Ads Top

Marketplace de sucesso: 4 cases para você se inspirar

Para conquistar um marketplace de sucesso, é possível adotar algumas estratégias que já foram seguidas por grandes marcas desse segmento. As experiências dessas empresas podem inspirar a criação de novos negócios, que também têm a capacidade de gerar melhores receitas.

Se você busca obter mais informações sobre como esse mercado funciona, preparei este guia que explica o que é um marketplace e por que vale a pena investir nesse ramo. Além disso, trouxer quatro cases de sucesso e dicas de como obter um marketplace mais bem-sucedido. Confira!

Definição de marketplace

O marketplace é um tipo de plataforma em que diferentes lojas e empresas podem expor os seus produtos ou serviços. Desse modo, pode conectar quem oferta (vendedor ou prestador) a quem demanda (cliente). Posso comparar o marketplace a um shopping, que reúne uma diversidade de negócios.

Essa modalidade de venda online garante benefícios para todos os envolvidos. Os compradores conseguem obter melhores ofertas, porque podem comparar os orçamentos dos produtos e as avaliações de outros clientes. Já os prestadores de serviço ou os vendedores que integram a plataforma ganham visibilidade e alcançam mais clientes.

O dono do marketplace, por sua vez, é responsável por intermediar as relações de compra e venda, além de atrair novos clientes e fornecedores. Em troca, pode lucrar com as vendas estabelecidas na plataforma, sem se preocupar em fabricar os produtos ou ofertar os serviços.

Esse modelo de negócio virtual tem crescido cada vez mais, de acordo com o estudo Panorama dos Marketplaces no Brasil. O levantamento foi feito pela Precifica, empresa que realiza monitoramento de precificação dinâmica e valores cobrados no e-commerce.

Segundo o estudo, a quantidade de varejistas que atua em marketplaces aumentou de 7.447, em 2017, para 14.204, em 2018. Esse acréscimo representou 90,7% a mais nesse período. Foram analisadas 88,3% do total de ofertas publicadas nos três maiores sites do país: Walmart.com, Americanas.com e Extra.

4 cases para você se inspirar

Para você entender melhor como esse negócio funciona, é importante conhecer alguns exemplos de marketplace que alcançaram grande sucesso e podem oferecer lições para os empreendedores do ramo. Separei quatro cases para inspiração. Conheça!

Amazon

A história da Amazon começou em 1994, nos Estados Unidos. A gigante do marketplace foi fundada pelo empresário e engenheiro Jeff Bezos, que antes era analista em Wall Street. O negócio começou na garagem de casa, com a venda de livros online. A empresa conseguiu manter um grande catálogo por conta da parceria com distribuidoras e atacadistas.

Hoje, a Amazon é considerada uma das maiores representantes de varejo em todo o mundo. Em julho de 2020, a empresa superou as estimativas de vendas no segundo trimestre e alcançou o faturamento de US$ 88,91 bilhões.

No mesmo período do ano passado, o número havia chegado aos US$ 63,4 bilhões. Esse aumento ocorreu após a crise do novo coronavírus ter aumentado as vendas na plataforma e, também, devido ao uso dos serviços de armazenamento em nuvem, oferecidos pela empresa.

Americanas

A Americanas.com comercializa os próprios produtos e também os de terceiros. São mais de 2 milhões de pedidos mensais e cerca de R$ 12 bilhões em vendas registrados pela empresa.

Para os vendedores, o marketplace oferece benefícios interessantes, a exemplo do custo zero de investimento inicial. Além da grande visibilidade que a empresa oferece, também dispõe de proteção contra invasões e fraudes.

Airbnb

A plataforma Airbnb é um dos principais exemplos bem-sucedidos de marketplace de serviços. A história da empresa começou quando três amigos resolveram alugar espaços dentro do apartamento deles para acolher designers que buscavam um lugar para se hospedar durante um congresso que ocorria na cidade.

Com a ideia, o grupo acabou criando a empresa milionária, que hoje custa mais de US$ 30 bilhões. A plataforma conecta viajantes e pessoas que oferecem hospedagens e experiências, a exemplo de passeios culturais pela cidade. Presente em 192 países, a empresa tem a capacidade de agregar acomodações únicas, como iglus na Finlândia.

Magazine Luiza

O Magazine Luiza é uma companhia brasileira que conta com lojas físicas e expandiu o mercado para comercializar produtos de pequenos e médios lojistas em seu marketplace. No segundo trimestre deste ano, a empresa registrou crescimento de 214% do seu marketplace.

Os vendedores que usam a plataforma podem usufruir da grande visibilidade da empresa, que recebe 35 milhões de acessos por mês. O Magazine Luiza ainda garante uma equipe de suporte aos vendedores e um servidor que sustenta um alto número de acessos. Assim, também pode entregar uma melhor experiência de compra aos clientes.

Dicas para ter um marketplace de sucesso

A aplicação de algumas estratégias pode ajudar a implementar um marketplace com maior receita. Separei três sugestões, como você verá a seguir.

Conquiste um bom número de vendedores e compradores

Para não sofrer prejuízos financeiros, o marketplace precisa ter um bom volume de vendedores, a fim de manter o site em funcionamento e atrair compradores. Para se ter uma ideia, basta pensar no Airbnb sem a grande quantidade de usuários aptos a alugar e oferecer imóveis para locação.

Por isso é importante buscar métodos para garantir a saúde financeira do seu marketplace. No caso do Airbnb, por exemplo, a empresa incentiva que os usuários convidem amigos que ainda não tenham conta na plataforma. Depois que esses amigos completam o cadastro e fazem uma reserva, o usuário ganha créditos para usar no site.

Ofereça espaço a vendedores menores

Para obter operações mais escaláveis, os marketplaces também devem atrair vendedores menores. Se focar em apenas atrair grandes vendedores para a plataforma, é mais complicado negociar taxas favoráveis para o marketplace. Afinal, podem ser mais agressivos em referência às margens que estão determinados a quitar.

Não utilize preços altos

Outro ponto importante que os marketplaces precisam ter atenção é oferecer preços mais atrativos do que outros fornecedores do mercado.

Com base no que apresentei, você pode perceber que algumas práticas podem auxiliar na conquista de melhores resultados nesse segmento. Os exemplos das empresas bem-sucedidas mostram a necessidade de adotar estratégias de como atrair vendedores, a fim de gerar receitas mais vantajosas.

O post Marketplace de sucesso: 4 cases para você se inspirar apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Marketplace de sucesso: 4 cases para você se inspirar. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.