Ads Top

SMS marketing: a estratégia que deve ser levada em conta

A maneira como as pessoas se comunicam muda constantemente e o varejo continua buscando caminhos para acompanhar as tendências. Com a queda das redes sociais nas últimas semanas, vimos como é importante diversificar pontos de contato. Neste caso, aliás, há um deles que ainda traz bastante diferença nos resultados, mas acabou sendo ignorado e até esquecido no meio de tanta tecnologia.

São as mensagens de texto — e não estou falando do aplicativo WhatsApp, se é isso que pensou — mas as famosas SMS. Sim, aquelas que antigamente comprávamos pacotes das operadoras para utilizar aos montes e hoje parece só mais um aplicativo entre tantos no celular. Mas os dados mostram que não é bem assim.

Na estratégia de SMS Marketing, envolve-se todo o processo da jornada do consumidor e do produto. De acordo com a pesquisa da Simple Texting sobre o assunto, a maioria dos entrevistados gosta de receber SMS sobre rastreamento, confirmação de pedido e lembretes.

E o inverso também funcionaria. Afinal, 60% dos consumidores relataram sua vontade de poder enviar mensagens às empresas sobre questões de suporte ao cliente. Tudo isso de forma ágil e conveniente, excluindo totalmente telefonemas demorados e Bots que não compreendem o texto.

Isso confirma que relacionamento é muito mais uma questão de importância e relevância com o consumidor do que a contagem de caracteres em si. E a mensagem texto, quando bem utilizada, cabe em todas as etapas da compra, para chamar atenção de um cliente, durante a compra e entrega do produto e para o pós-venda, como abordarei a seguir.

Mas e as vendas?

Quando falamos em venda e SMS, a coisa fica realmente boa. Uma pesquisa sobre Social Commerce, da All iN | Social Miner, aponta que estamos em um momento onde 60% das pessoas consomem de forma híbrida — sites, aplicativos, redes sociais e lojas físicas. Consequentemente, abre bastante a mente dos lojistas sobre a possibilidade de explorar mais estratégias no momento da venda.

Então fica aí mais um motivo para atender às SMS: elas podem ser direcionadas ao comércio online e virtual. Sabe aquela promoção surpresa? Ou ofertas no aniversário da empresa? Pois é esse tipo de mensagem que o consumidor gosta — a tal da promoção urgente, o call to action imperdível.

Ainda de acordo com o estudo da Simple Texting, “as empresas de comércio eletrônico têm taxas de abertura de 98% e taxas de cliques de 36%”. Trata-se do resultado de um desejo por parte dos clientes de saber de um ‘bom negócio’ de forma simples, ao invés de precisar buscar em sites, e-mails e processos um pouquinho mais demorados.

Comunicação efetiva

A grande sacada da SMS é que a loja precisa ir direto ao ponto, já que a quantidade de letras precisa ser baixa. Sem contar o custo de envio, que também está abaixo do valor de outras estratégias no mercado. Outro ponto a se levar em conta, principalmente depois de vermos os aplicativos de comunicação e redes sociais “falhando” ultimamente, é que as mensagens de texto não necessitam de internet.

Para o lojista, manter um bom relacionamento com o cliente é essencial e já sabemos que SPAM não é coisa boa, nem em e-mail, nem em SMS. E quando falamos de dados, uma tática imprescindível e necessária para o ciclo de leads e conversão, todo cuidado é pouco e LGPD é garantia. Então, cuidado!

As mensagens de texto também podem ser bloqueadas pelo usuário e, apesar de ser uma comunicação breve, ela é instantânea e deve ser pouco invasiva. Sua tarefa, então, é alcançar o cliente entregando mensagens rápidas sobre necessidades de compra, atendimento ou serviços.

E aí, será que vale a pena para o seu negócio? Os consumidores já se mostraram dispostos a abrir a SMS e assumiram essa tendência de mercado. Agora, o pulo do gato é você conquistá-lo em poucos caracteres.

O post SMS marketing: a estratégia que deve ser levada em conta apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre SMS marketing: a estratégia que deve ser levada em conta. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.