Ads Top

Por que vender em marketplaces é uma estratégia indispensável?

Vender em marketplaces já foi uma questão polêmica. Muito já se discutiu sobre essa estratégia valer a pena ou não, em comparação com a venda focada apenas no e-commerce. Porém, o que eu defendo aqui hoje é que essa estratégia já não é mais uma opção, mas uma urgência para o seu negócio.

Achou exagero? Pode tirar um minuto para ler a minha descrição e checar que eu não trabalho para marketplaces. Te falo isso sem qualquer intenção de jabá, mas sim como redatora que produz sobre e-commerce e está em contato constante com os dados sobre os consumidores online.

Novos consumidores no e-commerce

Nos últimos 2 anos, o que mais escrevi foi sobre o quanto o consumidor está mais aberto à ideia de comprar online. Segundo a pesquisa realizada pela Mastercard, 46% dos brasileiros compraram mais durante a pandemia, e 7% compraram pela primeira vez.

Bom, que as pessoas passaram a comprar online, talvez não seja novidade. Mas você sabia que até os idosos vieram para o lado online da força? Mesmo a parte da população com menos afinidade pela Internet já está entre nós! É o que diz a pesquisa realizada pela Pace Pulse Brasil, que indica que metade dos baby boomers (de 55 a 73 anos) já faz mais compras online do que em lojas físicas.

E quando a gente fala de novas pessoas descobrindo pela primeira vez as compras online, falamos também de confiança. Quase ninguém vai desbravar as terras digitais e deixar os dados do cartão de crédito em sites que não conhece. Já na fase de pesquisa, é muito difícil competir com o ranking que os grandes marketplaces têm nos mecanismos de busca com o Google.

Então, mesmo que você tenha seu e-commerce prontinho, sua presença nos marketplaces é mais importante do que nunca. Agora que você já tem o contexto, bora ver cada uma das vantagens da venda em marketplaces?

No marketplace, você já tem tudo “no jeito”

Por mais que você até tenha habilidades de TI, você é um lojista. Seu foco é vender, e você precisa de tempo pra pensar nisso.

O marketplace já tem a estrutura da plataforma pronta. Portanto, você não precisa ter know-how de programação, não precisa custear montagem de site e nem a manutenção.

E a otimização vai além: eles têm tudo preparado para que as operações aconteçam de uma forma simples. O seu registro na plataforma, o cadastro de produtos, o controle de estoque, todos esses processos são desenhados para serem intuitivos ao lojista.

É claro que, quando você começar a vender em múltiplos marketplaces, centralizar essas informações em uma ferramenta como um hub de marketplaces será uma necessidade. Assim você não precisará logar em cada um por vez, e também contará com funcionalidades que ajudam muito. Mas o ponto é que não precisa fazer um super tutorial para começar suas vendas, é realmente simples.

Seu produto é visto e suas vendas escalam

A autoridade e popularidade dos marketplaces nos buscadores são quase imbatíveis. O tráfego de consumidores pelo site é garantido, e com toda essa visibilidade sem custos com publicidade, você pode focar em estratégias para diferenciar seus produtos nos marketplaces e oferecer a melhor experiência ao consumidor.

O próprio operador do marketplace se responsabiliza por criar ações que atraiam tráfego para a plataforma. Grandes promoções, divulgação da Black Friday, Dia do Cliente… Tudo já vem planejado, e você cuida da sua estratégia de precificação e estoque para tirar o máximo de vantagem dessas ações.

Você enxerga dados que nem imaginava

Uma das coisas mais interessantes sobre vender em grandes canais são as métricas. Ao vender em marketplaces, você tem acesso às tendências, melhores práticas e outros dados que somarão muito no seu planejamento.

Com o maior fluxo de pessoas, você consegue identificar para quais regiões do país os seus produtos vendem mais. E se estar tão perto dos concorrentes em um mesmo canal te assusta, pense que essa é uma excelente oportunidade para criar sua análise SWOT com mais assertividade.

Começar não custa nada

A grande maioria dos marketplaces não cobra um investimento inicial. Neste caso, o custo será em forma de comissão (em percentual) para cada venda que você fizer no canal. Ou seja, compensa ainda mais quando lembramos que você não gastará com manutenção do site, e precisará investir bem menos em ações de marketing.

Para começar a vender nos marketplaces, o que você precisa é enviar alguns documentos. Cada marketplace tem suas próprias exigências. Para saber ao certo, basta acessar a página de envio de formulários de cada marketplace.

De um modo geral, você precisará enviar:

  • CNPJ;
  • e-CNPJ (a versão digital do CNPJ, essencial para vender nos marketplaces);
  • CNAE (classificação como varejista);
  • Certidão negativa de débitos;
  • Sintegra (registro no Sistema Integrado de Informações sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços).

Conclusão: além de necessário, é fácil

Vender em marketplaces traz benefícios para todos os envolvidos. Você ganha visibilidade, escalabilidade, e ainda poupa dinheiro com investimentos que seriam necessários no e-commerce. Por outro lado, seu cliente encontra tudo o que precisa em 1 só lugar, e o marketplace conquista um portfólio ainda mais diversificado.

Quando você começa a vender em um marketplace (geralmente o Mercado Livre é o mais popular como 1ª opção), fica quase automática a vontade de expandir e vender em muitos outros. Quando chegar nessa hora, veja um comparativo para entender as diferenças entre os marketplaces.

É só aí que a sua gestão pode se tornar um pouco mais desafiadora. Afinal, cada canal tem seus detalhes na hora de escrever uma descrição de produto, subir fotos e etc. Mas mesmo nesse cenário, você contará com várias ferramentas no mercado que já são consolidadas para te ajudar. É só dar uma pesquisada sobre hub de integração.

Espero que esse texto te inspire a expandir seus canais de venda. Bons planejamentos e muito faturamento para você!

O post Por que vender em marketplaces é uma estratégia indispensável? apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Por que vender em marketplaces é uma estratégia indispensável?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.