnichannel. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.