Ads Top

E-commerce de Turismo antes, durante a após a pandemia

Quando a pandemia da Covid-19 começou e quando, no início de 2020, iniciaram-se os períodos de quarentena nos estados de todo o Brasil, todo o setor de Turismo ficou absolutamente abalado.

Para você ter uma ideia, o número de voos domésticos que crescia de 1% a 2% entre os anos de 2017, 2018 e 2019, chegando a 97 milhões neste último ano, caiu para 45 milhões em 2020, de acordo com pesquisa da Decode citada pelo Aeroin. Isto é, de súbito houve um decréscimo de 54% nas viagens aéreas.

Felizmente, nove meses após o início da vacinação em massa no Brasil, o setor voltou a crescer. Agora, segundo a mesma pesquisa, 70% dos brasileiros decidiram que vão viajar assim que surgir a oportunidade. Isso, por sua vez, abre inúmeras portas em várias alas do e-commerce de Turismo, acompanhe!

E-commerce de Turismo durante a pandemia

A pandemia provocou várias mudanças no setor de Turismo nacional, em geral reduzindo o seu crescimento. Confira:

  • 3,1% de queda e diminuição de R$ 1,9 bilhão no faturamento nos primeiros seis meses de 2021 (Fecomercio-SP citada por Monitor Mercantil);
  • 62% da população não viajou durante o período pandêmico (Conversion);
  • 32% da população viajou menos durante a pandemia (Conversion);
  • 19% das pessoas sentem muito medo de viajar durante a pandemia (Conversion);
  • 16,2% de queda no faturamento do transporte aéreo no primeiro semestre de 2021 (Fecomercio-SP citada por Monitor Mercantil);
  • 57% de queda no volume total de voos domésticos e internacionais entre 2019 e 2020 (Decode citada pela Aeroin).

Essas mudanças afetaram a venda de passagens, hospedagens, pacotes turísticos, viagens e outras atividades relacionadas ao Turismo, bem como as lojas virtuais do setor. Mas com o início da vacinação em janeiro de 2021, as coisas começaram a mudar para melhor, como você poderá ler adiante.

E-commerce de Turismo após a vacinação

Já com a vacinação em curso em todo o território nacional, o Turismo voltou a crescer, observe os números:

  • 92% dos brasileiros pretendem viajar após a vacinação e fim da pandemia (Conversion);
  • 18,61% foi o aumento do tráfego na web relacionado a Turismo em julho de 2021 em relação ao mês anterior, sendo o setor de maior crescimento no período (Conversion);
  • 77,13 da população pretende viajar na mesma frequência ou mais do que viajavam antes da pandemia (Conversion);
  • 59,84% dos brasileiros pretendem viajar para o Nordeste após a pandemia ou após a vacinação (Conversion);
  • 67% dos brasileiros pretendem se hospedar em hotel em sua próxima viagem turística;
  • 14,39% dos turistas pretendem gastar mais na próxima viagem do que gastavam antes da pandemia, enquanto 50,92% dizem que gastarão o mesmo de sempre (Conversion);
  • 150% foi o crescimento do e-commerce de Turismo em julho de 2021 em comparação com julho de 2020 (Ministério do Turismo).

Vale ressaltar que o setor ainda não está no mesmo patamar de antes da pandemia, mas os resultados atuais já são bastante animadores. Agora, começam a surgir mais oportunidades no e-commerce para a venda de diferentes produtos e serviços relacionados ao Turismo. É hora de começar a religar os motores.

E-commerce de Turismo: oportunidade pós-pandemia

A vacinação acelera o fim da pandemia e com isso surgem várias oportunidades no e-commerce de Turismo. Agora, empreendedores podem avançar no setor criando lojas virtuais diversas a fim de oferecer serviços e produtos diversos.

Com o aumento da demanda turística é possível investir, por exemplo, em marketplaces e lojas online de venda de:

  • Passagens: aéreas, terrestres e aquáticas;
  • Viagens turísticas: passeios em diferentes localidades;
  • Experiências: atividades de aventura em geral;
  • Hospedagens: estadias em hotéis, hostels, pousadas, etc.;
  • Pacotes: conjunto de serviços que incluem passagens, hospedagem, etc.;
  • Produtos turísticos: comércio de suvenirs, brindes e outros itens.

O melhor a se fazer nesse momento, enfim, é começar a investir nesse mercado antes dos concorrentes. Geralmente, quem chega primeiro e consegue fidelizar o público permanece na liderança do mercado com o passar do tempo.

O post E-commerce de Turismo antes, durante a após a pandemia apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre E-commerce de Turismo antes, durante a após a pandemia. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.