Ads Top

Marketing logístico: transparência e relação de confiança com o cliente

A importância do marketing dentro das empresas é cada vez mais evidente. Afinal, trata-se de uma área em evolução dentro das organizações e cujo trabalho se tornou imprescindível.

Embora muitas pessoas ainda pensem que marketing significa apenas publicidade, na verdade sua função é: entender as reais necessidades dos clientes; desenvolver produtos e serviços com valores que superem as expectativas dos clientes; e estabelecer relacionamentos duradouros.

No marketing logístico isso não é diferente. Isso porque é muito gratificante que o consumidor receba em casa os produtos desejados dentro do prazo prometido. Quando todo o processo — da separação e embalagem até o rastreamento do produto em tempo real — é transparente, uma relação de confiança e satisfação é estabelecida. Posso dizer que é como se a empresa tivesse uma atenção individualizada. Ninguém vai esquecer a sensação de ser respeitado em todo o processo de compra e, o mais importante, ser surpreendido com uma entrega ágil e sem imprevistos.

Atualmente, os serviços têm conquistado uma relevância maior do que os próprios produtos. Portanto, oferecer uma boa experiência ao cliente é o maior diferencial de uma empresa. Afinal, muito mais do que a entrega, o processo logístico lida com necessidades e expectativas.

Segundo a pesquisa Ecommerce Trends, 97,3% das pessoas entrevistadas declararam já ter abandonado o carrinho de compras em uma loja virtual. O motivo, neste caso, é o frete muito caro.

O mesmo estudo também apontou que o prazo de entrega é outro vilão quando o assunto é frete, causa de 40,7% das queixas de consumidores.

Já na pesquisa Global Consumer Insights Survey, realizada pela PwC, 64% dos consumidores se dizem dispostos a investir mais em uma entrega mais rápida ou até no mesmo dia.

O consumidor tem pressa! E a logística se torna cada vez mais essencial na vida das pessoas.

São as soluções logísticas que possibilitam a construção, a inovação ou a reinvenção de negócios e setores da economia. Mas, como o consumidor, a indústria de suprimentos ou até um fornecedor de artesanatos regionais podem descobrir quem é capaz de fazer as melhores conexões sem limites de distância ou fronteiras? As entregas nos prazos certos? A gestão de armazenagem, comprometida com a integridade de cada item? O melhor proof of delivery (POD)? Quem, afinal, tem credibilidade?

Para aparecer positivamente na primeira página de buscas orgânicas do Google ou ser recomendada no “boca a boca”, a empresa tem de percorrer a jornada de construção de marca e reputação.

É preciso se reinventar diariamente, acompanhar e criar tendências para trazer algo de valor. Desbravar novos territórios, abraçar novos desafios, colocando o cliente no centro de tudo, SEMPRE!

Se antes essas tarefas já faziam parte do dia a dia no marketing logístico, hoje tornaram-se prioridade máxima.

O desafio não é pequeno! O trabalho do marketing envolve gerar valor; destacar a empresa perante a concorrência; entender as necessidades do mercado e minimizar os esforços nas vendas criando conexões humanizadas através de estratégias bem elaboradas e de uma excelente comunicação.

O post Marketing logístico: transparência e relação de confiança com o cliente apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Marketing logístico: transparência e relação de confiança com o cliente. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.