Ads Top

Seu estoque está com os dias contados, ou pelo menos espero que esteja

Se você é um varejista, ou seja, se você compra mercadoria para revender este artigo vai tratar de algo muito importante para você: o estoque.

Pois é, todo o Varejista que quer ter sucesso no controle de sua empresa tem que ficar de olho no estoque.

Você sabia que o custo do estoque pode representar uma grande parte do capital da empresa? Isso mesmo. Na composição do Preço de Venda, o Custo do Produto Vendido (CPV) se não é o maior, geralmente é um dos maiores custos de uma empresa. Imagine então o tanto que o Custo do Estoque influencia na saúde financeira do seu negócio.

E quando eu falo que influencia, estou falando tanto positivamente como negativamente. Estoque para o varejista é a perfeita analogia à “faca de dois gumes”. Isso porque a falta de controle de estoque pode falir uma empresa — mesmo que esta venda bem e seja lucrativa. Da mesma forma, com controle apurado, a empresa consegue direcionar seus resultados diretamente ao caixa da empresa, sem que o estoque seja um “ladrão de capital”.

Na prática, a falta de controle de estoque leva algumas lojas ao seguinte problema: “Tenho muito estoque do que não vende, mas o que vende eu não tenho em estoque”.

Você já foi em alguma loja com estoque grande, mas que não tem o produto no tamanho que você procura? Ou mesmo um cliente visitou sua loja, online ou física, e não comprou por falta de estoque?

Vou trabalhar neste artigo sobre os principais pontos para ter um estoque bem controlado — e, obviamente, quais os parâmetros e medidas para controlar este estoque.

Bom, vamos lá. Respondendo à primeira e mais importante pergunta: “qual a quantidade de estoque ideal”?

Existe sim uma resposta para isso. Sabe qual é?

A quantidade de estoque ideal é: a menor quantidade possível.

Isso mesmo! O estoque ideal é aquele que não sobra, nem falta.

Sabendo disso, como eu devo medir meu estoque? Será que é pelo Preço de Custo? Ou pelo Giro de Estoque? Ou será pelo Estoque Mínimo?

Olha, medir o estoque não é tarefa fácil. E, quanto maior seu estoque, quanto maior a variação de produtos nele (variação de SKU), mais difícil é.

E um outro detalhe que dificulta ainda mais: o estoque é um organismo vivo! Sim, ele varia constantemente, à medida em que sua empresa compra e vende produtos.

Mas, vamos direto ao ponto! Minha sugestão aqui é controlar seu estoque pelos “dias de estoque”.

Dias de Estoque (muitos chamam também de Dias de Cobertura) é basicamente uma conta que leva em consideração: quantas unidades vendidas por dia (em média) vs quantas unidades em estoque.

Vou montar uma conta bem básica para facilitar a explicação. Vou adotar como exemplo um “produto x” que vende 10 unidades por dia. Digamos que você tem 100 unidades deste produto em seu estoque. Desta forma, você tem 10 dias de estoque:

Dias de Estoque = unidades em estoque / unidades vendidas por dia
Dias de Estoque = 100/10
Dias de Estoque = 10 dias

Sabemos então que temos 10 dias de estoque para o “produto x”. Isso é bom ou ruim?

Para responder isso devemos lembrar que o estoque ideal é o “menor estoque possível”.

Portanto, para saber se o estoque está em um bom nível ou não, você deve considerar o seu Tempo de Reposição. Ou seja, quanto tempo você consegue disponibilizar mais deste produto em estoque, pronto para a venda? Você tem um fornecedor que consegue entregar e disponibilizar este produto em seu estoque em 5 dias?

Neste exemplo simples citado acima, seu estoque está um pouco alto. Porém, se tudo seguir como deve, quando seu estoque chegar a 5 dias, estará no perfeito momento de fazer a reposição.

No mundo ideal, o estoque rodaria de uma forma que no mesmo momento que você estivesse vendendo a última unidade do “produto x”, uma nova unidade deste mesmo produto estaria entrando e ficando disponível em seu estoque. Mas o estoque é mesmo um organismo vivo. Vendas variando conforme o dia ou sazonalidade e o fornecedor atrasando a entrega são apenas dois de muitos outros exemplos de como seu planejamento pode ser afetado pelo dia a dia da operação. Coloque ainda neste cálculo as variações de SKU, produtos com variações de cores e tamanhos, etc.

Controlar o seu estoque realmente não é tarefa fácil — mas, sim, é muito importante. A cada acerto ou erro de estoque você verá sua empresa cuspir capital na conta ou devorar, respectivamente.

Algumas dicas então para você saber como anda seu estoque

  • Tenha controle por sistema: geralmente é muito difícil (na maioria dos casos impossível) ter controle de estoque em tempo real sem a utilização de um sistema de gestão de estoque. Mas além de ter um sistema, busque um que de fato informe seu estoque baseado na métrica Dias de Estoque;
  • Use a métrica correta para controlar seu estoque: algumas métricas como Estoque Mínimo, Custo de Estoque, etc., podem não te posicionar com clareza sobre o tamanho ideal necessário para seu estoque. Use sempre a métrica Dias de Estoque;
  • Mantenha os Dias de Estoque de acordo com os Dias de Reposição de Estoque: lembre-se que se o seu fornecedor demora 1 semana para repor seu produto, o estoque ideal para este produto é de 1 semana.

Ainda existem pontos a serem considerados e combinados com este controle por Dias de Estoque. O mesmo vale para Prazo Médio de Pagamento vs Prazo Médio de Recebimento; Dias necessários de Estoque vs Prazo de Pagamento oferecido pelo Fornecedor/Fabricante (que inclusive eu posso citar em outros artigos). Porém, certamente ter o seu estoque controlado em Dias de Estoque é de fato ter controle sobre um dos pontos mais importantes de sua empresa.

O estoque tem muita influência no capital de sua empresa. Portanto, de forma alguma deve ser negligenciado ou mesmo ter seu controle subestimado. Fique de olho. Tendo seu estoque nas mãos, você terá um grande potencializador para seu sucesso!

Até o próximo artigo!

O post Seu estoque está com os dias contados, ou pelo menos espero que esteja apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Seu estoque está com os dias contados, ou pelo menos espero que esteja. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.