Ads Top

Saiba como ser mais assertivo e vender mais no seu e-commerce

A necessidade do distanciamento social, por conta da pandemia, mudou os hábitos de consumo dos brasileiros e acelerou a digitalização do comércio. Só nos primeiros cinco meses de 2021, houve uma alta de 74,4% nas vendas através do e-commerce se comparado com o mesmo período de 2020. Eis então que você decidiu entrar na onda e lançar seu próprio canal online de vendas. E, para te ajudar nesse processo, preparei um checklist para que você estruture seu site e venda mais.

Imagem de uma mão segurando um celular e a outra sacolas de compras

Para começar, é necessário que, dentre o seu nicho de atuação, você estude os e-commerces dos seus concorrentes. Analise o layout e check-out das lojas virtuais, divulgação dos produtos mais vendidos, precificação e posicionamento das redes sociais. A partir disso, você poderá destacar o seu diferencial para o público: atendimento exclusivo, experiência, preços mais baratos, itens com alto valor agregado etc.

Analise o seu usuário

Estude seu público e analise (dentre alguns pontos) o caminho que ele percorre — mobile ou desktop — e o produto que está buscando. Há algumas ferramentas que o Google disponibiliza para esse fim, como o Google Trends. Neste caso, você pode utilizar para acompanhar a evolução do número de buscas por uma determinada palavra-chave ou tópico, selecionando um período específico.

Feito isso, estruture o layout da sua loja, destaque os produtos mais buscados e aproveite para posicionar ao lado deles as mercadorias que estão na promoção. Sempre enfatizo a importância de nesse momento se atentar à qualidade do cadastro (descrição, categoria, imagem e vídeo). Afinal, se o cliente não encontrar alguma informação que deseja, vai procurar o mesmo produto em outro site.

Uma dica importante para analisar o comportamento do usuário dentro do site é instalar o Pixel, do Facebook. Trata-se de uma ferramenta analítica para usuários da plataforma de anúncios Facebook Ads. Com ela, você consegue monitorar conversões e alcançar públicos importantes. Ou seja, te ajudará a medir a eficácia das campanhas e a mensurar as ações dos visitantes de um site.

Logística e pagamentos

Agora, se organize para não frustrar seu cliente. Neste sentido, se preocupe com a integração entre site e estoque para que, após a conclusão da compra, o usuário não seja surpreendido com uma mensagem informando que a mercadoria escolhida não está disponível em estoque.

Outra dica que eu dou é: entenda a melhor forma de logística. O dropshipping, por exemplo, é um modelo em que o fornecedor envia os produtos diretamente ao cliente final. Por outro lado, o crossdocking é um sistema logístico em que as encomendas são recebidas em um centro de distribuição especializado — e, em seguida, preparadas para serem despachadas e entregues ao consumidor final.

Por fim, entenda os gateways ou intermediadores de pagamento que atendem às suas necessidades. Entenda isso como taxas por transação, prazos de recebimento, mecanismo antifraude, métodos cadastrais, entre outros (tudo para oferecer opções de pagamento para o seu público). Por fim, invista em uma equipe de atendimento para, quando necessário, oferecer todo o suporte necessário ao cliente. Afinal, é nesse momento que você entregará a experiência completa para conseguir sua fidelização.

O post Saiba como ser mais assertivo e vender mais no seu e-commerce apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Saiba como ser mais assertivo e vender mais no seu e-commerce. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.