Ads Top

Planejamento estratégico 2022: prepare o seu e-commerce

É possível afirmar que o comércio eletrônico teve um crescimento acelerado nos últimos dois anos, impactando as empresas e os consumidores. Com isso em mente, decidi dedicar o último artigo de 2021 para te ajudar na elaboração do planejamento estratégico 2022.

Para fazer isso, vou abordar diversas pautas que prometem estar cada vez mais presentes no mercado digital, usando como base algumas das principais tendências do e-commerce para o ano que vem.

Por isso, acompanhe este conteúdo até o final e prepare-se para desenvolver o planejamento estratégico de 2022 ideal para sua loja virtual.

Planejamento estratégico 2022: como está o mercado atual?

Para poder compartilhar algumas dicas relacionadas ao planejamento estratégico 2022, é importante que você esteja a par da situação atual do mercado.

Por esse motivo, vamos analisar dados referentes a 2021 e apresentar algumas previsões sobre o potencial do comércio eletrônico para esse novo ano.

Segundo o estudo “Market Review: Tendências do E-commerce para 2022”, elaborado pela Retailtech Bornlogic, em parceria com a Opinion Box, o mercado online em 2021 apresentou:

  • Um aumento de 71% na frequência de compras realizadas em plataformas online;
  • 65% dos entrevistados afirmam que possuem o costume de buscar por produtos nas redes sociais;
  • 69% relatam que já compraram por meio de anúncios nessas plataformas.

É interessante notar que cerca de 84% dos consumidores pesquisam alguns produtos em lojas físicas e optam por finalizar a compra nas lojas virtuais. Isso mostra que as estratégias de omnichannel devem permanecer em alta.

O levantamento ainda aponta que quase metade dos entrevistados demonstraram interesse em continuar comprando online de maneira recorrente em 2022, estabelecendo um cenário extremamente promissor para o setor.

Quais serão as categorias de destaque?

Adentrando de vez no planejamento estratégico de 2022, chegou a hora de descobrir quais serão as categorias de maior destaque dos próximos meses.

Utilizando o mesmo estudo citado no tópico anterior, podemos concluir que os e-commerces de supermercado devem crescer ainda mais. No momento atual, cerca de 38% dos consumidores estão optando por comprar itens desse setor de maneira online.

Outro nicho de mercado que vai permanecer em alta é o setor de moda e acessórios. Ele vem de uma sequência de crescimento nos últimos 4 anos e foi impulsionado de maneira expressiva com a pandemia.

Também existem segmentos mais conhecidos, como, por exemplo, o de eletrônicos e eletrodomésticos, que já dominam o mercado atual e que, segundo as tendências do e-commerce, prometem conquistar cada vez mais espaço.

Planejamento estratégico 2022: 4 tendências do e-commerce para você ficar de olho

Estar por dentro das novidades do setor é uma tarefa imprescindível para que você possa elaborar um planejamento estratégico sólido.

Por esse motivo, vou compartilhar 4 das principais tendências do e-commerce para 2022. Dessa forma, você poderá manter a sua loja virtual alinhada com as estratégias mais recentes do mercado, conquistando excelentes resultados e destacando-se da concorrência.

E-commerce por comando de voz

Inteligências artificiais que permitem esse tipo de busca estão se tornando cada vez mais comuns no dia a dia do consumidor.

Muitos associam essa tecnologia de forma direta à Alexa, da Amazon. E é por isso que esse dispositivo tem o comando por voz como principal gadget.

No entanto, é preciso lembrar que diversos itens já contam com esse recurso.

Os smartphones com Android, por exemplo, possuem o assistente do Google. Em paralelo, os consumidores da Apple podem usufruir da Siri, IA que está disponível em diferentes produtos da marca.

Algumas tendências do e-commerce mostram que o voice commerce estará presente em cerca de 40% das transações online dos próximos 3 anos.

Por isso, se você deseja aproveitar essa tendência em seu planejamento estratégico 2022, comece a estudar algumas táticas para otimizar o seu SEO.

Além do mais, pesquisas por voz costumam ser feitas de uma forma mais natural. Com isso em mente, uma boa estratégia é investir nas palavras-chave de cauda longa.

Aplicativos próprios

Um estudo elaborado pela Smart Insights revelou que mais da metade dos acessos à internet são realizados por meio de dispositivos móveis.

Ainda no mesmo conceito, também é possível encontrar estatísticas que mostram que 90% desse tráfego é realizado por meio de aplicativos.

A partir disso, fica fácil entender porque a criação de aplicativos próprios é uma tendência do e-commerce bastante presente para 2022.

Com um app otimizado e desenvolvido de maneira inteligente, é possível centralizar diferentes demandas da sua loja virtual, contemplando compras, atendimento, novidades e divulgação dos novos produtos.

Pensando nisso, considere incluir a criação de um aplicativo próprio no seu planejamento estratégico de 2022.

Dessa forma, sua loja será capaz de oferecer uma experiência de compra mais dinâmica para o seu cliente, destacando-se da concorrência e, consequentemente, aumentando o faturamento.

Entrega imediata

Já foi comprovado que o tempo de entrega é um dos principais fatores que influenciam em uma decisão de compra pela internet.

Por isso, a entrega imediata se tornou uma das principais tendências do e-commerce atual, utilizando de uma logística inteligente para que o consumidor receba o seu produto, muitas vezes, no mesmo dia em que o adquiriu.

Para o seu planejamento estratégico de 2022, você pode, por exemplo, se inspirar em empresas como o Mercado Livre e a Amazon, que investiram em estratégias fulfillment e conquistaram ótimas soluções nesse formato.

Ou mesmo na Americanas, que por meio de um modelo omnichannel, se destaca por realizar entregas em até 3 horas.

Uma outra possibilidade viável é a de tentar oferecer ao cliente a opção de retirada no local, dispensando o valor do frete e aumentando as chances de conversão.

Metaverso

E para concluir este artigo sobre o planejamento estratégico 2022, acho necessário citar o tão comentado Metaverso.

Essa nova proposta é um dos produtos desenvolvidos pelo Meta, organização criada por Mark Zuckerberg, e que detém os direitos de redes sociais como Facebook, Instagram, WhatsApp, entre outros.

Com essa plataforma, você poderá utilizar a realidade virtual para oferecer uma experiência de usuário muito mais interativa.

Para o comércio eletrônico, essa inovação traz diferentes possibilidades. Já imaginou, por exemplo, poder criar um espaço virtual reservado para o seu e-commerce, com um ambiente totalmente personalizado, imersivo e semelhante a uma loja física? De acordo com as tendências, isso será totalmente possível!

E as primeiras movimentações desta tecnologia no mercado digital já estão acontecendo. Afinal, o grupo Carrefour, que também está em busca de acelerar seu processo de digitalização, já firmou uma parceria com o Meta.

Trata-se de um projeto que ainda está no início, e que deve levar um tempo até se tornar uma opção viável para os brasileiros.

Porém, é importante ficar atento às notícias relacionadas a essa plataforma, pois ela poderá impactar, de maneira direta, os próximos planejamentos estratégicos da sua empresa.

Planejamento estratégico 2022: comece agora mesmo!

Neste artigo, você pôde conferir diversas estatísticas e tendências relacionadas ao mundo do e-commerce para esse novo ano.

Lembre-se de considerar essas informações na hora de elaborar o planejamento estratégico 2022. Dessa forma, você poderá desfrutar dos melhores resultados para sua loja virtual.

Chegou até aqui? Então continue acompanhando as atualizações para conferir os próximos conteúdos. Feliz ano novo!

O post Planejamento estratégico 2022: prepare o seu e-commerce apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Planejamento estratégico 2022: prepare o seu e-commerce. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.