Ads Top

Como FIFO e FEFO podem ajudar as suas vendas de Natal

Recentemente, a Black Friday movimentou o comércio eletrônico, com resultados muito animadores. Foram mais de 6 milhões de pedidos (15,5% a mais em relação a 2019), totalizando um faturamento de R$ 4,02 bilhões (aumento de 25,1% na comparação com a edição anterior).

Agora, as cores vermelha e verde nas decorações do varejo físico e banners do e-commerce avisam que o Natal está logo ali, deixando os empreendedores na expectativa por negócios prósperos. Não é para menos, afinal, essa será a última grande data comercial de 2020.

Uma pesquisa do Compre&Confie revelou que o e-commerce brasileiro teve mais de 31 milhões de pedidos e faturou R$ 14,1 bilhões no Natal de 2019, aumento de 29,9% no comparativo com o ano anterior. Mas como serão as vendas do varejo online no Natal 2020?

Embora a situação econômica do país não está favorável para grande parte da população, muitos estados estão enfrentando a segunda onda de contágio pela Covid-19. Isso significa que o setor poderá se manter aquecido nas vendas de final de ano — mesmo que o perfil dos consumidores e suas preferências sejam um pouco diferentes — pois comprar sem sair de casa é sinônimo de praticidade, segurança e, muitas vezes, economia.

Se você está no time dos otimistas, confira algumas dicas de como FIFO e FEFO podem te ajudar a vender melhor no Natal 2020.

Método FIFO nas vendas de Natal

Caso você não esteja familiarizado com esse termo, aqui vai a explicação: “First In, First Out” (FIFO) ou “Primeiro a Entrar, Primeiro a Sair” (PEPS). Trata-se de uma metodologia para gerenciar estoque seguindo a lógica de que os produtos armazenados há mais tempo são os primeiros a serem enviados. Suas principais vantagens são:

  • Reduz o desperdício de mercadorias fora do prazo de validade;
  • Melhor aproveitamento do estoque em relação a espaço físico, proporcionando economia;
  • Agilidade nas etapas de expedição em períodos de maior fluxo, como o Natal;
  • Maior controle dos custos de entrada e preços de saída;

Esse método é bastante eficiente para lojas virtuais que trabalham com produtos perecíveis e possuem muitos itens com vencimento próximo ou operações que precisam liquidar artigos de lotes antigos. Muitas vezes uma nova versão da mercadoria está chegando e você precisa de espaço ou capital de giro para armazenar as novidades. Portanto, adotar a estratégia FIFO para as vendas online de Natal possibilita minimizar perdas de estoque e ganhar rotatividade de produtos.

Para implementar a metodologia é preciso estar atento a dois pontos importantes: criar um limite de espaço/vagas na fila (capacidade máxima de armazenagem); e respeitar a sequência das mercadorias (nenhum item pode ultrapassar o outro na ordem de despacho).

E o método FEFO?

Essa opção prioriza o envio de produtos com vencimento mais próximo, independentemente de quais foram estocados há mais tempo — tanto que a nomenclatura deixa isso bem claro: “First Expired, First Out” (FEFO) ou “Primeiro a vencer, primeiro a sair”.

Bastante indicado para sellers que atuam em segmentos de itens perecíveis, como alimentos, cosméticos e produtos químicos. Afinal, a ideia é que os clientes sempre recebam produtos frescos e/ou recentemente fabricados. Ideal para datas comemorativas como o Natal — tanto itens para consumo próprio e presente quanto para a ceia.

Vantagens do método FEFO para vendas de Natal:

  • Escoar itens que podem vencer ou ficar obsoletos em breve;
  • Evitar prejuízos;
  • Otimização de tempo (a equipe de expedição sabe onde encontrar os produtos mais novos);
  • Fortalecer a credibilidade da marca junto aos clientes, pois a loja virtual preza pelo envio de produtos em boas condições.

Gerenciamento de estoque para vender melhor

Quando você segue uma metodologia de armazenagem (FIFO, FEFO ou outra que funcione bem na sua operação), consegue duas vantagens valiosas para quem atua no varejo online: organização e agilidade.

Gastando menos tempo na etapa de expedição (localização no estoque, separação, embalagem e envio), sua loja virtual se torna mais dinâmica. Ou seja, possibilita vender mais (atender maior número de pedidos) e melhor (caprichar na qualidade do serviço).

Lembre-se de que muitas pessoas farão compras no e-commerce com o intuito de presentear. Por isso, é de extrema importância estar com o estoque em dia — especialmente se restaram poucos itens após a Black Friday. Imagine o transtorno de vender uma mercadoria que não está mais disponível ou despachar um produto que poderia ser consumido em meses, mas restam apenas alguns dias. Chato, né? Com certeza resultaria na insatisfação do cliente.

Atenção aos canais de vendas!

Trabalhar no formato omnichanel é a realidade de muitos sellers que buscam diferenciar suas oportunidades de vendas na internet. Se esse é seu caso, a dica é ter um bom hub integrado à operação. Com esse sistema você controla todas as entradas e saídas, evitando informações desencontradas. Combinação perfeita para gerir o estoque com os métodos FIFO e FEFO.

Hub é sinônimo de agilidade, otimização de tempo e economia para vendas multiplataforma. Não veja como uma despesa extra. Veja como um investimento que ajudará sua loja virtual a vender melhor no Natal e em qualquer data comercial relevante para o seu nicho.

Revise a estrutura da operação, experimente métodos para gestão de estoque como FIFO e FEFO, reforce o backoffice, alinhe o treinamento da equipe e coloque suas estratégias de marketing digital em prática.

Sucesso nas vendas de Natal e até a próxima!

O post Como FIFO e FEFO podem ajudar as suas vendas de Natal apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como FIFO e FEFO podem ajudar as suas vendas de Natal. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.