Ads Top

6 dicas importantes para a venda no e-grocery

O setor de e-grocery é focado na venda de itens de supermercado e conveniência e não para de crescer no e-commerce. Só em 2020, a venda de alimentos e bebidas pela internet aumentou 339%, de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico — ABComm.

Acelerado pelas necessárias medidas de distanciamento social, o hábito de comprar itens de mercado, mercearia e conveniência online veio para ficar: o segmento foi o que mais cresceu no primeiro semestre de 2021, com um impulso de 52% apenas em setembro quando comparado ao mês anterior, como disse Marcelo Osanai, gerente comercial do Ebit|Nielsen, no Congresso Grocery & Drinks realizado pelo E-Commerce Brasil.

Na americanas.com, por exemplo, já há mais de 220 mil itens no sortimento e um crescimento expressivo. Só no segundo trimestre, a vertical de mercado cresceu 2,3x e foi responsável por 54% das vendas em toda a plataforma digital.

Dados de um mercado em plena expansão deixam claro que as oportunidades estão aí. Hoje, eu trouxe algumas dicas e pontos de atenção para você aproveitar todas elas apostando no segmento de e-grocery pela internet.

Foco na experiência

A experiência de compra online de alimentos e bebidas deve ser única e a mais próxima possível do tradicional analógico. As pessoas precisam sentir confiança, por isso, é de extrema necessidade que a compra seja feita de forma totalmente personalizada e minuciosa com os detalhes, para que a escolha de itens, principalmente os frescos, seja feita do mesmo jeitinho que o próprio consumidor faria.

Todo o cuidado com o armazenamento dos produtos na última etapa da jornada também é muito importante. O uso de caixas, bolsas térmicas e quaisquer outros utensílios que ajudem a preservar o estado dos alimentos é primordial para evitar que o ovo não quebre, o mamão não amasse e a carne não descongele durante o envio. É atenção especial da seleção até a entrega para não frustrar a experiência do cliente.

Parcerias fortes

É fundamental que o seu negócio tenha fornecedores confiáveis, que assegurem o abastecimento constante e a qualidade dos itens, sejam eles perecíveis ou não. Não economize em pesquisa nem em dinheiro no momento de escolher os responsáveis por suprir seu estoque.

Agilidade na entrega

Tendo em vista que alimentação é essencial, a entrega rápida deve ser tratada com prioridade. Preparar sua malha logística para atender com o melhor custo e o melhor prazo é o que vai fazer o cliente escolher finalizar a compra dele com você. E não basta ser ultrarrápida, mas sim, dentro do bloco de horário que o cliente já se programou na rotina para receber a compra. A receita para as crianças, as bebidas para o happy hour em casa e o almoço de domingo não podem esperar. Garantir a entrega no prazo é agregar valor à rotina das pessoas. Caprichar em um sortimento variado e uma malha logística robusta para suprir essa velocidade é o que fará o seu negócio evoluir.

Logística sólida

E por falar nela, é indispensável contar com uma frente de logística sólida, seja de forma autônoma ou com parceiros, para realizar as entregas eficientes que mencionei no item anterior. O resultado é um público satisfeito e fidelizado.

Multicanalidade

Não importa se você está começando agora ou já está no mercado há mais tempo. Busque parceiros com estrutura sistêmica e operacional para ajudar o seu negócio a ser multicanal. Essa pluralidade fortalece sua marca, conquista clientes e alavanca vendas. Opções não faltam: aposte no marketplace, em iniciativas online to offline, nas redes sociais, em ter sua loja online… O importante é estar onde o seu público está, multiplicando suas oportunidades.

Diferenciação no online

Quando falamos em e-commerce, acompanhar as mudanças no comportamento do cliente se torna ainda mais importante. E um desafio trazido por um segmento que só cresce, como é o caso de e-grocery, é que a concorrência pode ser acirrada. É preciso se diferenciar. Isso inclui criar ações e condições especiais para itens que o público já está acostumado a comprar no físico; oferecer uma ótima experiência de navegação; compra em poucos cliques, além de um atendimento pós-venda que o faça lembrar de você.

Espero que essas dicas impulsionem seus resultados na nossa categoria. Boas vendas e até a próxima!

O post 6 dicas importantes para a venda no e-grocery apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre 6 dicas importantes para a venda no e-grocery. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.