Ads Top

Marketplace: estratégia que pode fazer a diferença

Os marketplaces são cada vez mais relevantes como canal de vendas no Brasil. Uma pesquisa sobre o varejo digital, divulgada no primeiro semestre de 2020 pelo Sebrae, mostrou que mais da metade dos negócios online ocorrem nesses shoppings virtuais.

Com o marketplace, as empresas podem atingir crescimento de até 85% em relação à média anual de faturamento. Por isso vale utilizar essa estratégia como complemento para potencializar as suas vendas. E mais: para melhorar a experiência dos consumidores, com o foco total em ser uma empresa Customer Experience as a Service.

O mercado de e-commerce foi um dos poucos que teve crescimento em 2020 devido à pandemia. Os lockdowns nas cidades intensificaram a necessidade do consumidor de comprar seu produto sem sair de casa. Diante disso, a vertente de marketplace em si teve um crescimento ainda maior. Afinal, muitas empresas se viram atraídas pela possibilidade de expandir canais com os grandes varejos online. Isso porque já são plataformas consolidadas de vendas, e isso impulsionaria ainda mais o alcance das marcas.

Pensando nisso — e para garantir a qualidade do processo de entrada em marketplaces —, as marcas têm se mostrado bastante interessadas em investir em parceiros para lidar com esse mercado. O trabalho deste parceiro é indicar as melhores possibilidades e negociar a porcentagem de faturamento que seja mais vantajosa, além de gerenciar todo o caminho do produto após a compra. As vendas nos modelos em questão podem alcançar de 65% a 70% de market share, mostrando ser um produto rentável em uma plataforma de alta exposição.

Exposição. Essa é a palavra chave para esse período. Todos os grandes marketplaces (como B2W, Meli, Magalu, Via Varejo entre outros) investem de forma agressiva em aumento de tráfego dentro do site, aumentando o acesso a todos os produtos de forma exponencial. As estratégias certas podem fazer toda a diferença no planejamento de vendas do ano.

Uma dica que faz sentido com a estratégia de marketplaces em determinados períodos, como datas comemorativas ou Black Friday, é implantar ações de frete grátis, por exemplo. Mais de 60% dos consumidores esperam ter frete grátis em suas compras, e assim ter uma vantagem competitiva nesse canal. Além de diversas opções como desconto em pagamentos à vista, ações de cartão de crédito e cashback.

Após toda grande venda, o desafio é corresponder à expectativa do consumidor. E o pós-venda é primordial para um sucesso contínuo dentro de qualquer canal de vendas online, inclusive o marketplace. Hoje, com a competitividade alta, a qualidade do produto já não é mais o principal diferencial. A experiência do consumidor com a marca, o processo de compra e a entrega são essenciais. Ou seja, construir um catálogo bem estruturado, com fotos nítidas, o maior número de informações possíveis sobre o produto em sua descrição, oferecer garantia, e outros, podem aumentar a sua conversão.

Com o cenário da pandemia, todas as empresas tiveram suas metas revisadas e perspectivas aumentadas. Por mais que nos últimos meses o share de venda do marketplace tenha aumentado dentro das lojas e indústrias, ainda estamos em uma fase inicial do potencial dessa vertente. Agora estão surgindo os clubes de compras fechados, as plataformas de marketplace das operadoras de cartões e bancos para seus clientes e muitos outros canais que investem no conceito de One Stop Shop. O marketplace deve aumentar ainda mais sua participação dentro do mercado online. Lembrando que 2021 é um ano de muita expectativa, puxada pelo grande aumento de vendas de 2020.

Além disso, este é o momento de usar corretamente todas as ferramentas e dados disponíveis. Aqui, o objetivo único é o de proporcionar a melhor experiência de compra para o consumidor — da pesquisa do produto até o pós-venda e uma possível recompra. Garantir que os consumidores de hoje sejam atendidos por uma empresa Customer Experience as a Service é lema principal de qualquer marca antenada com seu público.

O post Marketplace: estratégia que pode fazer a diferença apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Marketplace: estratégia que pode fazer a diferença. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.